Publicidade

Dan Holanda

Home > Opiniao > Dan-holanda
Dan Holanda

E o amor? Ah! O amor é uma decisão!

“É uma decisão de cada consciência e você pode decidir agora, caso deseje, começar a deixar essa vibração de escassez, de materialismo, de inconsciência”


Chegou o Natal! E nesse período tudo parece se iluminar, as relações interpessoais tendem a ficar mais leves e parece que fica mais fácil acessar nossos melhores sentimentos.

E, exatamente por conta desse movimento de melhoramento coletivo, a psicosfera terrestre modifica-se. Então o planeta, impulsionado por nossos melhores sentimentos e pensamentos, experimenta uma elevação vibracional. 

Esse é o momento que acontece a grande magia do Natal. O momento quando embalados por essa grande onda vibracional,  mais e mais pessoas, mais e mais consciências vão sendo contagiadas e começam a sentir a energia Crística impulsionar seus corações.  Normalmente, os sentimentos afloram e temos o impulso de estar com os nossos seres amados, de dizer o quanto são importantes, de resolvermos pendências. Não é assim?
 
 
Foto: Pixabay
 
Mas se nos abrirmos a essa onda energética e realmente nos conectarmos a ela vamos perceber que iremos além das conexões com nossos seres queridos e começaremos a nos conectar com pessoas mais distantes através do despertar de algo chamado compaixão.

E o que seria compaixão? Compaixão é piedade? Compaixão é pena? Eu afirmo que não! E, de forma muito simples, eu digo que compaixão é o amor em movimento.

Se você se conecta a dor, ao sofrimento ou a situação de escassez do outro por pena, você na verdade, de forma inconsciente, está se sentindo superior ao outro e na posição de: “Ah! Tá bom! Vou te ajudar porque eu posso e sou bom.”

A compaixão só acontece quando a dor do outro dói em você por um breve momento. Nesse momento você acessa a empatia e se conecta com aquela situação. É quando, de alguma forma, você sente que você e o outro, apesar de tão diferentes, são profundamente iguais em essência. Pronto! Foi feita a ligação! Foi acionado o botão que convoca a compaixão!

No momento seguinte você recebe o impulso de fazer algo que possa aliviar o sofrimento do outro e, se você atende a esse impulso, desperta invariavelmente a compaixão. É como já disse: “A compaixão é o amor em movimento”

E o amor? Ah! O amor é uma decisão meus queridos! 

É uma decisão de cada consciência e você pode decidir agora, caso deseje, começar a deixar essa vibração de escassez, de materialismo, de inconsciência.

E você pode DECIDIR estar cada vez mais conectado com a energia do amor. 

Você pode DECIDIR olhar-se por dentro e buscar essa energia amorosa e curativa.

Você pode DECIDIR expandir sua consciência para que ela recebe esse influxo energético sagrado chamado amor.
 
 
Foto: Pixabay
 
No mais, meus queridos e minhas queridas;

Que o Amor nos desperte!

Que o Amor nos cure!

Que o Amor nos guie!

Que o Amor nos ilumine!

Prema!!

Ah! Para quem não sabe, Prema é uma palavra em sânscrito que significa Amor divino. Então.... Prema!!!!!      

E o amor? Ah! O amor é uma decisão!

“É uma decisão de cada consciência e você pode decidir agora, caso deseje, começar a deixar essa vibração de escassez, de materialismo, de inconsciência”

Dan Holanda

daniel_holanda@hotmail.com


Chegou o Natal! E nesse período tudo parece se iluminar, as relações interpessoais tendem a ficar mais leves e parece que fica mais fácil acessar nossos melhores sentimentos.

E, exatamente por conta desse movimento de melhoramento coletivo, a psicosfera terrestre modifica-se. Então o planeta, impulsionado por nossos melhores sentimentos e pensamentos, experimenta uma elevação vibracional. 

Esse é o momento que acontece a grande magia do Natal. O momento quando embalados por essa grande onda vibracional,  mais e mais pessoas, mais e mais consciências vão sendo contagiadas e começam a sentir a energia Crística impulsionar seus corações.  Normalmente, os sentimentos afloram e temos o impulso de estar com os nossos seres amados, de dizer o quanto são importantes, de resolvermos pendências. Não é assim?
 
 
Foto: Pixabay
 
Mas se nos abrirmos a essa onda energética e realmente nos conectarmos a ela vamos perceber que iremos além das conexões com nossos seres queridos e começaremos a nos conectar com pessoas mais distantes através do despertar de algo chamado compaixão.

E o que seria compaixão? Compaixão é piedade? Compaixão é pena? Eu afirmo que não! E, de forma muito simples, eu digo que compaixão é o amor em movimento.

Se você se conecta a dor, ao sofrimento ou a situação de escassez do outro por pena, você na verdade, de forma inconsciente, está se sentindo superior ao outro e na posição de: “Ah! Tá bom! Vou te ajudar porque eu posso e sou bom.”

A compaixão só acontece quando a dor do outro dói em você por um breve momento. Nesse momento você acessa a empatia e se conecta com aquela situação. É quando, de alguma forma, você sente que você e o outro, apesar de tão diferentes, são profundamente iguais em essência. Pronto! Foi feita a ligação! Foi acionado o botão que convoca a compaixão!

No momento seguinte você recebe o impulso de fazer algo que possa aliviar o sofrimento do outro e, se você atende a esse impulso, desperta invariavelmente a compaixão. É como já disse: “A compaixão é o amor em movimento”

E o amor? Ah! O amor é uma decisão meus queridos! 

É uma decisão de cada consciência e você pode decidir agora, caso deseje, começar a deixar essa vibração de escassez, de materialismo, de inconsciência.

E você pode DECIDIR estar cada vez mais conectado com a energia do amor. 

Você pode DECIDIR olhar-se por dentro e buscar essa energia amorosa e curativa.

Você pode DECIDIR expandir sua consciência para que ela recebe esse influxo energético sagrado chamado amor.
 
 
Foto: Pixabay
 
No mais, meus queridos e minhas queridas;

Que o Amor nos desperte!

Que o Amor nos cure!

Que o Amor nos guie!

Que o Amor nos ilumine!

Prema!!

Ah! Para quem não sabe, Prema é uma palavra em sânscrito que significa Amor divino. Então.... Prema!!!!!      

TAG A lei do amoramornovo amorDan Holandaautoconhecimentoartigo