Publieditorial

Conheça as belezas de Rio Preto da Eva, no Amazonas

A cidade faz parte da Região Metropolitana de Manaus e fica a 40 minutos da capital amazonense


Mais um fim de semana chegando e você está planejando o quê fazer? Não? Que tal pegar a estrada e descobrir novos lugares?

Rio Preto da Eva
, município do Amazonas, localizado a poucos minutos de Manaus, apresenta vários pontos para curtir um bom fim de semana. 
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Segundo Anderson Sousa, prefeito de Rio Preto da Eva, a cidade que já é turística, está avançando para proporcionar uma melhor experiência a quem visitá-la.

"Rio Preto é uma cidade privilegiada, com a questão hidrográfica. Dois rios cortam o município, o rio Preto da Eva e o Rio Urubu e isso nos possibilita uma infinidade turística, como os banhos em igarapés e cachoeiras. Outras potencialidades que os rios nos proporcionam é a pesca esportiva, com hotéis ao longo do rio Urubu, por exemplo, atendendo a esse público. E estamos em uma crescente, investindo cada dia mais no turismo, consolidando o que já temos, e abrindo novas janelas para proporcionarmos uma melhor experiência a quem nos visita", disse. 
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Ao todo, são 47 cachoeiras, grutas, corredeiras e cavernas que se somam aos inúmeros balneários e pontos turísticos de Rio Preto da Eva. Para o coordenador de turismo da cidade, Ronisley Martins, as ações para fomento do turismo na região tem sido intensas.

"Dentro do segmento turístico de Rio Preto da Eva, temos alguns ramos de atuação, entre eles, o Turismo de eventos, pautado pela festa da laranja, que trás à cidade 250 mil pessoas no mês de agosto, e isso agrega valor, pois nos possibilita melhor ocupação hoteleira, e o consumo, seja de alimentação ou algum outro produto. Outras frentes que temos é o Turismo de Balneário, de Aventura, Natureza, o de Pesca Exportiva e o Rural que proporcionam um desenvolvimento econômico e social para o município", disse.

A equipe do Portal Amazônia esteve lá e traz alguns pontos turísticos que valem a pena ser visitados na terra da laranja. Ah, saindo da barreira da Polícia Estadual de Manaus, em 64 quilômetros você chegará ao portão de entrada de Rio Preto da Eva:

Balneário Municipal   
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Ao chegar em Rio Preto da Eva, passando a rotatória de entrada e o terminal rodoviário, em poucos metros o visitante se depara com o balneário municipal, um grande espaço onde são concentradas os principais eventos da cidade. O Centro de Atendimento ao Turista vai indicar, de acordo com sua necessidade, o melhor roteiro.

O balneário municipal tem alguns atrativos, entre eles, quiosques de alimentação, onde se encontram comidas típicas, como o tambaqui assado, galinha caipira, grelhados e outros.

Uma das pedidas é o restaurante LLV, com Prato feito (PF) a partir de 10 reais, e self service a partir de 15 reais. Funciona de 7 da manhã as 10 da noite. Caso queira algo especial o Lelis também prepara, basta ligar antes para ele, no (92) 994003903.   
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Outros balneários também podem ser encontrados na cidade, tanto na área rural, quanto na urbana, como é o caso do Gonzagão, que funciona diariamente, tem o acesso gratuito mas precisa consumir. Vende comidas e, caso o visitante queira algo especial, pode ligar para a Dôra, no (92) 991169408, e ver como podem se organizar para isso.

Cachoeiras   
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Na Cachoeira do Carequinha, além da queda d'Água, tem um santuário. O espaço é particular, mas os turistas podem visitar, desde que liguem antes para a Márcia ou o Gilson, no telefone (92) 992691298, e acertar tudo direitinho, como vai ser o passeio, a questão da alimentação, e o que levar. Ainda não há um valor estipulado de cobrança para entrar no sítio, mas o proprietário pede uma colaboração financeira para ajudar na manutenção.

A cachoeira do Carequinha, fica no sítio da família Reis, no ramal do Procópio, que é todo asfaltado, altura do quilômetro 113 da Rodovia AM-010, sentido Itacoatiara. Não há transporte público, então é necessário ter condução própria.  
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Além desta, no mesmo ramal tem outras cachoeiras e espaços para banho, como a Cachoeira do Cabeludo e ao final do ramal, o rio Urubu.

