Ciência e Tecnologia

UEA vence pelo segundo ano como melhor equipe da Região Norte no Baja SAE Brasil

No total, 17 alunos desenvolveram um veículo off-road para participar do desafio, realizado de 9 a 12 de março em São José dos Campos, em São Paulo

Portal Amazônia, com informações da UEA

jornalismo@portalamazonia.com


A equipe Baja da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em Manaus, formada por alunos dos cursos de Engenharia Mecânica, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica e Engenharia de Computação da Escola Superior de Tecnologia (EST) tem muito o que comemorar. O grupo conquistou pelo segundo ano consecutivo o título de melhor equipe da Região Norte no desafio 'Baja SAE Brasil 2017'. 
 

 

Foto: Divulgação/Baja UEA

 

Ao todo, 17 alunos desenvolveram um veículo off-road para participar do Baja Sae Brasil. As provas da edição 2017 foram realizadas de 9 a 12 de março em São José dos Campos, região do Vale do Paraíba, Interior de São Paulo.

Aluna de Engenharia de Produção, Lorena Valente afirma que esse reconhecimento ajuda a ter mais visibilidade. “Foi uma superação, pois nas atuais condições econômicas conseguimos manter o título. Foi conquistado com esforço, dedicação e o espírito de equipe. E, claro, mantermos os olhos no potencial da UEA e de nosso curso de Engenharia Mecânica que tem o mérito de ser o primeiro do Estado do Amazonas”, destacou.

Para a competição de 2017, a equipe realizou adaptações no carro. "Reduzimos a massa do chassi de 70kg pra 45kg e o tamanho do carro consideravelmente por consequência. Com o tamanho reduzido do veículo, todos os sistemas tiveram que ser adaptados para a proporção do mesmo”, explicou Lorena. A equipe retorna para Manaus na quarta-feira (15).

Baja UEA

O carro possui uma estrutura tubular em aço, quatro rodas, motor de 10HP e capacidade para abrigar um piloto de até 1,90 m de altura e 113,4 quilos de peso. Os sistemas de suspensão, freios e chassi foram feitos pelos estudantes, além do sistema de telemetria, que faz o monitoramento do que está acontecendo com o carro enquanto está na pista.

O projeto Baja UEA surgiu em 2011, porém em 2013, com o financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam), foi possível construir a oficina localizada na Escola Superior de Tecnologia (EST), em frente ao Centro de Convivência (CDC).

Com a estrutura pronta, a Baja UEA iniciou de fato os projetos e no início de 2015 conseguiu embarcar para Piracicaba para a primeira competição da história da Equipe. A equipe é formada por 19 alunos das áreas de engenharia mecânica, computação, elétrica, controle e automação e produção, coordenada pelo Prof. Dr. Eduardo Barreda, e vários professores auxiliares.

SAE Brasil 2017

O programa Baja SAE Brasil é um desafio lançado aos estudantes de Engenharia que oferece a chance de aplicar na prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula, visando incrementar sua preparação para o mercado de trabalho.

Ao participar do programa Baja SAE, o aluno se envolve com um caso real de desenvolvimento de um veículo off-road, desde sua concepção, projeto detalhado, construção e testes. As equipes vencedoras são convidadas a participar da competição internacional, nos Estados Unidos. 


Ciência e Tecnologia

UEA vence pelo segundo ano como melhor equipe da Região Norte no Baja SAE Brasil

No total, 17 alunos desenvolveram um veículo off-road para participar do desafio, realizado de 9 a 12 de março em São José dos Campos, em São Paulo

Portal Amazônia, com informações da UEA

jornalismo@portalamazonia.com


A equipe Baja da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em Manaus, formada por alunos dos cursos de Engenharia Mecânica, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica e Engenharia de Computação da Escola Superior de Tecnologia (EST) tem muito o que comemorar. O grupo conquistou pelo segundo ano consecutivo o título de melhor equipe da Região Norte no desafio 'Baja SAE Brasil 2017'. 
 

 

Foto: Divulgação/Baja UEA

 

Ao todo, 17 alunos desenvolveram um veículo off-road para participar do Baja Sae Brasil. As provas da edição 2017 foram realizadas de 9 a 12 de março em São José dos Campos, região do Vale do Paraíba, Interior de São Paulo.

Aluna de Engenharia de Produção, Lorena Valente afirma que esse reconhecimento ajuda a ter mais visibilidade. “Foi uma superação, pois nas atuais condições econômicas conseguimos manter o título. Foi conquistado com esforço, dedicação e o espírito de equipe. E, claro, mantermos os olhos no potencial da UEA e de nosso curso de Engenharia Mecânica que tem o mérito de ser o primeiro do Estado do Amazonas”, destacou.

Para a competição de 2017, a equipe realizou adaptações no carro. "Reduzimos a massa do chassi de 70kg pra 45kg e o tamanho do carro consideravelmente por consequência. Com o tamanho reduzido do veículo, todos os sistemas tiveram que ser adaptados para a proporção do mesmo”, explicou Lorena. A equipe retorna para Manaus na quarta-feira (15).

Baja UEA

O carro possui uma estrutura tubular em aço, quatro rodas, motor de 10HP e capacidade para abrigar um piloto de até 1,90 m de altura e 113,4 quilos de peso. Os sistemas de suspensão, freios e chassi foram feitos pelos estudantes, além do sistema de telemetria, que faz o monitoramento do que está acontecendo com o carro enquanto está na pista.

O projeto Baja UEA surgiu em 2011, porém em 2013, com o financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam), foi possível construir a oficina localizada na Escola Superior de Tecnologia (EST), em frente ao Centro de Convivência (CDC).

Com a estrutura pronta, a Baja UEA iniciou de fato os projetos e no início de 2015 conseguiu embarcar para Piracicaba para a primeira competição da história da Equipe. A equipe é formada por 19 alunos das áreas de engenharia mecânica, computação, elétrica, controle e automação e produção, coordenada pelo Prof. Dr. Eduardo Barreda, e vários professores auxiliares.

SAE Brasil 2017

O programa Baja SAE Brasil é um desafio lançado aos estudantes de Engenharia que oferece a chance de aplicar na prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula, visando incrementar sua preparação para o mercado de trabalho.

Ao participar do programa Baja SAE, o aluno se envolve com um caso real de desenvolvimento de um veículo off-road, desde sua concepção, projeto detalhado, construção e testes. As equipes vencedoras são convidadas a participar da competição internacional, nos Estados Unidos. 

TAG ManaustecnologiaUEACarro Off-road