Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 15 Agosto 2020

Inpa promove curso de uma semana de imersão na floresta amazônica para professores

Inpa promove curso de uma semana de imersão na floresta amazônica para professores

Como formar professores que podem misturar ciência e questões ecológicas? De 01 a 23 de setembro, estarão abertas as inscrições para o curso ‘A Floresta Amazônica e Suas Múltiplas Dimensões’ oferecido pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), por meio do Laboratório de Psicologia e Educação Ambiental do Inpa (Lapsea) e do Laboratório de Manejo Florestal (LMF). São 30 vagas destinadas a professores das redes pública e privada de ensino.

O curso de 80 horas consiste em contribuir para a formação dos professores com o compartilhamento de informações científicas, treinamento teórico e prático das questões ecológicas e socioambientais relacionadas à região amazônica. Segundo uma das coordenadoras do curso, a tecnologista Genoveva Azevedo, em 13 anos de curso os profissionais do Inpa já formaram mais de 300 professores.

“Com o curso, os professores poderão agregar à sua disciplina e ao seu fazer pedagógico conhecimentos científicos ligados à floresta, que na maioria das vezes está disponível apenas nos papers”, destaca Azevedo.

De acordo com outra coordenadora, a pesquisadora Maria Inês Higuchi, os participantes têm o curso como um momento ímpar. “Eles consideram um marco de transformação tanto pessoal quanto profissional, por conta dos métodos utilizados e o empenho dos pesquisadores envolvidos na didática e repasse do conhecimento”, conta.

Com uma dinâmica diferenciada, o curso é realizado na Estação Experimental do Inpa (ZF-2) KM 50 da BR-174 (Manaus-Boa Vista), onde professores ficam alojados durante oito dias imersos na floresta. Os conteúdos, em sua maioria, são voltados à floresta e seus desdobramentos, como mudanças globais, biodiversidade, fauna, flora, recursos hídricos, solos, sociodiversidade, cultura, língua e tradição.

Inscrições

Para participar do curso é preciso ser professor da rede pública ou privada atuando em sala de aula e não ter participado de outras edições do curso, não ter a titulação de mestrado, ter disponibilidade para passar uma semana fora de casa sem prejuízos para si e sua família e não estar sob os cuidados médicos que o impeçam de ir para a floresta.

Após a seleção feita pelo Lapsea, os nomes dos candidatos e sua escolas serão encaminhados para as Secretarias de Estado de Educação do Amazonas (Seduc) e Municipal de Educação (Semed), apoiadoras do curso.

 “Além de ser gratuito, buscamos apoio dessas instituições para que seja feita uma divulgação nas escolas e que a informação da oferta do curso chegue aos professores que estão nas salas de aulas e poderem usar a Educação Ambiental como tema transversal e inserir a Amazônia no conteúdo das escolas”, conta a pesquisadora Maria Inês, coordenadora do curso. Para saber mais informações e solicitar a inscrição, o interessado deve entrar em contato com o Lapsea em horário comercial.

Foto: Reprodução/Shutterstock

Veja mais notícias sobre Ciência e Tecnologia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 15 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection