Publicidade

Economia

Startup do Pará é a primeira do Norte a receber o Selo GovTech do BrazilLAB

O selo foi criado para destacar soluções que ajudam a tornar governos mais eficientes e inteligentes

Portal Amazônia, com informações da UFPA

jornalismo@portalamazonia.com


A “Desenvolve – Tributação Municipal Sustentável”, startup incubada no Programa de Incubação de Empresas de Base Tecnológica (PIEBT) da Agência de Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Pará (Universitec/UFPA), agora é a única na região Norte a fazer parte do grupo de startups que têm o Selo GovTech do BrazilLAB. O reconhecimento é um importante passo para qualquer empresa que pretenda vender inovação para o setor público, já que o selo foi criado para destacar soluções que ajudam a tornar governos mais eficientes e inteligentes.

 

Jó Sales, diretor-executivo da Desenvolve, explica que a startup busca implantar modelos sustentáveis de gestão tributária municipal e de incentivo ao empreendedorismo, a fim de contribuir para o desenvolvimento dos municípios brasileiros.

 

Segundo Sales, entre os objetivos estão ajudar as prefeituras a resolver o problema da baixa arrecadação das receitas próprias e a aprimorar os processos de licenciamentos urbanísticos, ambientais, sanitários e tributários, assim como a alteração, renovação e baixa de empresas. “Por meio da criação de uma política tributária mais justa e soluções em gestão, legislação, processos e inovações tecnológicas focadas no resultado e eficácia da administração dos tributos municipais e na redução da burocracia”, pontua.

Foto: Divulgação

Sales destaca ainda a importância de governos, especialmente os municipais, estarem alinhados a critérios que possibilitem o fomento da administração pública cada vez mais eficiente, impessoal e permeada pela novas tecnologias. “Com os produtos da Desenvolve, por exemplo o Empresa Digital, a Nota Fiscal de Serviços Digital, as prefeituras se tornam mais capazes de quebrar paradigmas, seguindo uma lógica de atendimento rápido, fácil e seguro no relacionamento com a sociedade. Essas novas tecnologias auxiliam na busca pela educação fiscal, com maior envolvimento do contribuinte, bem como a desburocratização de processos do Poder Público Municipal”, explica o diretor-executivo.

 

Para Iara Neves, coordenadora do PIEBT, ver a Desenvolve ser a primeira do Norte a receber o selo GovTech é a ratificação do potencial da empresa, tanto em desenvolver e oferecer inovação e soluções para o setor público quanto em buscar mais conexões, iniciativa essencial na atualidade. “Sabemos que essa é apenas uma dentre várias outras conquistas que a Desenvolve alcançará, uma vez que apostamos no capital intelectual e empreendedor da empresa”, completa.

 

Dentre essas conquistas está o lançamento da plataforma Empresa Digital pela Prefeitura de Benevides, na Grande Belém. A plataforma, que possibilita a abertura e a regularização de empresas em até 24h, foi lançada na manhã desta terça-feira, dia 4 de junho. Ao congregar informações de órgãos federais e estaduais, a plataforma desenvolvida pela startup é configurada de acordo com as leis municipais e estabelece novas práticas de gestão dentro das prefeituras.

 

Sobre o selo GovTech

 

De acordo com o BrazilLAB, hub de inovação que acelera soluções e conecta empreendedores com o poder público, o governo é capaz de economizar até 97% dos seus recursos utilizando soluções digitais. A partir daí, foi criado o selo GovTech, que certifica as startups aptas a trabalhar e a vender para diferentes órgãos da administração pública.

 

Além de um importante avanço na área de GovTech, o selo configura uma grande vitrine para as empresas jovens e para todos os gestores públicos do Brasil. Graças a ele, será possível identificar empreendedores com soluções inteligentes e seguras, que contribuam de fato para a prestação de serviços públicos de qualidade.

 

O principal objetivo do BrazilLAB é abrir caminhos para a ampliação dos negócios das startups com governos e fomentar a inovação no país.

 

Sobre o PIEBT

 

Criado em 1995, o Programa de Incubação de Empresas de Base Tecnológica (PIEBT), iniciativa pioneira na Amazônia, atua no apoio à criação e/ou desenvolvimento de empreendimentos inovadores no Estado, por meio da oferta de qualificações, consultorias e mentorias nas áreas tecnológica, gestão, finanças, mercado e desenvolvimento do empreendedor. Desde 2009, o PIEBT integra a Agência de Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Pará (Universitec/UFPA) e oferece além do processo de incubação, iniciativas de pré-incubação, por meio do projeto Motirõ.