Mirante  
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
O Mirante pastor Severo Câmara é uma réplica do Cristo Redentor do Rio de Janeiro e compõe um dos marcos turísticos de Rio Preto da Eva. A estátua fica em um monte alto da cidade, e recebe uma iluminação especial, garantido ser visto de toda a área urbana.  
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
  Aos pés do mirante, há um complexo de lazer e alimentação que dispõe de brinquedos para as crianças, música ao vivo, lanches e pizzarias. Entre os destaques está a Pizzaria do Nicolas, que já ganhou por quatro vezes, o prêmio de melhor pizzaria de Rio Preto da Eva, lá você encontra sopas, lasanhas, yakissobas, grelhados e as massas, além do delivery que funciona até 00h, e atende no (92) 992541500.

Hospedagem
 
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
A cidade dispõe de várias opções na rede hoteleira. Entre as principais pousadas estão a Iracy, que fica na área central e tem preços a partir de R$80. Para reservar: (92)3328-1157. Outra opção é a Pousada Sereia, que também fica na área central e possui preços mais em conta. Por R$ 60 você consegue uma diária. Para reservar: (92) 991199706.

Para os hotéis, o Rios é uma boa pedida, fica em frente ao balneário municipal, e as reservas podem ser feitas pelo (92)3328-1300. Já uma outra opção é o Amazônia Golf Resort, que fica a 10 minutos antes de chegar de Rio Preto, saindo de Manaus, na AM-010, Km 64. É um hotel de luxo, com saunas, piscinas, espaço de golf, campos e diárias a partir de R$550, incluso café, almoço e jantar, para 2 adultos e uma criança de até 12 anos.  
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Para um passeio mais completo, como rota turística, o Balneário e Hostel 3 irmãos pode ser uma boa opção. Lá o turista desfruta de um local para hospedagem a partir de 40 reais a pernoite, e comidas caseiras a la carte com preços especiais. Se você preferir, o balneário fica na Comunidade Água Branca, Km 11. Ligue no (92) 993407959 que a Luciana te dará mais informações.

Cafés Regionais  
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Uma das grandes atrações de Rio Preto da Eva são, sem dúvida, os cafés regionais. O café da Priscila oferece uma ótima gama de delicias da culinária amazônica. Podemos encontrar farinha de tapioca, beiju, pé-de-moleque, bolos de macaxeira, fubá, pupunha, pamonhas, farofas, doces de leite e as tapiocas, com recheios que vão desde manteiga à tucumã, banana e queijo coalho.

Os preços também são variados, a partir de R$ 6 você pode degustar uma tapioca grande e dividir, com pelo menos, mais outra pessoa. O funcionamento é de 5h30 às 20h, todos os dias, e fica na rua Um, próximo à rodovia AM-010, bem no centro da cidade.

Outros cafés também são atrações na cidade como o da Andreia, que fica na entrada da cidade, e o da tia Maria, que são ótimos na qualidade e no atendimento.

Rio Preto da Eva

O município tem 36 anos de emancipado. Possui uma população de 32 mil habitantes. É reconhecido como terra da laranja, pelos grandes laranjais que possui, além de ser um grande atrativo para a pesca esportiva, o município é o mais próximo de Manaus e recebe entre 10 e 20 mil pessoas todos os finais de semana.  
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Segundo moradores, o nome da cidade veio em consequência das águas pretas do rio que corta a cidade e deságua no Paraná da Eva.

Para quem quiser visitar a cidade, saindo de Manaus há linhas de ônibus intermunicipais das empresas Aruanã e Eucatur, durante o dia todo, com intervalo médio de 1 hora entre as partidas. A passagem custa R$ 15,75.

Uma opção mais em conta, é o transporte urbano. A tarifa de R$ 3,80 pode ser paga no ônibus da linha 430 – Colônia Japonesa/Terminal 1, e o desembarque feito no quilômetro 49 da AM 010, de lá os passageiros tem a opção da linha “Tubarão” que, por R$ 3,50 completa o itinerário até a rodoviária de Rio Preto da Eva. E uma última opção são os táxis lotação, que cobram em média R$25 saindo da Rodoviária de Manaus. 
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
O acesso à cidade é feito pela rodovia AM 010 que liga Manaus à Itacoatiara.

