Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Domingo, 09 Mai 2021

Mato Grosso tem 75 cidades com alta incidência de dengue

CUIABÁ - Dos 141 municípios mato-grossenses, 75 apresentam neste ano alta incidência de dengue com índice superior a 300 casos por 100 mil habitantes. No Estado, a incidência é de 706 casos notificados a cada 100 mil habitantes. A alta incidência representa um aumento significativo em relação ao mesmo período no ano anterior. Segundo o Boletim Epidemiológico da Dengue, emitido pela Secretaria de Estado de Saúde, foram 22.773 casos notificados de dengue em oito meses - aumento de 123,29%, em comparação ao mesmo período de 2014, quando houve 10.199 notificações. Seis óbitos por dengue foram confirmados nos municípios de Cuiabá, Matupá, Sapezal, Sorriso, Juína e Rondonópolis. Cinco mortes ainda seguem em processo de investigação, aguardando o resultado do laboratório. Sinop continua como o município com maior número de notificações, com 3.214 casos. Rondonópolis e Cuiabá também registraram números expressivos, com 1.287 e 2.724 casos, respectivamente. A SES recomenda às secretarias municipais de Saúde que mantenham a rede atenta para o diagnóstico precoce da doença e o manejo correto para que os óbitos sejam evitados. Além disso, são realizadas atividades de vistoria, orientação e prevenção, principalmente nos municípios silenciosos e de maior incidência. 
Foto: ShutterstockZyka e Chikungunya Cinco casos de zika vírus já foram confirmados em Mato Grosso, sendo dois em Rondonópolis, um em Tesouro, um em Cuiabá e um em Várzea Grande. Sobre a febre chikungunya estão em análise 169 exames, sendo nove aguardando triagem. Até o momento, não foi confirmado caso de transmissão da doença em Mato Grosso. No entanto, no início do mês de março ocorreu o primeiro caso "importado" de febre chikungunya no município de Cuiabá. Cuidados Os sinais e os sintomas da dengue, febre chikungunya e zika vírus são parecidos, a primeira manifestação é a febre alta de início abrupto, acompanhada de dores articulares e musculares, dores de cabeça, fadiga e manchas avermelhadas na pele. Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. A orientação é de alerta dos sintomas, caso apresente sinais e sintomas das doenças, deve-se procurar imediatamente os serviços de saúde e evitar o uso medicamentos sem prescrição médica.

Beneficiários do Bolsa Família devem fazer acompanhamento de saúde em Manaus

MANAUS - A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) está convocando os beneficiários do Programa Bolsa Família para o acompanhamento de saúde do segundo semestre de 2015. Crianças até sete anos, gestantes e demais mulheres entre 14 e 44 anos, inscritas no programa, devem comparecer obrigatoriamente em uma Unidade Básica de Saúde mais próxima, com o cartão Bolsa Família, cadernetas de vacina e da gestante, se for o caso. O não comparecimento pode implicar no desligamento do beneficiário.Foto: Jefferson Rudy

'Dia Rosa' intensifica atendimento contra câncer de mama e útero em Manaus

MANAUS - As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Policlínicas de Manaus se mobilizam para atender, no dia 17 deste mês, a população feminina da cidade. A ideia é ampliar o acesso das mulheres aos serviços e intensificar as ações de prevenção ao câncer de mama e ao câncer do colo de útero. Os atendimentos vão ocorrer das 7h às 12h.Foto: Edson Lopes Jr/Governo SP

Ter animal de estimação ajuda a combater depressão, diz psicóloga; ouça outras dicas

MANAUS - Ter uma animal de estimação ajuda a combater a depressão, segundo a psicóloga Elisangela Araújo, que concedeu entrevista à Rádio Amazonas FM (101,5), neste sábado (10), Dia Mundial da Saúde Mental. Segundo a especialista, praticar atividades de lazer e ouvir conselhos de pessoas de confiança também contribuem para manter a saúde da mente. Ela informou que males como a depressão atingem todas as faixas-etárias. Elisangela também recomendou que as pessoas devem fazer consultas periódicas ao psicólogo. A entrevista foi ao ar no programa Consultório da Família, que é veiculado aos sábados, de 8h às 9h.  

Psicóloga tira dúvidas sobre saúde mental neste sábado na Rádio Amazonas FM

MANAUS - O Dia Mundial da Saúde Mental é lembrado neste sábado (10). Em alusão à data, a doutoranda em psicologia, Elisangela Araújo, será a convidada do Consultório da Família deste fim de semana. O programa vai ar às 8h deste sábado, na Rádio Amazonas FM (101,5). Os ouvintes podem participar com perguntas pelo telefone 3216-5555/3216-5504. 

