Publicidade

Luciano Nogueira

Desfile apresenta as ‘novas caras’ amazonenses

Deficientes e pessoas com síndrome de Down foram as estrelas do do evento intitulado Amazonas Fashion Down


A moda inclusiva no Amazonas deu um salto, no último sábado (25), com a realização do primeiro Amazonas Fashion Down – desfile que levou mais de 50 crianças e jovens deficientes ou com síndrome de Down para a passarela do Sumaúma Park Shopping (zona Norte de Manaus).

 

Cheios de atitude, as fresh faces puderam contar com o apoio de familiares, amigos e clientes do shopping, que aplaudiam e se emocionavam com cada um que aparecia para desfilar. Dentre os convidados que marcaram presença no evento, o modelo de carreira internacional José Falcone foi um dos que interagiu com os jovens na passarela.

 

A inciativa de realizar o evento partiu do cantor Breno Marx, que há mais de 20 anos trabalha com ações sociais. “Contamos com ajuda de muitos parceiros, todos voluntários. O local, o palco, iluminação, som, roupas, maquiagem, cabelo, até a presença de modelos profissionais, tudo, só foi possível porque unimos as forças e acreditamos no projeto. Logo, o resultado foi melhor que o esperado!”, comemora Breno.

 

Casal de modelos em estreia na passarela. Foto: Divulgação

José Falcone acompanha modelo na passarela. Foto: Divulgação

Breno Marx, idealizador do projeto. Foto: Divulgação

 

Amanda Serrão, mãe de Ana Luísa (24), conta como foi a experiência. “É a primeira vez que ela participa de um desfile e é uma emoção indescritível! Sem falar que esta iniciativa é uma troca de experiências também entre os pais de jovens com a síndrome, porque nós temos a oportunidade de conhecer a história do outro, a realidade de outro, as superações, as alegrias e também, as dores. E muita emoção”, disse.

 

Para a modelo Ana Luísa, o momento foi de empoderamento. Ela, que escolheu um look fashionista, com pegada rock’n’roll, e pousava para fotos com total desenvoltura. “Esse é meu estilo, estou muito à vontade e feliz por encontrar meus amigos e fazer o que mais gosto, que é desfilar”, disse em entrevista.

 

Amanda Serrão e a filha, Ana Luísa. Foto: Divulgação

Primeiro passo

 

“O Fashion Down iniciou muito tímido, dentro de uma sala de aula, e quando o anunciamos aos pais e amigos a proposta foi ganhando força! Recebemos muitas inscrições e, para que todos possam participar, vamos fazer até o final do ano a segunda edição”, adianta o idealizador do evento, Breno Marx.

 

Na noite do desfile, ele ainda aproveitou para anunciar a criação do Instituto Amazonense de Inclusão (IAI), cujo trabalho será focado na inclusão social de pessoas com deficiência. O Fila A vai cobrar essa promessa, tá?

 

Modelo na passarela do Amazonas Fashion Down. Foto: Divulgação

 

Modelo na passarela do Amazonas Fashion Down. Foto: Divulgação

 

 

     

Luciano Nogueira

Home > Opiniao > Luciano-nogueira

Desfile apresenta as ‘novas caras’ amazonenses

Deficientes e pessoas com síndrome de Down foram as estrelas do do evento intitulado Amazonas Fashion Down

Luciano Nogueira

lucianodasilvanogueira@gmail.com


A moda inclusiva no Amazonas deu um salto, no último sábado (25), com a realização do primeiro Amazonas Fashion Down – desfile que levou mais de 50 crianças e jovens deficientes ou com síndrome de Down para a passarela do Sumaúma Park Shopping (zona Norte de Manaus).

 

Cheios de atitude, as fresh faces puderam contar com o apoio de familiares, amigos e clientes do shopping, que aplaudiam e se emocionavam com cada um que aparecia para desfilar. Dentre os convidados que marcaram presença no evento, o modelo de carreira internacional José Falcone foi um dos que interagiu com os jovens na passarela.

 

A inciativa de realizar o evento partiu do cantor Breno Marx, que há mais de 20 anos trabalha com ações sociais. “Contamos com ajuda de muitos parceiros, todos voluntários. O local, o palco, iluminação, som, roupas, maquiagem, cabelo, até a presença de modelos profissionais, tudo, só foi possível porque unimos as forças e acreditamos no projeto. Logo, o resultado foi melhor que o esperado!”, comemora Breno.

 

Casal de modelos em estreia na passarela. Foto: Divulgação

José Falcone acompanha modelo na passarela. Foto: Divulgação

Breno Marx, idealizador do projeto. Foto: Divulgação

 

Amanda Serrão, mãe de Ana Luísa (24), conta como foi a experiência. “É a primeira vez que ela participa de um desfile e é uma emoção indescritível! Sem falar que esta iniciativa é uma troca de experiências também entre os pais de jovens com a síndrome, porque nós temos a oportunidade de conhecer a história do outro, a realidade de outro, as superações, as alegrias e também, as dores. E muita emoção”, disse.

 

Para a modelo Ana Luísa, o momento foi de empoderamento. Ela, que escolheu um look fashionista, com pegada rock’n’roll, e pousava para fotos com total desenvoltura. “Esse é meu estilo, estou muito à vontade e feliz por encontrar meus amigos e fazer o que mais gosto, que é desfilar”, disse em entrevista.

 

Amanda Serrão e a filha, Ana Luísa. Foto: Divulgação

Primeiro passo

 

“O Fashion Down iniciou muito tímido, dentro de uma sala de aula, e quando o anunciamos aos pais e amigos a proposta foi ganhando força! Recebemos muitas inscrições e, para que todos possam participar, vamos fazer até o final do ano a segunda edição”, adianta o idealizador do evento, Breno Marx.

 

Na noite do desfile, ele ainda aproveitou para anunciar a criação do Instituto Amazonense de Inclusão (IAI), cujo trabalho será focado na inclusão social de pessoas com deficiência. O Fila A vai cobrar essa promessa, tá?

 

Modelo na passarela do Amazonas Fashion Down. Foto: Divulgação

 

Modelo na passarela do Amazonas Fashion Down. Foto: Divulgação

 

 

     

TAG moda inclusivadesfileLuciano Nogueiraartigo