A cidade tem cobertura da operadoras TIM, Claro, Oi e Vivo, esta última com o melhor sinal para uso de internet. 
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 

Publieditorial

Home > Publieditorial > null

Conheça as belezas de Rio Preto da Eva, no Amazonas

A cidade faz parte da Região Metropolitana de Manaus e fica a 40 minutos da capital amazonense

William Costa

william.costa@portalamazonia.com


Mais um fim de semana chegando e você está planejando o quê fazer? Não? Que tal pegar a estrada e descobrir novos lugares?

Rio Preto da Eva
, município do Amazonas, localizado a poucos minutos de Manaus, apresenta vários pontos para curtir um bom fim de semana. 
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Segundo Anderson Sousa, prefeito de Rio Preto da Eva, a cidade que já é turística, está avançando para proporcionar uma melhor experiência a quem visitá-la.

"Rio Preto é uma cidade privilegiada, com a questão hidrográfica. Dois rios cortam o município, o rio Preto da Eva e o Rio Urubu e isso nos possibilita uma infinidade turística, como os banhos em igarapés e cachoeiras. Outras potencialidades que os rios nos proporcionam é a pesca esportiva, com hotéis ao longo do rio Urubu, por exemplo, atendendo a esse público. E estamos em uma crescente, investindo cada dia mais no turismo, consolidando o que já temos, e abrindo novas janelas para proporcionarmos uma melhor experiência a quem nos visita", disse. 
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Ao todo, são 47 cachoeiras, grutas, corredeiras e cavernas que se somam aos inúmeros balneários e pontos turísticos de Rio Preto da Eva. Para o coordenador de turismo da cidade, Ronisley Martins, as ações para fomento do turismo na região tem sido intensas.

"Dentro do segmento turístico de Rio Preto da Eva, temos alguns ramos de atuação, entre eles, o Turismo de eventos, pautado pela festa da laranja, que trás à cidade 250 mil pessoas no mês de agosto, e isso agrega valor, pois nos possibilita melhor ocupação hoteleira, e o consumo, seja de alimentação ou algum outro produto. Outras frentes que temos é o Turismo de Balneário, de Aventura, Natureza, o de Pesca Exportiva e o Rural que proporcionam um desenvolvimento econômico e social para o município", disse.

A equipe do Portal Amazônia esteve lá e traz alguns pontos turísticos que valem a pena ser visitados na terra da laranja. Ah, saindo da barreira da Polícia Estadual de Manaus, em 64 quilômetros você chegará ao portão de entrada de Rio Preto da Eva:

Balneário Municipal   
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Ao chegar em Rio Preto da Eva, passando a rotatória de entrada e o terminal rodoviário, em poucos metros o visitante se depara com o balneário municipal, um grande espaço onde são concentradas os principais eventos da cidade. O Centro de Atendimento ao Turista vai indicar, de acordo com sua necessidade, o melhor roteiro.

O balneário municipal tem alguns atrativos, entre eles, quiosques de alimentação, onde se encontram comidas típicas, como o tambaqui assado, galinha caipira, grelhados e outros.

Uma das pedidas é o restaurante LLV, com Prato feito (PF) a partir de 10 reais, e self service a partir de 15 reais. Funciona de 7 da manhã as 10 da noite. Caso queira algo especial o Lelis também prepara, basta ligar antes para ele, no (92) 994003903.   
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Outros balneários também podem ser encontrados na cidade, tanto na área rural, quanto na urbana, como é o caso do Gonzagão, que funciona diariamente, tem o acesso gratuito mas precisa consumir. Vende comidas e, caso o visitante queira algo especial, pode ligar para a Dôra, no (92) 991169408, e ver como podem se organizar para isso.

Cachoeiras   
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Na Cachoeira do Carequinha, além da queda d'Água, tem um santuário. O espaço é particular, mas os turistas podem visitar, desde que liguem antes para a Márcia ou o Gilson, no telefone (92) 992691298, e acertar tudo direitinho, como vai ser o passeio, a questão da alimentação, e o que levar. Ainda não há um valor estipulado de cobrança para entrar no sítio, mas o proprietário pede uma colaboração financeira para ajudar na manutenção.

A cachoeira do Carequinha, fica no sítio da família Reis, no ramal do Procópio, que é todo asfaltado, altura do quilômetro 113 da Rodovia AM-010, sentido Itacoatiara. Não há transporte público, então é necessário ter condução própria.  
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Além desta, no mesmo ramal tem outras cachoeiras e espaços para banho, como a Cachoeira do Cabeludo e ao final do ramal, o rio Urubu.

