Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quarta, 28 Outubro 2020

Pará antecipa campanha contra hepatites virais

Pará antecipa campanha contra hepatites virais
A Secretaria de Saúde do Pará começou esta semana a campanha de luta contra as hepatites virais, realizada anualmente no mês de julho. Nos dois primeiros dias de campanha, cerca de 800 testes foram realizados na praça Brasil, em Belém, e cinco pessoas foram diagnosticadas com hepatite C.

Nenhuma delas tinha apresentado os sintomas da doença, o que, em geral, aumenta o risco da hepatite evoluir para cirrose, câncer ou transplante de fígado, caso não seja tratada a tempo. Não há vacina contra hepatite C.

O médico David Bichara, da Liga Acadêmica de Biomedicina, explica a importância da campanha de luta contra as hepatites virais ter sido antecipada no Pará. 
Foto: Divulgação
A hepatite é uma inflamação nas células hepáticas do fígado e pode ser ocasionada pelos vírus A, B, C ou D. O médico David Bichara ressalta que uma das formas mais perigosas da doença, a hepatite “C”, é uma doença crônica e silenciosa, que pode ficar no organismo até 20 anos sem se manifestar, mas tem tratamento disponível no sistema público.

As hepatites virais são responsáveis por mais de um milhão e 400 mil mortes por ano em todo mundo. Estima que 3% da população tenha hepatite C e não saiba. Em julho, as ações de prevenção são reforçadas em todo o país pois o dia 28 foi escolhido como data Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais.

Saiba mais sobre hepatites virais nessa cartilha do Ministério da Saúde.

Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 29 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/