 

     

Economia

Home > Noticias > null

Startup do Pará é a primeira do Norte a receber o Selo GovTech do BrazilLAB

O selo foi criado para destacar soluções que ajudam a tornar governos mais eficientes e inteligentes

Portal Amazônia, com informações da UFPA

jornalismo@portalamazonia.com


A “Desenvolve – Tributação Municipal Sustentável”, startup incubada no Programa de Incubação de Empresas de Base Tecnológica (PIEBT) da Agência de Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Pará (Universitec/UFPA), agora é a única na região Norte a fazer parte do grupo de startups que têm o Selo GovTech do BrazilLAB. O reconhecimento é um importante passo para qualquer empresa que pretenda vender inovação para o setor público, já que o selo foi criado para destacar soluções que ajudam a tornar governos mais eficientes e inteligentes.

 

Jó Sales, diretor-executivo da Desenvolve, explica que a startup busca implantar modelos sustentáveis de gestão tributária municipal e de incentivo ao empreendedorismo, a fim de contribuir para o desenvolvimento dos municípios brasileiros.

 

Segundo Sales, entre os objetivos estão ajudar as prefeituras a resolver o problema da baixa arrecadação das receitas próprias e a aprimorar os processos de licenciamentos urbanísticos, ambientais, sanitários e tributários, assim como a alteração, renovação e baixa de empresas. “Por meio da criação de uma política tributária mais justa e soluções em gestão, legislação, processos e inovações tecnológicas focadas no resultado e eficácia da administração dos tributos municipais e na redução da burocracia”, pontua.

Foto: Divulgação

Sales destaca ainda a importância de governos, especialmente os municipais, estarem alinhados a critérios que possibilitem o fomento da administração pública cada vez mais eficiente, impessoal e permeada pela novas tecnologias. “Com os produtos da Desenvolve, por exemplo o Empresa Digital, a Nota Fiscal de Serviços Digital, as prefeituras se tornam mais capazes de quebrar paradigmas, seguindo uma lógica de atendimento rápido, fácil e seguro no relacionamento com a sociedade. Essas novas tecnologias auxiliam na busca pela educação fiscal, com maior envolvimento do contribuinte, bem como a desburocratização de processos do Poder Público Municipal”, explica o diretor-executivo.

 

Para Iara Neves, coordenadora do PIEBT, ver a Desenvolve ser a primeira do Norte a receber o selo GovTech é a ratificação do potencial da empresa, tanto em desenvolver e oferecer inovação e soluções para o setor público quanto em buscar mais conexões, iniciativa essencial na atualidade. “Sabemos que essa é apenas uma dentre várias outras conquistas que a Desenvolve alcançará, uma vez que apostamos no capital intelectual e empreendedor da empresa”, completa.

 

Dentre essas conquistas está o lançamento da plataforma Empresa Digital pela Prefeitura de Benevides, na Grande Belém. A plataforma, que possibilita a abertura e a regularização de empresas em até 24h, foi lançada na manhã desta terça-feira, dia 4 de junho. Ao congregar informações de órgãos federais e estaduais, a plataforma desenvolvida pela startup é configurada de acordo com as leis municipais e estabelece novas práticas de gestão dentro das prefeituras.

 

Sobre o selo GovTech

 

De acordo com o BrazilLAB, hub de inovação que acelera soluções e conecta empreendedores com o poder público, o governo é capaz de economizar até 97% dos seus recursos utilizando soluções digitais. A partir daí, foi criado o selo GovTech, que certifica as startups aptas a trabalhar e a vender para diferentes órgãos da administração pública.

 

Além de um importante avanço na área de GovTech, o selo configura uma grande vitrine para as empresas jovens e para todos os gestores públicos do Brasil. Graças a ele, será possível identificar empreendedores com soluções inteligentes e seguras, que contribuam de fato para a prestação de serviços públicos de qualidade.

 

O principal objetivo do BrazilLAB é abrir caminhos para a ampliação dos negócios das startups com governos e fomentar a inovação no país.

 

Sobre o PIEBT

 

Criado em 1995, o Programa de Incubação de Empresas de Base Tecnológica (PIEBT), iniciativa pioneira na Amazônia, atua no apoio à criação e/ou desenvolvimento de empreendimentos inovadores no Estado, por meio da oferta de qualificações, consultorias e mentorias nas áreas tecnológica, gestão, finanças, mercado e desenvolvimento do empreendedor. Desde 2009, o PIEBT integra a Agência de Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Pará (Universitec/UFPA) e oferece além do processo de incubação, iniciativas de pré-incubação, por meio do projeto Motirõ.

 

     

TAG UFPAstartupeconomia