Mirante  
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
O Mirante pastor Severo Câmara é uma réplica do Cristo Redentor do Rio de Janeiro e compõe um dos marcos turísticos de Rio Preto da Eva. A estátua fica em um monte alto da cidade, e recebe uma iluminação especial, garantido ser visto de toda a área urbana.  
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
  Aos pés do mirante, há um complexo de lazer e alimentação que dispõe de brinquedos para as crianças, música ao vivo, lanches e pizzarias. Entre os destaques está a Pizzaria do Nicolas, que já ganhou por quatro vezes, o prêmio de melhor pizzaria de Rio Preto da Eva, lá você encontra sopas, lasanhas, yakissobas, grelhados e as massas, além do delivery que funciona até 00h, e atende no (92) 992541500.

Hospedagem
 
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
A cidade dispõe de várias opções na rede hoteleira. Entre as principais pousadas estão a Iracy, que fica na área central e tem preços a partir de R$80. Para reservar: (92)3328-1157. Outra opção é a Pousada Sereia, que também fica na área central e possui preços mais em conta. Por R$ 60 você consegue uma diária. Para reservar: (92) 991199706.

Para os hotéis, o Rios é uma boa pedida, fica em frente ao balneário municipal, e as reservas podem ser feitas pelo (92)3328-1300. Já uma outra opção é o Amazônia Golf Resort, que fica a 10 minutos antes de chegar de Rio Preto, saindo de Manaus, na AM-010, Km 64. É um hotel de luxo, com saunas, piscinas, espaço de golf, campos e diárias a partir de R$550, incluso café, almoço e jantar, para 2 adultos e uma criança de até 12 anos.  
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Para um passeio mais completo, como rota turística, o Balneário e Hostel 3 irmãos pode ser uma boa opção. Lá o turista desfruta de um local para hospedagem a partir de 40 reais a pernoite, e comidas caseiras a la carte com preços especiais. Se você preferir, o balneário fica na Comunidade Água Branca, Km 11. Ligue no (92) 993407959 que a Luciana te dará mais informações.

Cafés Regionais  
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Uma das grandes atrações de Rio Preto da Eva são, sem dúvida, os cafés regionais. O café da Priscila oferece uma ótima gama de delicias da culinária amazônica. Podemos encontrar farinha de tapioca, beiju, pé-de-moleque, bolos de macaxeira, fubá, pupunha, pamonhas, farofas, doces de leite e as tapiocas, com recheios que vão desde manteiga à tucumã, banana e queijo coalho.

Os preços também são variados, a partir de R$ 6 você pode degustar uma tapioca grande e dividir, com pelo menos, mais outra pessoa. O funcionamento é de 5h30 às 20h, todos os dias, e fica na rua Um, próximo à rodovia AM-010, bem no centro da cidade.

Outros cafés também são atrações na cidade como o da Andreia, que fica na entrada da cidade, e o da tia Maria, que são ótimos na qualidade e no atendimento.

Rio Preto da Eva

O município tem 36 anos de emancipado. Possui uma população de 32 mil habitantes. É reconhecido como terra da laranja, pelos grandes laranjais que possui, além de ser um grande atrativo para a pesca esportiva, o município é o mais próximo de Manaus e recebe entre 10 e 20 mil pessoas todos os finais de semana.  
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
Segundo moradores, o nome da cidade veio em consequência das águas pretas do rio que corta a cidade e deságua no Paraná da Eva.

Para quem quiser visitar a cidade, saindo de Manaus há linhas de ônibus intermunicipais das empresas Aruanã e Eucatur, durante o dia todo, com intervalo médio de 1 hora entre as partidas. A passagem custa R$ 15,75.

Uma opção mais em conta, é o transporte urbano. A tarifa de R$ 3,80 pode ser paga no ônibus da linha 430 – Colônia Japonesa/Terminal 1, e o desembarque feito no quilômetro 49 da AM 010, de lá os passageiros tem a opção da linha “Tubarão” que, por R$ 3,50 completa o itinerário até a rodoviária de Rio Preto da Eva. E uma última opção são os táxis lotação, que cobram em média R$25 saindo da Rodoviária de Manaus. 
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 
O acesso à cidade é feito pela rodovia AM 010 que liga Manaus à Itacoatiara.

A cidade tem cobertura da operadoras TIM, Claro, Oi e Vivo, esta última com o melhor sinal para uso de internet. 
 
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 

TAG publieditorialRio Preto da Eva