Turismo

Atrativos do Jalapão registram aumento de visitação

Em apenas dez meses deste ano o número de turistas também já foi superior ao acumulado de todo o ano de 2016

Portal Amazônia, com informações do Governo do Tocantins

jornalismo@portalamazonia.com


“O Jalapão é a bola da vez”, assim resumiu o superintendente de Turismo do Tocantins, James Possap, ao analisar o aumento no número de turistas aos atrativos da região. E os dados realmente não dizem o contrário, segundo a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden) o turismo na Fazenda Triago, um dos pontos turísticos do Jalapão administrado pelo Governo do Tocantins, saltou de 4.556 visitantes durante todo o ano de 2012 para 11.635 neste ano - lembrando que esses dados se referem somente ao acumulado entre janeiro e outubro de 2017.

Em apenas dez meses deste ano o número de turistas também já foi superior ao acumulado de todo o ano de 2016 (11.363 visitantes) na Fazendo Triago. De acordo com James Possap, a previsão é que o aumento seja superior ao registrado o ano passado que foi de 32%. O local é estratégico para o turismo do Jalapão e também bem emblemático, já que foi o local onde o colombiano Pablo Escobar utilizou como uma de suas residências na década de 90.

 

 

 

 

Foto: Divulgação

 


Outro atrativo que também vem registrando expressivo aumento no número de visitantes são as Dunas, que ficam localizadas dentro do Parque Estadual do Jalapão (PEJ). De acordo com os dados da Seden, o número aumentou de 6.464 turistas em 2012 para 14.495 em 2017, entre janeiro e outubro do ano corrente.

“Se você analisar os dados irá constatar que já recebemos, de janeiro a outubro deste ano, mais visitantes do que recebemos durante todo o ano de 2016, tanto na Fazenda Triago como nas Dunas. No mês de junho de 2016, por exemplo, foram registrados 698 visitantes na Fazenda Triago. Já neste ano, o número praticamente dobrou e foi para 1.238”, afirmou Jaime Possap.

Cuidado Ambiental

James Possap ressaltou que atualmente uma das maiores preocupações do Governo do Tocantins é dar total atenção à questão da conservação ambiental da região do Jalapão. Para isso, o Executivo pretende melhorar a infraestrutura de vários locais e aumentar a fiscalização sobre os atrativos turísticos. 

 

 

 

 

Foto: Divulgação

 


“O Governo do Tocantins já tem algumas obras licitadas pelo Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS ) que visam dar sustentação a esse crescimento de turistas na região do Jalapão. Nós temos investimentos ali na Fazenda Triago, no atrativo da Prainha do Rio Sono e na Serra do Espírito Santo. Na Comunidade do Mumbuca, vamos implantar uma praça nos arredores da associação. Há também outros investimentos que estão em fase de licitação”, explicou o superintendente.

“Quanto à preservação da qualidade ambiental dos atrativos naturais, a Seden e o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) possuem um termo de cooperação técnica para o desenvolvimento do ecoturismo e turismo nas unidades de conservação do Estado e entorno. Para isso, várias ações já foram desenvolvidas como a questão dos agentes receptivos de turistas serem obrigados a fazer um processo de licenciamento junto ao Naturatins e também a uma fiscalização mais intensa nos atrativos particulares, notificando os que estão fora das especificações descritas na lei”, complementou James Possap.

Roteiros Integrados

Uma das ações que também irá colaborar para o fortalecimento do turismo na região do Jalapão é a integração de roteiros que serão oferecidos pelas agências entre os estados que compõe o Consórcio do Brasil Central, sendo eles Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Rondônia, Maranhão e Distrito Federal.

“Estivemos na semana passada em São Paulo participando da 18ª edição da Adventure Sports Fair, maior evento do gênero na América Latina. Lá estivemos juntos com os estados que compõe o Consórcio Brasil Central e apresentamos opções de roteiros turísticos integrados entre essas regiões, como a Jalapada que leva o visitante da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, ao Jalapão, no Tocantins. Além disso, participamos recentemente também na Assembleia Legislativa de uma audiência pública para debater essa questão do turismo, ampliando a discussão sobre o tema com a sociedade e com os membros daquela Casa de Lei”, concluiu James Possap.


