Manaus 30º • Nublado
Sábado, 25 Junho 2022

SBPC realiza Marcha pela Ciência no Brasil

SBPC realiza Marcha pela Ciência no Brasil
Foto: Reprodução/Shutterstock
Marcha pela Ciência, que acontece neste sábado (22), será realizada em mais de 400 cidades em todos os continentes, sobretudo nos Estados Unidos, onde começou a iniciativa, e Europa. No Brasil, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (Opens external link in new windowSBPC) convoca a comunidade científica à aderir a manifestação, segundo a presidente da SBPC, Helena Nader.

Quinze cidades brasileiras já estão confirmadas para a marcha, inclusive na Região Norte, como Belém (PA), Boa Vista (RR) e Manaus (AM). A data escolhida para o manifesto, 22 de abril, coincide com o Dia Internacional da Terra e representa a união dos cientistas e da sociedade em geral pela valorização das pesquisas na manutenção de políticas públicas e o incentivo para o desenvolvimento de soluções inovadoras e sustentáveis.

Leia na íntegra a carta de convocação de Helena Nader:

"São Paulo, 30 de março de 2017

Caros Estudantes, Professores, Cientistas, Pesquisadores e Amigos da Ciência,

No próximo dia 22 de abril, sábado, temos um compromisso com a agenda da ciência, que irá acontecer simultaneamente em todo o planeta. A Marcha pela Ciência está sendo convocada em mais de 400 cidades em todos os continentes, sobretudo nos Estados Unidos, onde começou a iniciativa, e Europa.

Trata-se de um evento mundial que pretende chamar a atenção de estudantes, professores, cientistas e pesquisadores, governantes e tomadores de decisão, e de toda a sociedade, sobre a necessidade de apoiar e preservar as instituições e a comunidade científica de todo o planeta. Esse apoio torna-se fundamental em um momento em que a atividade científica para o bem de todos sofre várias ameaças, como mudanças em políticas públicas, redução e desvio de verbas e financiamentos públicos, partidarização política da ciência e, o que mais assusta, a tomada de decisões políticas que não levam em consideração as evidências científicas. Isso ocorre nos Estados Unidos, de maneira gritante em relação ao que vêm demonstrando pesquisas relacionadas às mudanças climáticas, mas também em todo o planeta.

Os organizadores da Marcha pela Ciência entendem, como nós da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que a ciência está em todo lugar e afeta a vida de todos. Portanto, a aplicação da ciência para a sociedade não pode estar à margem das grandes tomadas de decisão no campo político. E o melhor caminho para garantir que a ciência possa influenciar diretamente nas políticas públicas é encorajar as pessoas a apreciar e se envolver com a ciência. Entendemos que o fortalecimento da ciência passa também pelo fortalecimento da democracia em todos os países.

No Brasil, a Marcha pela Ciência já está organizada na cidade de São Paulo e em Natal (RN), de acordo com a agenda oficial do evento internacional. O objetivo é reunir pessoas de toda a comunidade científica e acadêmica, e todos os interessados na ciência como um bem comum para a melhoria da qualidade de vida de todos, e como o melhor instrumento para a evolução do conhecimento humano. Conclamamos a todos a participarem, organizando no âmbito de suas cidades em suas instituições, atividades relacionadas.

A organização do evento em São Paulo definiu alguns princípios fundamentais para defender no âmbito da Marcha pela Ciência, que incluem:

A ciência serve ao bem comum
Educação científica de ponta
Pela comunicação científica aberta, honesta e ao alcance do público
Por políticas e regulamentos de interesse público baseados em evidências
Pelo financiamento das pesquisas científicas e suas aplicações

A SBPC apoia integralmente a iniciativa de realização da Marcha pela Ciência e convida todos seus associados a participarem do evento. Esperamos, ainda, que as sociedades científicas também convidem seus associados e amigos a participar do evento, que deverá dar início a um grande movimento planetário pela ciência como um bem comum de toda a humanidade.

Atenciosamente,

Helena B. Nader
Presidente"

Adesões

Até o momento, 15 cidades divulgaram adesão ao movimento. Saiba quais:

Belém (PA) – 10h – Theatro da Paz;
Belo Horizonte (MG) – 10h – Praça da Liberdade;
Boa Vista (RR) – 18h -Praça das Águas;
Brasília (DF) – 14h – Museu Nacional da República;
Diamantina (MG) – 8h – Praça Barão Guacuí;
Goiânia (GO) – 16h – Praça Universitária;
Ilhéus(BA) – 10h00 – Cais Consciência;
Manaus (AM) – 10h30 – Musa do Largo;
Natal (RN) – 16h – Parque da Cidade;
Pato Branco (PR) – 15h – Praça da Cidade;
Petrolina (PE) – 9h – Praça do Bambuzinho;
Petrópolis (RJ) – 10h – Centro Histórico;
Porto Alegre (RS) – 11h – Redenção – Pq. da Farroupilha;
Rio de Janeiro (RJ) – 10h – Museu Nacional;
São Paulo (SP) 14h – Largo da Batata; 
Petrópolis (RJ) – 10h – Centro Histórico.

PréviaEm Manaus, nesta quarta-feira (19),  a partir das 8h30, acontece o 'Ato pela Ciência na Amazônia', como forma de abrir a programação da Marcha pela Ciência no Brasil. A ação será realizada no Portão de entrada do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), na Rua Otávio Cabral, em Petrópolis.

Veja mais notícias sobre Ciência e Tecnologia.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 25 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/