Publicidade

Internacional

Home > Noticias > null

Serviço secreto prende vice-presidente do Parlamento Venezuelano

O anúncio da prisão foi feito pelo próprio Zambrano - número 2 de Juan Guaidó na Assembleia Nacional -, em sua conta no Twitter.

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


Agentes do Serviço Bolivariano de Inteligência da Venezuela (Sebin, serviços secretos) prenderam nesta quarta-feira (8) à noite o vice-presidente do Parlamento, o oposicionista Edgar Zambrano. O anúncio foi feito pelo próprio Zambrano, número 2 de Juan Guaidó na Assembleia Nacional, em sua conta no Twitter.
 
Foto:Divulgação/RTP
 

Ele disse que foi surpreendido pelo Sebin e, como se negou a sair do carro, usaram um guincho para transportá-lo, de maneira forçada, diretamente ao Helicoide (prisão do Sebin). "Nós democratas vamos continuar a lutar", afirmou.


Leia também: Grupo de Lima reafirma apoio a Guaidó e pede solução pacífica


Em outra mensagem, publicada na mesma rede momentos antes, o deputado alertou o povo venezuelano de que se encontrava dentro do seu carro, na sede do partido, a Ação Democrática, em La Florida.





 
Internacional

Serviço secreto prende vice-presidente do Parlamento Venezuelano

O anúncio da prisão foi feito pelo próprio Zambrano - número 2 de Juan Guaidó na Assembleia Nacional -, em sua conta no Twitter.

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


Agentes do Serviço Bolivariano de Inteligência da Venezuela (Sebin, serviços secretos) prenderam nesta quarta-feira (8) à noite o vice-presidente do Parlamento, o oposicionista Edgar Zambrano. O anúncio foi feito pelo próprio Zambrano, número 2 de Juan Guaidó na Assembleia Nacional, em sua conta no Twitter.
 
Foto:Divulgação/RTP
 

Ele disse que foi surpreendido pelo Sebin e, como se negou a sair do carro, usaram um guincho para transportá-lo, de maneira forçada, diretamente ao Helicoide (prisão do Sebin). "Nós democratas vamos continuar a lutar", afirmou.


Leia também: Grupo de Lima reafirma apoio a Guaidó e pede solução pacífica


Em outra mensagem, publicada na mesma rede momentos antes, o deputado alertou o povo venezuelano de que se encontrava dentro do seu carro, na sede do partido, a Ação Democrática, em La Florida.





 

TAG Zambrano Juan Guaidovenezuela