Manaus 30º • Nublado
Sábado, 23 Outubro 2021

Feira de Ciência e Tecnologia terá oficina voltada para a ‘Geração Z’, em Belém

Feira de Ciência e Tecnologia terá oficina voltada para a ‘Geração Z’, em Belém
Ampliar perspectivas, auxiliar na identificação de oportunidades e estimular o desenvolvimento de soluções criativas com a tecnologia é o objetivo da oficina “Geração Z: zapeando entre desafios e soluções tecnológicas”, que integrará a 10ª Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação (Fecti), realizada pela Secretaria de Estado de Ciência Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet). O evento ocorrerá nos dias 23, 24 e 25 de outubro, na Estação das Docas.



A oficina será ministrada pela arquiteta Leila Pother, do Instituto de Ciências Exatas e Naturais da Universidade Federal do Pará (Icen/UFPA). Ela explica que a ‘Geração Z’ é formada por pessoas nascidas entre meados dos anos 1990 e 2010, durante a chegada da internet e a popularização de novas tecnologias digitais, como os smartphones e computadores de alto desempenho.

Foto: Divulgação

Rafael Callins, membro da coordenação da 10ª Fecti, diz que todos os anos, a feira recebe centenas de jovens, sobretudo alunos do ensino médio, que fazem parte desta geração. “Então, nada mais adequado do que falar diretamente para eles”, destaca.



Conectados

De acordo com Leila Pother, a ‘geração Z’ é formada por pessoas “conectadas 24 horas” e que utilizam serviços online para satisfazer seus desejos e necessidades, como por exemplo, a busca por informação.

A proposta da oficina é realizar atividades que possam apresentar novas formas de lidar com as dificuldades e desafios, alinhando as características e interesses dos participantes na identificação de novas oportunidades nas tecnologias e meios digitais presentes no dia a dia, incentivando os jovens a pensar em soluções criativas de acordo com suas necessidades.

Leila Pother espera mobilizar os participantes para uma atuação mais proativa na construção de uma sociedade melhor, seja na escola, em casa, no trabalho ou em qualquer grupo, além de criar multiplicadores da proposta. “O objetivo é revelar em cada participante o potencial de atuar de maneira construtiva e se tornar um cidadão relevante para a sociedade”, diz a arquiteta.

Veja mais notícias sobre Ciência e Tecnologia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 23 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/