Economia

Varejo de Manaus ensaia lenta recuperação

Uma pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus, apontou um aumento no índice de vendas para o Dia dos Pais

Cíntia Valadares

jornalismo@portalamazonia.com


 

 


Dia dos Pais
chegando e muitos filhos já começam a pensar no que dar de presente para o paizão. E com a data se aproximando o comércio de Manaus já começa a prospectar um aumento nas vendas. Não chega a ser uma data de vendas tão importante como Natal e Dia das Mães, mas é uma data que ainda assim movimenta bastante o comércio.

Uma pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus), apontou um aumento no índice de vendas para o Dia dos Pais, neste ano dia 13 de agosto. Segundo a pesquisa, o comércio deve apresentar um crescimento de 1,65% nas vendas, em relação ao ano de 2016. A pesquisa revelou ainda que a população deverá ter um gasto médio de R$ 80, na compra do presente do papai, e que a receita bruta dos lojistas está estimada em R$ 73,3 milhões.

De acordo com o presidente da Associação do Comércio do Amazonas (ACA), Ataliba Filho, o setor, como um todo, deve se manter estável na data. "As lojas setoriais podem ter uma expectativa melhor justamente porque têm produtos específicos para o público masculino. Porém, como um todo, o comércio no Dia dos Pais não terá reflexo significativo como no Dia das Mães e no Natal", destacou.

 

 

Foto: Reprodução/Fecomércio 

 


A pesquisa apontou que os filhos e demais consumidores vão comprar para presentear seus pais. No topo da lista estão os itens de vestuário (25,3%), seguido de calçados (21,7%), perfumes (11%), aparelho celular (10,4%) e joias e relógios (9,4%). Os cinco itens também foram os pais citados na pesquisa do Dia dos Pais do ano passado.

E mesmo com a crise a porta, os filhos estão empenhados em agradar os pais, o jogador de futebol, Elton Inácio, 30, é um desses filhos, mesmo com a grana curta, ele afirma que nada mudou na hora de escolher o presente do pai.

"Esse ano vou gastar algo em torno de cem reais, geralmente, esse é o gasto que tenho na data, esse ano eu ainda não decidi qual vai ser o presente, mas é certo que meu pai vai sim receber um presente no Dia dos Pais, e se o presente for um pouco mais caro, não importa, o importante é a data não passar em branco", comentou Inácio.

Mas os pais, também foram ouvidos na pesquisa, e responderam aos questionamentos dizendo o que desejam ganhar no próximo dia 13 de agosto: 20,2% disseram que pretendem ganhar vestuário; 10,2% pretendem ganhar celular; 9,0% pretendem ganhar calçados/cinto/porta cédulas; 8,8% pretendem ganhar joias e relógios; e 8,5% pretendem ganhar viagem.

De acordo com Paula Rafaela, vendedora da loja Boticário, do Shopping Ponta Negra, apesar dos homens não consumirem tantos cosméticos como as mulheres, no Dia dos Pais, as mulheres, fazem questão de presentea-los com os produtos de beleza. "Não temos uma previsão numérica de índice de vendas, mas a nossa expectativa é que, este ano, as vendas superem as do ano passado, quedevido à crise, o resultado foi insatisfatório. Este ano apesar da crise ainda estar rondando o comércio nós acreditamos que seja melhor que 2016".

Locais de compra

E na hora de escolher o local para fazer as compras, 42,8% dos amazonenses disseram que vão realizar suas compras no Centro de Manaus, 27,1% dos entrevistados informaram que irão realizar a compra nos shoppings da capital, 22,8% devem comprar nas lojas dos bairros em que residem, já 1,3% optaram em fazer compras em lojas virtuais.

Segundo a CDL Manaus, os dados demonstram que o comércio tradicional da cidade, ainda é muito forte, e detém a preferência da maioria dos consumidores de Manaus. Fica evidente, também, o papel dos Shoppings que vem evoluindo como centro comercial dinâmico e, ainda, a participação dos comércios de bairros que é uma boa opção, também, para os consumidores.

 


E na hora de pagar, 58% dos entrevistados disseram que irão pagar o presente com dinheiro, 40,59% vão utilizar o cartão de débito, 30,49% o cartão de crédito, 30,25% optaram pelo cartão das lojas, 19,25% no crediário ou carnê e 13,50% não sabem como vão pagar suas compras.

Compradores

A pesquisa apresenta, também, que as mulheres estão mais dispostas a presentear seus pais. O número das que vão participar nas aquisições para este dia corresponde a 59,46%. Já os homens do total dos entrevistados somente 53,98% pretendem presentear seus pais.

Quanto à renda familiar destes consumidores a pesquisa da CDL Manaus apresenta que 24,5% tem renda entre R$ 1.1 mil a R$ 1.3 mil; 28,1% tem renda entre R% 1.3 mil a R$ 2.5 mil; e 13,8% tem renda entre R$ 2.5 mil a R$ 3 mil.

Dos entrevistados quanto sua intenção de presentear alguém neste Dia dos Pais, 62,6% disseram que vão presentear o pai, 18,8% esposo, 3,5% filho, 3,0% a mãe e 2,5% avô.


