Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Domingo, 28 Fevereiro 2021

Em Manaus, evento promove rentabilidade para pessoas trans em meio a pandemia do Covid-19

aulas-de-circo---Cpia

O projeto "Kuma Planta de Criação" vem com a missão de tornar a cultura queer cada vez mais acessível a sociedade. Por isso, entre os dias 10 a 19 de dezembro irá ocupar o Espaço Cultural Kuma Yoga Criação, em Manaus, com uma programação que vai desde o "encontro com sua drag queen interior" até aulas de vogue old way e vogue femme, além de oficinas poéticas e dramatúrgicas, entre outras modalidades artísticas.

"São projetos protagonizados por pessoas trans, não bináries, pretes e periféricas. Alguns ministrantes são artistas convidades especialmente para o evento. Nas próximas edições inclusive vamos ampliar mais essa diversidade de oficineires", contou Ariel Kuma, responsável do projeto.

'Kuma Planta de Criação' entre os dias 10 e 19 de dezembro, em Manaus. (Foto:Divulgação)

E ideia de difundir a cultura da comunidade queer em Manaus partiu da vontade da diretora de ampliar o uso do espaço da antiga escola de yoga e simultaneamente priorizar projetos protagonizados por pessoas TLGBQIA+; especialmente por neste último ano ter se percebido e aceitado sua condição de mulher trans.

"É de extrema importância a representatividade trans nos diferentes meios profissionais. Acredito que informação e educação podem mudar as pessoas, a Kuma Yoga Criação está comprometida com essa missão. O projeto Planta de Criação é o ponta pé inicial das atividades formativas que vamos oferecer nos próximos meses às pessoas trans de Manaus.", disse a Ariel.


Cronograma

A programação abrange pelo menos uma oficina de cada grupo incubado no programa de residência artística. A programação é extensa por algumas atividades terem mais de um encontro e também por conta dos protocolos de segurança Pandemia Covid-19, que a organização do evento irá seguir com todos os cuidados.

O primeiro dia de oficinas já começa com roda de conversas com todes es ministrantes. Iniciamos as oficinas com aulas de vogue, seguida nos dias 11 e 12 da "Oficina de Drag: Encontro com o Eu Drag Queen" e oficinas circenses.

A partir do dia 13 oficinas de teatro e performance fazem parte da programação também. No dia seguinte seguem as oficinas de vogue e nos próximos 3 dias de aulas serão voltadas as práticas poéticas com ensino de base para uma escritas sensível e oficina de mob0graphia (fotografia sensível com o celular).

E nos dias 18 e 19, acontecerá a oficina "Dramaturgia do Circo Contemporâneo e Criação Cênica - (teoria e prática) - Lab. Circus" com o objetivo de contextualizar os participantes sobre o que é o novo circo.



Ocupando Espaços

Para Ariel Kuma, criar ações culturais para a comunidade queer em específico é de extrema importância na sociedade. "Esse grupo de pessoas sofrem grande invisibilidade em meio ao sistema, tanto profissional quanto artístico e educacional. É necessário para dar voz a esta comunidade que é excluída e feita de chacota, inclusive dentro da comunidade GLS", afirma.

Daí surgiu a ideia de chamar o projeto como "planta de criação", misturando a experiência de vida em etnobotânica com as artes. "Pensando nos projetos de vida como sementes a ser plantadas, precisam de cuidados para frutificar. Vejo que o espaço da Kuma Yoga Criação frutificou muito meu lado artístico e pessoal enquanto mulher trans e poder ampliar esse acesso a outras pessoas enche meu coração de alegria. Sinto que esperei 35 anos para me reconhecer trans como estratégia de sobrevivência, e hoje posso usar o espaço como plataforma de lançamento de outres artistes mais jovens", conclui.

Veja mais notícias sobre AmazonasCulturaNotícias.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 28 Fevereiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/