Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quarta, 21 Abril 2021

Em sete anos Pará registra 20 casos de Febre Amarela

Em sete anos Pará registra 20 casos de Febre Amarela
No Brasil, 35 casos foram confirmados de 1 de julho do ano passado a 14 de janeiro deste ano. 20 pessoas morreram no país, em decorrência doença, em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. Os dados foram divulgados essa semana pelo Ministério da Saúde.

Nos nove estados da Amazônia, a vacina contra a febre amarela está incluída no Calendário Nacional de Vacinação porque estão em área considerada endêmica, por conta da presença de matas intensas.

Para evitar uma corrida aos postos de saúde, gestores da Amazônia tentam tranquilizar a população. A prefeitura de Manaus por exemplo, descartou o risco de um surto de febre amarela na cidade.

Já governo acriano destacou que o estado não tem registro de febre amarela há mais de 70 anos.

Em Mato Grosso, de acordo com a Secretaria de Saúde, 75 % da população está vacinada.

Já no Maranhão, o governo afirmou que reforçou a vigilância, mas que está há 23 anos sem registrar um caso.E no Pará, foram registrados em 2017, 11 casos de febre amarela, desses, 7 foram à óbito. 
Foto: Divulgação / Ministério da Saúde
febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitidas por vetores. Os casos graves podem causar doenças cardíacas, hepáticas e renais fatais, até o dia 14 de janeiro deste ano 20 pessoas morreram no Brasil. Até o final de 2017, o Ministério da Saúde distribuiu em todo o país 45 milhões de doses da vacina.

Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 21 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/