Economia

Varejo de Manaus ensaia lenta recuperação

Uma pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus, apontou um aumento no índice de vendas para o Dia dos Pais

Cíntia Valadares

jornalismo@portalamazonia.com


 

 


Dia dos Pais
chegando e muitos filhos já começam a pensar no que dar de presente para o paizão. E com a data se aproximando o comércio de Manaus já começa a prospectar um aumento nas vendas. Não chega a ser uma data de vendas tão importante como Natal e Dia das Mães, mas é uma data que ainda assim movimenta bastante o comércio.

Uma pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus), apontou um aumento no índice de vendas para o Dia dos Pais, neste ano dia 13 de agosto. Segundo a pesquisa, o comércio deve apresentar um crescimento de 1,65% nas vendas, em relação ao ano de 2016. A pesquisa revelou ainda que a população deverá ter um gasto médio de R$ 80, na compra do presente do papai, e que a receita bruta dos lojistas está estimada em R$ 73,3 milhões.

De acordo com o presidente da Associação do Comércio do Amazonas (ACA), Ataliba Filho, o setor, como um todo, deve se manter estável na data. "As lojas setoriais podem ter uma expectativa melhor justamente porque têm produtos específicos para o público masculino. Porém, como um todo, o comércio no Dia dos Pais não terá reflexo significativo como no Dia das Mães e no Natal", destacou.

 

 

Foto: Reprodução/Fecomércio 

 


A pesquisa apontou que os filhos e demais consumidores vão comprar para presentear seus pais. No topo da lista estão os itens de vestuário (25,3%), seguido de calçados (21,7%), perfumes (11%), aparelho celular (10,4%) e joias e relógios (9,4%). Os cinco itens também foram os pais citados na pesquisa do Dia dos Pais do ano passado.

E mesmo com a crise a porta, os filhos estão empenhados em agradar os pais, o jogador de futebol, Elton Inácio, 30, é um desses filhos, mesmo com a grana curta, ele afirma que nada mudou na hora de escolher o presente do pai.

"Esse ano vou gastar algo em torno de cem reais, geralmente, esse é o gasto que tenho na data, esse ano eu ainda não decidi qual vai ser o presente, mas é certo que meu pai vai sim receber um presente no Dia dos Pais, e se o presente for um pouco mais caro, não importa, o importante é a data não passar em branco", comentou Inácio.

Mas os pais, também foram ouvidos na pesquisa, e responderam aos questionamentos dizendo o que desejam ganhar no próximo dia 13 de agosto: 20,2% disseram que pretendem ganhar vestuário; 10,2% pretendem ganhar celular; 9,0% pretendem ganhar calçados/cinto/porta cédulas; 8,8% pretendem ganhar joias e relógios; e 8,5% pretendem ganhar viagem.

De acordo com Paula Rafaela, vendedora da loja Boticário, do Shopping Ponta Negra, apesar dos homens não consumirem tantos cosméticos como as mulheres, no Dia dos Pais, as mulheres, fazem questão de presentea-los com os produtos de beleza. "Não temos uma previsão numérica de índice de vendas, mas a nossa expectativa é que, este ano, as vendas superem as do ano passado, quedevido à crise, o resultado foi insatisfatório. Este ano apesar da crise ainda estar rondando o comércio nós acreditamos que seja melhor que 2016".

Locais de compra

E na hora de escolher o local para fazer as compras, 42,8% dos amazonenses disseram que vão realizar suas compras no Centro de Manaus, 27,1% dos entrevistados informaram que irão realizar a compra nos shoppings da capital, 22,8% devem comprar nas lojas dos bairros em que residem, já 1,3% optaram em fazer compras em lojas virtuais.

Segundo a CDL Manaus, os dados demonstram que o comércio tradicional da cidade, ainda é muito forte, e detém a preferência da maioria dos consumidores de Manaus. Fica evidente, também, o papel dos Shoppings que vem evoluindo como centro comercial dinâmico e, ainda, a participação dos comércios de bairros que é uma boa opção, também, para os consumidores.

 


E na hora de pagar, 58% dos entrevistados disseram que irão pagar o presente com dinheiro, 40,59% vão utilizar o cartão de débito, 30,49% o cartão de crédito, 30,25% optaram pelo cartão das lojas, 19,25% no crediário ou carnê e 13,50% não sabem como vão pagar suas compras.

Compradores

A pesquisa apresenta, também, que as mulheres estão mais dispostas a presentear seus pais. O número das que vão participar nas aquisições para este dia corresponde a 59,46%. Já os homens do total dos entrevistados somente 53,98% pretendem presentear seus pais.

Quanto à renda familiar destes consumidores a pesquisa da CDL Manaus apresenta que 24,5% tem renda entre R$ 1.1 mil a R$ 1.3 mil; 28,1% tem renda entre R% 1.3 mil a R$ 2.5 mil; e 13,8% tem renda entre R$ 2.5 mil a R$ 3 mil.

Dos entrevistados quanto sua intenção de presentear alguém neste Dia dos Pais, 62,6% disseram que vão presentear o pai, 18,8% esposo, 3,5% filho, 3,0% a mãe e 2,5% avô.

TAG ManausAmazonasvendas