Manaus 30º • Nublado
Sexta, 09 Dezembro 2022

Akuanduba é o deus da paz para a comunidade indígena dos Araras, localizada na Bacia do Xingu, no Pará.

Inspirados na lenda do 'Demônio dos sonhos', o ritual do Jurupari é praticado por diversas etnias do Alto Rio Negro

A área de Laranjal do Jari é bastante apreciada para o turismo de aventura, em especial aos adeptos de trilhas, além de oferecer diversas exuberantes paisagens naturais.  

Com pelo menos mil espécies diferentes já catalogadas, a Amazônia é, sem dúvida, uma das regiões mais ricas do mundo em aves.

A aparência dele pode até ser agradável, mas muitos amazônidas garantem que o bodó é um peixe de sabor indescritível.

A história de Vilhena data do início do século XX, por volta de 1910, com a passagem por estas terras da expedição chefiada pelo Tenente Coronel Cândido Mariano da Silva Rondon 

Atraídos pelo látex na Amazônia, nordestinos começam a ocupar a região do Juruá. Nesse contexto, começou o povoamento do município de Eirunepé.

 O município amazonense tem um elo econômico com o município Cruzeiro do Sul, no Acre, pelo fato de existir uma rodovia de 16 km que os une.

Guajará-Mirim é um termo oriundo da língua tupi e significa "cachoeira pequena".

Conhecido como macaco-da-noite, o jupará é um dos animais mais curiosos da Amazônia

A juta é uma planta herbácea de família das Tiliáceas, originária da Índia e largamente cultivada para a obtenção de fibras têxteis com as quais se fabrica o tecido do mesmo nome.

Segundo a lenda, por séculos, o amor da bela Santarém vem sendo disputado por dois rapazes que lutam terrivelmente para banhá-la e senti-la nos braços.

A Cachoeira do Mutum possui os famosos buracos nas pedras que formam as piscinas naturais.

Um dos principais afluentes do Amazonas, o rio Madeira é o 17º maior rio do mundo, com mais de 3,3 mil quilômetros de extensão

Os caboclos contam que dentro da floresta vive o Mapinguari, um gigante peludo com um olho na testa e a boca no umbigo.

Principal ponto turístico da capital amapaense, a Fortaleza de São José de Macapá é considerada a maior fortificação do Brasil

Conta-se que, no principal e decisivo confronto entre portugueses e franceses, travado em 19 de novembro de 1614, diante do Forte de Santa Maria de Guaxenduba, já se tornava evidente a derrota dos lusitanos, por sua inferioridade numérica em homens, armas e munições.

Os índios Macuxi contam que antigamente, no local onde hoje existe o Monte Roraima, existiam apenas terras baixas e alagadiças, cheias de igapó.

De acordo com os indígenas, a quinhapira é um prato que representa a união entre as aldeias. 

O maior rio do mundo em extensão e volume de água possui 6,992 quilômetros de comprimento.