Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 02 Março 2021

Aplicativo ajuda deficientes visuais no uso de transporte público de Belém

Aplicativo ajuda deficientes visuais no uso de transporte público de Belém
Com o objetivo de contribuir para a inclusão social das pessoas cegas e deficientes visuais, assim como diminuir sua dependência, os alunos do 8º semestre de Engenharia da Computação, da Universidade Federal do Para (UFPA), Alberto Neto, Alexandre Nogueira, Risonaldo Moura e João Borges, criaram um aplicativo chamado BusID. O app visa assegurar a confiança às pessoas com problemas de visão no uso de transportes coletivos.

Durante a disciplina de Computação Gráfica e Processamento de Imagens, ministrada pelos professores Deyvison Penha e Ronaldo Zampolo, os graduandos foram instigados a desenvolver soluções para problemas reais utilizando o conhecimento adquirido em sala de aula. Um dos criadores, Risonaldo Moura, conta que a ideia para o BusID surgiu quando os estudantes perceberam a carência de desenvolvimentos tecnológicos na área de tecnologia assistiva.

“Percebemos que os cegos e os deficientes visuais em Belém têm bastante dificuldade para identificar, sozinhos, a linha do ônibus que está à sua frente, pois nem mesmo há sistemas de localização que os auxiliem nesta tarefa, como em algumas cidades do País, contribuindo, portanto, com o aumento de sua dependência e exclusão social”, explica o estudante. 
Foto: Divulgação / UFPA 
Para ele, o desenvolvimento de projetos como o BusID ajuda a preparar os alunos para o mercado de trabalho, tendo em vista que os problemas que estes projetos resolvem são da mesma natureza daqueles que as empresas buscam solucionar. O app também é de grande importância no fator social, “em ter o poder de impactar na vida das pessoas ainda dentro da Academia, além de dar um retorno à sociedade pelo investimento que é feito à Universidade”.

O BusID identifica a linha do ônibus por meio da câmera do celular e fala em voz alta para o usuário. Para isso, o número identificador da linha do ônibus deve estar visível e o usuário estar a uma distância menor que 10 metros. A base de dados já conta com cerca de 98% de todos os ônibus da Região Metropolitana de Belém cadastrados.

Como funciona

Ao abrir o BusID, o usuário escuta uma voz dizendo “Olá” e é levado à tela principal do aplicativo, na qual é mostrada a imagem da câmera. Quando nesta imagem houver um ônibus com seu código visível, o App diz a linha daquele ônibus, automaticamente, sem precisar de nenhum toque na tela ou botão, e sem a necessidade de conexão com a internet. Se outro ônibus surgir na imagem, o BusID também dirá a linha deste outro ônibus. 
Foto: Divulgação / BusID
Nas próximas atualizações, serão adicionadas à base de dados todas as linhas de ônibus da Região Metropolitana de Belém com as letras, e não somente os números, além de melhoramentos na usabilidade para os usuários conforme seus feedbacks, lançamento da versão para o Iphone, e opções para outras cidades do País que apresentam semelhante cenário da Região Metropolitana de Belém.

O app atende a toda a população que faz uso dos transportes coletivos na região e pode ser baixado e utilizado gratuitamente. O BusID está disponível na Google Play para smartphones com sistema Android. Basta procurar pelo nome BusID Belém.

Veja mais notícias sobre Variedades.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 02 Março 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/