Congresso Integrado de Ortopedia auxilia acadêmicos e profissionais do Amazonas

MANAUS - A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Regional do Amazonas (SBOT-AM) vai realizar o 3º Congresso Integrado de Ortopedia, com versão internacional, em Manaus. O encontro será nos dias 15, 16 e 17 de outubro, no Tropical Hotel, situado na Av. Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, na Zona Oeste da cidade. Em entrevista à Amazonas FM, o ortopedista Francisco Mateus ressaltou que o evento vai reunir acadêmicos e profissionais das áreas de medicina, fisioterapia, enfermagem e radiologia. A programação conta com palestras sobre atendimentos especializados na área da ortopedia. As inscrições para o congresso estão abertas. CONFIRA PROGRAMAÇÃO COMPLETA E SAIBA COMO EFETUAR INSCRIÇÃO!!!  

UEA oferece atendimento gratuito para tratamento dos pés nesta sexta-feira

MANAUS - A Universidade do Estado do Amazonas (UEA), por meio do Curso de Especialização em Estomaterapia, oferece, a partir desta sexta-feira (9), atendimentos gratuitos de 'podiatria' - tratamento especializado para os pés. Os atendimentos são voltados para a comunidade em geral e para pessoas com úlceras e pé diabético. A programação vai ser realizada no Laboratório de Estomaterapia da UEA, no primeiro andar do prédio anexo da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA), no bairro Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus.Foto: Tadeu Santos/Prefeitura de Santos

Atividades do Outubro Rosa têm início no Amazonas

MANAUS - A Fundação Centro de Controle de Oncologia (FCecon) realizou a abertura da 12ª edição do Movimento Mundial Outubro Rosa, que conscientiza mulheres sobre a prevenção contra o câncer, na quinta-feira (2). À Rádio Amazonas FM (101,5), a presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer no estado e coordenadora estadual de atenção oncológica, Marília Muniz, destacou a importância da atividade, que será realizada durante todo o mês de outubro.Foto: Divulgação/Secom

Fumaça sobre Manaus: saiba quais os riscos à saúde

MANAUS – Desde as primeiras horas do dia até à noite, a fumaça que cobre Manaus, além da curiosidade sobre sua origem, a preocupação com a saúde da população. Irritações nos olhos, espirros e tosses são alguns dos sintomas imediatos que a fumaça causa a quem está exposto. O Portal Amazônia conversou com dois especialistas do aparelho respiratório para explicar quais os riscos à saúde humana.O médico pneumologista Evandro Martins explica que quanto mais a pessoa fica exposta à poluição [fumaça] o quadro sintomático fica mais grave. “A fumaça proveniente de queimadas orgânicas, ou seja, de florestas, materiais orgânicos e não tóxicos, causa sintomas imediatos: irritação dos olhos, vermelhidão da mucosa, irritação conjuntival, lacrimejamento e diminuição da visibilidade”, elenca o especialista.Também pode ocorrer obstrução nasal, espirros, coriza e até sangramento. Segundo Evandro Martins, a mucosa que reveste o nariz irrita e inflama, o que causa o sangramento. Tosse seca e irritativa, falta de ar e cansaço, bem como chiado no peito também podem ocorrer.Foto: ShutterstockO especialista confirma que uma fumaça como esta pode desencadear doenças como rinite alérgica, falta de ar e bronquites. “De imediato, pessoas que já possuem problemas respiratórios apresentam danos de maneira severa, como crise de asma, rinite, sinusite. Aumenta também a incidência de pneumonia. Os sintomas se agravam com a fumaça”, explica.Diretor-presidente da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), o pneumologista Edson de Oliveira Andrade concorda com a afirmação de Evandro. “Esperamos que a fumaça sobre Manaus não seja prolongada, porque aí teremos um problema de saúde pública”.CuidadosAndrade alerta ainda sobre grupos de risco. Crianças, idosos e pessoas já acometidas por doenças respiratórias devem ter cuidados redobrados. “Evitar a exposição é imprescindível. Se estiver longe do foco do incêndio, as melhores opções são ficar em casa, tomar bastante líquido e evitar o contato com a fumaça. Se estiver próximo ao foco, saia do local o mais depressa possível, procure a casa de um parente distante para evitar o contato com a poluição”, diz.De acordo com o pneumologista Evandro Martins, a máscara pode ajudar a diminuir o contato com a fumaça. Edson de Oliveira concorda e acrescenta que passar pano molhado no rosto pode também ajudar a hidratar as vias aéreas em caso de exposição extrema.A reportagem também questionou sobre os danos a pessoas expostas por muito tempo, como o caso de motoristas de ônibus e outros trabalhadores de áreas abertas. O pneumologista Evandro Martins diz que não se pode prever. “Varia de pessoa para pessoa. Mas hoje sabemos que algumas doenças que acometem o pulmão têm causas que podem ser atribuídas a esses fatores ambientais. É algo para se investigar”, enfatiza o pneumologista.Com o agravo dos sintomas, o mais indicado, de acordo com os dois médicos, é procurar o serviço de saúde mais próximo. Casos registrados em ManausEm nota, a Secretaria de Saúde do Município comunicou que não houve aumento na demanda de pessoas com desconforto respiratório ou agravamento de quadros de infecção respiratória. No entanto, o portal de notícias G1 Amazonas divulgou que, na manhã desta quinta-feira (1), foram hospitalizadas 13 pessoas - dentre elas, quatro crianças - com problemas respiratórios.

