Manaus 30º • Nublado
Sexta, 22 Outubro 2021

A Obra de Frederic Chopin

A Obra de Frederic Chopin

Nascido em primeiro de março de 1810, em Zelazowa Wola, na Polônia, Frederic Chopin era filho do francês Nicolas Chopin e da pianista polonesa Justina Krazizanovska.  

  
Foto: https://www.classicfm.com/

Chopin recebeu suas primeiras aulas de piano de sua irmã mais velha, Ludwika. Posteriormente,  foi orientado por sua mãe. Aos seis anos passou a ter um professor de piano, Adalbert Zwini, que lhe apresentou as obras de Bach e Mozart.

Aos sete anos ele já era autor de duas polonesas (Sol Menor e Si Bemol Maior) e seu primeiro concerto público ocorreu quando ele tinha oito anos. Na mesma época viu publicada sua primeira obra, uma polonesa. 

Em 1818, mais precisamente em 24 de fevereiro, o jovem Frederic Chopin apresentou-se no palácio Radziwill de Varsóvia, no qual participou interprentando um concerto para piano e orquestra de Adalbert Gyrowertz. Comentava-se, naquela epóca, que apenas Chopin era capaz de alcamar as crises de mau humor do nobre grão-duque Constantino.

Em 1823, aos treze anos, Chopin começou a estudar harmonia e contraponto com Jonsef Elsner. Um anos antes, havia composto uma polonesa para a cantora Catalani que lhe rendeu como presente um relógio de ouro, tamanha a admiração e encanto que sua obra causou à contora.

Desde cedo, a obra do músico polonês teve grande influência na relação com o mundo urbano. Chopin descobriu um rico patrimônio musical que lhe inspirava, principalmente, a descobrir e admirar a variedade de gêneros musicais: mazurcas, obeks, kujawiaks etc.

Em 1827 concluiu a composição das Variações sobre um Tema de Dom Giovani, op. 2. Nesse período, Chopin já mostrava grande evolução e maturidade.

Dois anos depois, na cidade de Viena, Chopin foi convidado pelo conde Gallenberg, diretor do Teatro de Porta Corintia, que o convidou a tocar de improviso. Chopin aceitou a proposta e, mesmo não sendo conhecido do público, deixou grande impressão e foi bastante elogiado. Muitos consideraram a atuação de Chopin repleta de originalidade e tranquilidade.

O primeiro grande concerto público de Chopin aconteceu em Varsóvia, em 17 de março de 1830. A apresentação ocorreu no Teatro Nacional e foi considerado um fracasso. Posteriormente, uma segunda apresentou realizada representou um significativo triunfo, principalmente, em razão da interpretação do Concerto em Fá menor e do rondó Krakowiak.

Em viagem à Paris, Chopin foi apresentado a alguns dos principais pianistas da época: Ferdinand Hiller e Franz Liszt. Também criou amizades pessoais com os compositores Hector Berlioz, Felix Mendelssohn, dentre outros. 

No ano de 1833, Chopin publicou cinco Mazurcas, três Noturnos, os doze grandes estudos dedicados a Liszt e diversas outras obras de muito sucesso. Em 1848, Chopin apresentou-se pela última vez num concerto em Paris. Muitas das peças de Chopin tornaram-se bastante conhecidas — por exemplo, o Estudo Revolucionário (Op. 10, nº 12), a Valsa Minuto (Op. 64, nº 1) e o terceiro movimento de sua sonata Marcha Fúnebre (Op. 35).

Destacam-se ainda os Noturnos e as Polonesas, obras que também expressam um pouco da beleza, da riqueza e da história da Polônia. 

Existe ainda um comentário que resume bem a obra e o talento de Frederic Chopin: "Chopin é o piano e o piano é Chopin".

Veja mais notícias sobre Música.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 22 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/