Publicidade

Meio Ambiente

Home > Noticias > null

Rios da região Sul da Amazônia estão no ápice da vazante

Purus, Acre, Javari, Madeira e Solimões podem estar perto do fim da vazante. As informações são do CPRM

Redação


MANAUS – Os rios no Sul da Amazônia estão em pico de vazante. É o que diz o Serviço Geológico do Brasil (CPRM). De acordo com as estações de monitoramento, nos rios Purus, Acre, Javari e Madeira, os rios estão perto do fim do período. O Solimões também apresenta o mesmo comportamento em Tabatinga.

O órgão também informa que o nível do rio Acre em Rio Branco está abaixo da média para o período. O rio Negro, na altura do Porto de Manaus, desce à média de aproximadamente 20 centímetros por dia. Nesta segunda-feira (5), o Negro registra 22, 91 metros (m). No alto curso do rio, os níveis estão abaixo da média para o período.

O mesmo acontece com a Bacia do Branco em Boa Vista, no estado vizinho de Roraima. O rio está com nível abaixo da média para esta época e semelhante ao registrado em 2014.

Na última semana, o Solimões, um dos maiores da Amazônia, baixou 1,46 m em Manacapuru. Já nas proximidades de Coari, ele baixou quase o dobro, 2,20 m. As estações localizadas na Bacia do Amazonas em Parintins, apresentam níveis semelhantes aos registrados na mesma época de 2014.


Foto: Divulgação

Meio Ambiente

Rios da região Sul da Amazônia estão no ápice da vazante

Purus, Acre, Javari, Madeira e Solimões podem estar perto do fim da vazante. As informações são do CPRM

Redação


MANAUS – Os rios no Sul da Amazônia estão em pico de vazante. É o que diz o Serviço Geológico do Brasil (CPRM). De acordo com as estações de monitoramento, nos rios Purus, Acre, Javari e Madeira, os rios estão perto do fim do período. O Solimões também apresenta o mesmo comportamento em Tabatinga.

O órgão também informa que o nível do rio Acre em Rio Branco está abaixo da média para o período. O rio Negro, na altura do Porto de Manaus, desce à média de aproximadamente 20 centímetros por dia. Nesta segunda-feira (5), o Negro registra 22, 91 metros (m). No alto curso do rio, os níveis estão abaixo da média para o período.

O mesmo acontece com a Bacia do Branco em Boa Vista, no estado vizinho de Roraima. O rio está com nível abaixo da média para esta época e semelhante ao registrado em 2014.

Na última semana, o Solimões, um dos maiores da Amazônia, baixou 1,46 m em Manacapuru. Já nas proximidades de Coari, ele baixou quase o dobro, 2,20 m. As estações localizadas na Bacia do Amazonas em Parintins, apresentam níveis semelhantes aos registrados na mesma época de 2014.


Foto: Divulgação


TAG