Publicidade

André Torbey

Home > Opiniao > Andre-torbey
André Torbey

Quais são as habilidades de um empreendedor de sucesso?

“Algumas habilidade, se aprimoradas, podem pavimentar um caminho mais promissor para quem quer empreender”

André Torbey

torbey.andre@gmail.com


É comum encontrarmos na internet inúmeras postagens sobre as habilidades ou aptidões necessárias para se tornar um empreendedor de sucesso. Encontramos também relatos e entrevistas com as maiores personalidades no ramo. 

 

Eu acredito que, sim, algumas habilidades serão as pedras angulares na conquista e crescimento de qualquer negócio. Não como uma equação exata. É possível desenvolver características positivas e ainda assim não ter um resultado condizente com a expectativa. 

 

Afinal de contas, existem inúmeras situações que podem influenciar um empreendimento e mesmo com as melhores habilidades não estamos isentos ou imundos ao que acontece ao nosso redor. 

 

Mas, gostaria de comentar algumas habilidade que, se aprimoradas, podem pavimentar um caminho mais promissor para quem quer empreender. 

 

1) Resiliência: não tem como falar de empreendedorismo e não lembrar de resiliência. A habilidade de apanhar e ainda assim continuar lutando (parafraseando o Rocky Balboa). Cenários adversos, situação econômica ruim, crise, alta carga tributária, concorrência desleal e muitos outros fatores podem atacar diretamente o seu negócio. Ter a capacidade de aguentar o tranco nas horas mais complicadas pode ser um fator chave para desenvolver um negócio lucrativo e promissor ao longo do tempo. Dizem que quanto mais apanhamos, mais podemos aprender. Talvez essa seja a máxima da resiliência. 

 

2) Criatividade: um dos significados de criatividade está relacionado a resolução de problemas. Realmente, essa é uma habilidade que se bem desenvolvida permite encontrar alternativas interessantes em qualquer âmbito. E, para qualquer negócio, ter um foco em solução de problemas permite, não apenas conquistar mercados, bem como mitigar riscos e expandir o negócio. A necessidade também é a mãe da criatividade e em momentos de grande pressão ela tende a se potencializar. Esse pode ser um caminho a ser desenvolvido para empreender. 

 

3) Paciência: para alguns é uma virtude, outros consideram uma habilidade. Somada à resiliência, pode criar uma máquina que aguenta o tranco e sabe esperar a hora certa para ver o resultado. Interessante avaliar que paciência não é inércia. Não é ficar esperando um milagre sem fazer nada. É saber que todo negócio tem sua fase de adaptação e consolidação e nem sempre isso significa ter alto retorno imediato. Saber alinhar as expectativas com o tempo se torno algo essencial para todo empreender. 

 

Que outras habilidades você considera essenciais ao empreender? 

 

Esse é o jeito baré de empreender.

 


Quais são as habilidades de um empreendedor de sucesso?

“Algumas habilidade, se aprimoradas, podem pavimentar um caminho mais promissor para quem quer empreender”

André Torbey

torbey.andre@gmail.com


É comum encontrarmos na internet inúmeras postagens sobre as habilidades ou aptidões necessárias para se tornar um empreendedor de sucesso. Encontramos também relatos e entrevistas com as maiores personalidades no ramo. 

 

Eu acredito que, sim, algumas habilidades serão as pedras angulares na conquista e crescimento de qualquer negócio. Não como uma equação exata. É possível desenvolver características positivas e ainda assim não ter um resultado condizente com a expectativa. 

 

Afinal de contas, existem inúmeras situações que podem influenciar um empreendimento e mesmo com as melhores habilidades não estamos isentos ou imundos ao que acontece ao nosso redor. 

 

Mas, gostaria de comentar algumas habilidade que, se aprimoradas, podem pavimentar um caminho mais promissor para quem quer empreender. 

 

1) Resiliência: não tem como falar de empreendedorismo e não lembrar de resiliência. A habilidade de apanhar e ainda assim continuar lutando (parafraseando o Rocky Balboa). Cenários adversos, situação econômica ruim, crise, alta carga tributária, concorrência desleal e muitos outros fatores podem atacar diretamente o seu negócio. Ter a capacidade de aguentar o tranco nas horas mais complicadas pode ser um fator chave para desenvolver um negócio lucrativo e promissor ao longo do tempo. Dizem que quanto mais apanhamos, mais podemos aprender. Talvez essa seja a máxima da resiliência. 

 

2) Criatividade: um dos significados de criatividade está relacionado a resolução de problemas. Realmente, essa é uma habilidade que se bem desenvolvida permite encontrar alternativas interessantes em qualquer âmbito. E, para qualquer negócio, ter um foco em solução de problemas permite, não apenas conquistar mercados, bem como mitigar riscos e expandir o negócio. A necessidade também é a mãe da criatividade e em momentos de grande pressão ela tende a se potencializar. Esse pode ser um caminho a ser desenvolvido para empreender. 

 

3) Paciência: para alguns é uma virtude, outros consideram uma habilidade. Somada à resiliência, pode criar uma máquina que aguenta o tranco e sabe esperar a hora certa para ver o resultado. Interessante avaliar que paciência não é inércia. Não é ficar esperando um milagre sem fazer nada. É saber que todo negócio tem sua fase de adaptação e consolidação e nem sempre isso significa ter alto retorno imediato. Saber alinhar as expectativas com o tempo se torno algo essencial para todo empreender. 

 

Que outras habilidades você considera essenciais ao empreender? 

 

Esse é o jeito baré de empreender.

 

TAG dicas para empreenderEmpreendedorismoo jeito bare de empreender