Turismo

Atrativos do Jalapão registram aumento de visitação

Em apenas dez meses deste ano o número de turistas também já foi superior ao acumulado de todo o ano de 2016

Portal Amazônia, com informações do Governo do Tocantins

jornalismo@portalamazonia.com


“O Jalapão é a bola da vez”, assim resumiu o superintendente de Turismo do Tocantins, James Possap, ao analisar o aumento no número de turistas aos atrativos da região. E os dados realmente não dizem o contrário, segundo a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden) o turismo na Fazenda Triago, um dos pontos turísticos do Jalapão administrado pelo Governo do Tocantins, saltou de 4.556 visitantes durante todo o ano de 2012 para 11.635 neste ano - lembrando que esses dados se referem somente ao acumulado entre janeiro e outubro de 2017.

Em apenas dez meses deste ano o número de turistas também já foi superior ao acumulado de todo o ano de 2016 (11.363 visitantes) na Fazendo Triago. De acordo com James Possap, a previsão é que o aumento seja superior ao registrado o ano passado que foi de 32%. O local é estratégico para o turismo do Jalapão e também bem emblemático, já que foi o local onde o colombiano Pablo Escobar utilizou como uma de suas residências na década de 90.

 

 

 

 

Foto: Divulgação

 


Outro atrativo que também vem registrando expressivo aumento no número de visitantes são as Dunas, que ficam localizadas dentro do Parque Estadual do Jalapão (PEJ). De acordo com os dados da Seden, o número aumentou de 6.464 turistas em 2012 para 14.495 em 2017, entre janeiro e outubro do ano corrente.

“Se você analisar os dados irá constatar que já recebemos, de janeiro a outubro deste ano, mais visitantes do que recebemos durante todo o ano de 2016, tanto na Fazenda Triago como nas Dunas. No mês de junho de 2016, por exemplo, foram registrados 698 visitantes na Fazenda Triago. Já neste ano, o número praticamente dobrou e foi para 1.238”, afirmou Jaime Possap.

Cuidado Ambiental

James Possap ressaltou que atualmente uma das maiores preocupações do Governo do Tocantins é dar total atenção à questão da conservação ambiental da região do Jalapão. Para isso, o Executivo pretende melhorar a infraestrutura de vários locais e aumentar a fiscalização sobre os atrativos turísticos. 

 

 

 

 

Foto: Divulgação

 


“O Governo do Tocantins já tem algumas obras licitadas pelo Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS ) que visam dar sustentação a esse crescimento de turistas na região do Jalapão. Nós temos investimentos ali na Fazenda Triago, no atrativo da Prainha do Rio Sono e na Serra do Espírito Santo. Na Comunidade do Mumbuca, vamos implantar uma praça nos arredores da associação. Há também outros investimentos que estão em fase de licitação”, explicou o superintendente.

“Quanto à preservação da qualidade ambiental dos atrativos naturais, a Seden e o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) possuem um termo de cooperação técnica para o desenvolvimento do ecoturismo e turismo nas unidades de conservação do Estado e entorno. Para isso, várias ações já foram desenvolvidas como a questão dos agentes receptivos de turistas serem obrigados a fazer um processo de licenciamento junto ao Naturatins e também a uma fiscalização mais intensa nos atrativos particulares, notificando os que estão fora das especificações descritas na lei”, complementou James Possap.

Roteiros Integrados

Uma das ações que também irá colaborar para o fortalecimento do turismo na região do Jalapão é a integração de roteiros que serão oferecidos pelas agências entre os estados que compõe o Consórcio do Brasil Central, sendo eles Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Rondônia, Maranhão e Distrito Federal.

“Estivemos na semana passada em São Paulo participando da 18ª edição da Adventure Sports Fair, maior evento do gênero na América Latina. Lá estivemos juntos com os estados que compõe o Consórcio Brasil Central e apresentamos opções de roteiros turísticos integrados entre essas regiões, como a Jalapada que leva o visitante da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, ao Jalapão, no Tocantins. Além disso, participamos recentemente também na Assembleia Legislativa de uma audiência pública para debater essa questão do turismo, ampliando a discussão sobre o tema com a sociedade e com os membros daquela Casa de Lei”, concluiu James Possap.

TAG TocantinsJalapãoturismopontos turisticos