Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 20 Outubro 2020

Bispo de Roraima é eleito presidente do Conselho Indigenista Missionário

BOA VISTA - O Conselho Indigenista Missionário (CIMI) tem um novo presidente. O bispo de Roraima, Dom Roque Paloschi, vai cumprir um mandato de quatro anos. A eleição ocorreu durante a 21ª assembleia do órgão. O religioso católico foi empossado na cidade de Luziânia, em Goiás.Para Dom Roque, a honraria será mais uma função social. Segundo ele, a defesa dos direitos dos povos indígenas é uma das bandeiras levantadas pela Igreja Católica. "É um serviço para o qual sou chamado a prestar, nessa dimensão, da missão da igreja de estar presente junto aos primeios habitantes dessa terra. Não é um status, pelo contrário. É a missão de ser um irmão solidário aos sonhos, esperanças e alegrias, mas também aos sofrimentos dos povos originários", analisa.O CIMI é vinculado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que, com uma ação missionária, conferiu um novo sentido ao trabalho da Igreja Católica junto aos povos indígenas. "Os conflitos são uma questão de justiça. A Constituição do país reconhece os direitos dos povos indígenas, estabeleceu metas para cumpri-los. Então, é preciso dar passos. Isso é uma ação do governo e da sociedade, que também é chamada a respeitar aqueles que são diferentes", ressalta.Para o padre Paulo Mota, a escolha de Dom Roque para presidente do CIMI foi feita em reconhecimento ao trabalho que o bispo faz na diocese. "Antes de vir para Roraima, foi feito o trabalho no Rio Grande do Sul, também pelo período em que ele ficou na África, e agora tudo que o bispo tem realizado aqui em nossa diocese e que está muito em consonância com os movimentos sociais e com os povos indígenas, e com a igreja em geral", avalia.Confira a entrevista de Dom Roque para o Isto É Igreja, do Amazon Sat

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 20 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/