Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Segunda, 26 Outubro 2020

Em Humaitá, ministro da Infraestrutura assina ordem de serviço de obras na BR-319

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, assinou a ordem de serviço para a manutenção de três segmentos da BR-319 (Manaus-Porto Velho), neste sábado (3). O documento foi assinado no município de Humaitá, distante 590 Km de Manaus.

O governador Wilson Lima e a comitiva federal visitaram o distrito de Realidade, distante 67 Km de Humaitá, e vistoriaram trechos da BR-319, que está recebendo serviços de pavimentação.
Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, assina ordem de serviço para a manutenção de trechos da BR-319. — Foto: Artur Castro/Secom

A manutenção abrangerá 254,20 quilômetros de rodovia, que vão passar por serviços de conservação e recuperação. As obras incluem o lote C (Charlie), que vai do Km 198,9 ao Km 250,7, objeto de uma licitação em andamento do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para a reconstrução desse trecho.

Parte do chamado "trecho do meio", que vai do Km 250 ao Km 656, também está contemplada nesses contratos de manutenção, informou o Governo do Amazonas. 

As obras foram divididas em três lotes:

  1. O primeiro possui 82,20 quilômetros de extensão e vai do Km 178,50 (rio Tupãna) até o Km 260,7 (início da travessia do rio Igapó Açu).
  2. O segundo lote vai do Km 261,10 (fim da travessia do rio Igapó Açu) até o Km 346,20 (entroncamento com a BR-174 e a rodovia estadual AM-364), totalizando 85,10 quilômetros de extensão.
  3. O terceiro lote tem 86,90 quilômetros de extensão e vai do entroncamento da BR-174 com a AM-364 (Km 346,20) até o Igarapé Caetano (Km 433,10).

Os principais serviços a serem executados são: recomposição do revestimento primário da pista, com adição de cimento, areia e brita; recomposição mecanizada de aterro para elevação do corpo estradal (nos segmentos críticos); e colocação de pedra rachão nos segmentos críticos para evitar pontos de atoleiros durante o período chuvoso.

Também será realizada a limpeza e desobstrução de dispositivos de drenagem e execução e recuperação de valetas laterais para drenagem. Em todo o segmento, as pontes de madeira passarão por serviços de manutenção/recuperação.

Importância regional

Pavimentada em 1976, a BR-319 liga Manaus (AM) e Porto Velho (RO), totalizando 877,70 quilômetros de extensão. Além de integrar os dois estados ao restante do país por via rodoviária, a rodovia permite, ao longo de seu percurso, o acesso a diversas cidades, como Humaitá, Lábrea e Manicoré, sendo fundamental para o desenvolvimento econômico e social da região.

Promover a trafegabilidade da rodovia durante todo o ano deve garantir o funcionamento de serviços essenciais, como fluxo de ambulâncias, medicamentos, alimentos, combustíveis e linhas de ônibus.

Veja mais notícias sobre Amazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 26 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/