Prevenção contra câncer de mama ganha força com 'Outubro Rosa' no Amazonas

MANAUS - A cor rosa tomará conta da capital amazonense. Nesta quinta-feira (1°), acontecerá a abertura da 12ª edição do 'Outubro Rosa', a partir das 17h, na Praça Heliodoro Balbi. O evento visa conscientizar a sociedade sobre o câncer de mama e tem como tema 'Para todas as Marias'. 
De acordo com o presidente da sociedade brasileira de mastologia regional, Gerson Mourão, as pessoas precisam se unir pela causa. "Em muitos casos, as mulheres dbuscam ajuda médica quando o coração já está grande, ou seja, diminui as chances de recuperação. O principal objetivo é realmente lançar para as pessoas a importância dos exames preventivos", destacou.


Prevenção é a melhor arma contra o câncer de mama. Foto: Reprodução/Shutterstock
Uma das marcas registradas da campanha é a iluminação de pontos turísticos de cada cidade com a cor rosa. Lugares como o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, Congresso Nacional, em Brasília, ou o Jardim Botânico, em Curitiba ganharão uma iluminação especial para a data. "É momento de ganhar a atenção das pessoas, mas as ações precisam continuar em todas as épocas do ano", garantiu Mourão.
Em Manaus, cerca de 20 locais receberão a luz rosa, entre instituições públicas e privadas, como por exemplo a Ponte Rio Negro, o Museu Paço da Liberdade, Praça da Saúde, Paço da Liberdade, Lacc, Fcecon, Fundação Alfredo da Mata, Parque Rio Negro, Centro de Eventos Vasco Vasques, Arena da Amazônia, Assembleia Legislativa, Igreja Matriz, Teatro Amazonas, entre outros.
Além disso, 19 municípios do interior já confirmaram adesão à campanha: Borba, Barreirinha, Manicoré, Tabatinga, Manacapuru, Autazes, São Sebastião do Uatumã, Novo Airão, Careiro Castanho, Coari, Anamã, Beruri, Uarini, Autazes, Nova Olinda do Norte, Manaquiri, Eirunepé, Atalaia do Norte e Benjamin Constant. 
Prédios ganham uma iluminação diferenciada. Foto: Divulgação
Programação
Durante todo o mês, escolas, empresas, instituições públicas receberão a visita de profissionais da saúde que promoverão ações educativas sobre prevenção e diagnóstico precoce do câncer. Entre 5 a 17 de outubro, uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher atenderá ao público feminino na Secretaria Municipal da Educação (Semed). 
A partir do dia 17 de outubro acontecerá uma mobilização na cidade. Unidades Básicas de Saúde tradicionais e unidades móveis atenderão a partir das 7h, para a realização de coleta de preventivo (prioritariamente mulheres entre 25 a 64 anos), solicitação de mamografia de rastreio (50 a 69 anos), além de atividades educativas e a vacina anti-HPV.
Para encerrar a programação será realizada a caminhada contra o câncer de Mama no dia 28 de outubro, a partir das 18h, na Ponta Negra. "É uma forma da população se unir contra a doença que a cada ano mata muitas mulheres. O evento é aberto a todos", garantiu Mourão.
Criação
O Outubro Rosa foi criado em 1997, nas cidades de Yuba e Lodi, na Califórnia (EUA), e se caracteriza por colorir de rosa ambientes de acesso público, no intuito de chamar a atenção para a alta ocorrência do câncer de mama, o mais incidente no mundo. No Brasil, ele acontece simultaneamente em várias cidades, durante todo o mês de outubro.

Farmácia Popular deixa de existir em 2016 após decisão do Governo Federal

MANAUS - Os recursos para o programa "Aqui Tem Farmácia Popular", do Governo Federal, serão cortados em 2016. A proposta orçamentária encaminhada para o Congresso prevê repasse zero para a ação. O programa permite a compra, em farmácias credenciadas pelo governo, de medicamentos com descontos de até 90%. Com os cortes nos recursos, essa política na área da saúde deixará de existir.Foto: Divulgação/Ministério da Saúde