Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quinta, 26 Novembro 2020

Forte chuva causa mortes e alagamentos em Manaus

Forte chuva causa mortes e alagamentos em Manaus
A forte chuva que cai sobre Manaus (AM) desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira (27) causa prejuízos na cidade. No bairro Nova Vitória, zona Norte, quatro pessoas morreram soterradas em um deslizamento de terra. Segundo o Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), alguns pontos da cidade chegaram a registrar 112 milímetros de chuva, mais da metade prevista para todo o mês de dezembro.

Desde as 9h, a Defesa Civil de Manaus e o Corpo de Bombeiros realizaram 12 atendimentos relacionadas à ocorrências da forte chuva. Entre as de maior gravidade está o deslizamento de um barranco sobre uma casa de madeira, na rua 11 de setembro, no bairro Nova Vitória, que deixou quatro pessoas soterradas. Além deste, um deslizamento de terra em um trecho de talude localizado na avenida Grande Circular, entre os bairros Nova Cidade e Alfredo Nascimento, zona Norte. O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) e a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) foram acionadas para execução de serviços emergências e liberação da via.

De acordo com o Inmet, a média de chuva acumulada nas últimas 24h na cidade é de 82,4 mm. Pluviômetros do Cemaden chegaram a registrar até 112 mm. Já o pluviômetro da Defesa Civil, localizado na zona Oeste registrou 90 milímetros de chuva.

O Inmet informou, ainda, que a precipitação normal para o mês de dezembro é entre 190 e 200 milímetros. Entretanto, até esta segunda-feira (26) foram registrados 333,6 milímetros de chuva. Ssomado o acumulado com a média registrada hoje, e ainda em crescimento, irá ultrapassar os 415 milímetros de chuva, mais que o dobro do esperado para todo o mês.

Problemas causados pela chuva
 
Foto: Divulgação/Semcom 
Alagações foram registradas nas ruas Duque de Caxias (Cachoeirinha), Pinheiro (Loteamento José Bonifácio), Copaíba (Comunidade Ouro Verde) e Rua 01 (Nsa. Sra. do Perpétuo Socorro). Os deslizamentos de barrancos aconteceram na Avenida Grande Circular (Cidade de Deus), com via já desobstruída pela Seminf, e Rio Juruá (Loteamento Novo Reino). Desabamentos de muros também foram verificados nas ruas Jutaí (Jorge Teixeira), Francisco Queiroz (Manoa) e 31 de Março (Betânia).

A Defesa Civil também foi acionada para checar a informação de um desabamento de várias casas no bairro Colônia Antônio Aleixo, ainda sem novas informações.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 26 Novembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/