Publicidade

Atualidades

Home > Noticias > null

Roraima e Amazonas terão programação para o Dia do Refugiado, a partir desta terça

Os dois estados recebem grande parte do fluxo de refugiados e migrantes venezuelanos que chegam ao Brasil

Portal Amazônia, com informações da Radioagência Nacional

jornalismo@portalamazonia.com


Boa Vista e Pacaraima, em Roraima; e Manaus, no Amazonas recebem grande parte do fluxo de refugiados e migrantes venezuelanos que chegam ao Brasil, fugindo da crise política e econômica do país vizinho.

 

De acordo com a Polícia Federal, até abril deste ano, 99 mil pedidos de refúgio ao governo brasileiro foram solicitados em Roraima e no Amazonas. Há também quase 70 mil pedidos de residência temporária.

 

Foto: Reprodução

Os municípios foram escolhidos pela Acnur - Agência da ONU para Refugiados - para receber, durante toda esta semana, atividades para promover a integração entre a população que chega do país vizinho com a comunidade local. Dia 20 de junho, próxima quinta-feira, é Dia Mundial do Refugiado.

 

As atividades têm início nesta terça-feira, com rodas de conversa. Em Boa Vista, na Igreja da Consolata; e, em Manaus, na Universidade Federal do Amazonas.

 

Durante a semana, Boa Vista terá apresentação teatral e exposição de fotos, além de torneios esportivos nos abrigos da cidade.

 

Em Pacaraima, na fronteira com a Venezuela, vão ocorrer feiras de artesanato, mostras culturais e atividades esportivas nos abrigos, nos centros de controle migratório e na quadra esportiva da cidade.

 

Já na capital amazonense, o destaque são os eventos do final de semana. A partir das 8h do sábado, será realizada uma Caminhada #ComOsRefugiados, com a participação venezuelanos e da população local.

 

     
Atualidades

Roraima e Amazonas terão programação para o Dia do Refugiado, a partir desta terça

Os dois estados recebem grande parte do fluxo de refugiados e migrantes venezuelanos que chegam ao Brasil

Portal Amazônia, com informações da Radioagência Nacional

jornalismo@portalamazonia.com


Boa Vista e Pacaraima, em Roraima; e Manaus, no Amazonas recebem grande parte do fluxo de refugiados e migrantes venezuelanos que chegam ao Brasil, fugindo da crise política e econômica do país vizinho.

 

De acordo com a Polícia Federal, até abril deste ano, 99 mil pedidos de refúgio ao governo brasileiro foram solicitados em Roraima e no Amazonas. Há também quase 70 mil pedidos de residência temporária.

 

Foto: Reprodução

Os municípios foram escolhidos pela Acnur - Agência da ONU para Refugiados - para receber, durante toda esta semana, atividades para promover a integração entre a população que chega do país vizinho com a comunidade local. Dia 20 de junho, próxima quinta-feira, é Dia Mundial do Refugiado.

 

As atividades têm início nesta terça-feira, com rodas de conversa. Em Boa Vista, na Igreja da Consolata; e, em Manaus, na Universidade Federal do Amazonas.

 

Durante a semana, Boa Vista terá apresentação teatral e exposição de fotos, além de torneios esportivos nos abrigos da cidade.

 

Em Pacaraima, na fronteira com a Venezuela, vão ocorrer feiras de artesanato, mostras culturais e atividades esportivas nos abrigos, nos centros de controle migratório e na quadra esportiva da cidade.

 

Já na capital amazonense, o destaque são os eventos do final de semana. A partir das 8h do sábado, será realizada uma Caminhada #ComOsRefugiados, com a participação venezuelanos e da população local.

 

     

TAG roraimaabrigos venezuelanosimigrantes venezuelanosrefugiados