Publicidade

Cidades

Home > Noticias > null

BR 316 é liberada após protesto que fechava principal via de acesso à Belém

A rodovia BR 316 foi fechada por volta das 6h30 desta terça-feira (16), por moradores que pedem solução para o problema de alagamento da área.

William Costa

william.costa@portalamazonia.com


O trânsito na BR 316, principal via de ligação entre a região Metropolitana e a capital do Pará, ficou complicado, depois que um um grupo de moradores do bairro Castanheira, interditou a rodovia por volta das 6h desta terça-feira (16), em frente à casa de shows Cangalha, na altura do quilômetro 2, sentido Ananindeua - Belém, colocando fogo em pneus e pedaços de madeiras.
 
Foto:Reprodução/Twiiter @rafaelpompeio
 
Segundo os próprios manifestantes, a ação foi motivada pelos constantes alagamentos no trecho.

Equipes da Polícia Militar estiveram no local para monitorar e tentar negociação para liberação da rodovia. E cerca de uma hora e meia depois bombeiros apagaram as chamas e limparam a pista, liberando para o fluxo de veículos.

Em nota, a Prefeitura de Belém informou que o alagamento não é competência do município, mas irá mandar equipe para minimizar os transtornos.

O Núcleo de Gerenciamento de Transporte Urbano, que é o órgão responsável pelas obras de melhoria na rodovia informou que a solução para os alagamentos é a requalificação da rodovia, que já está sendo feita pelo Governo do Estado, mas que a drenagem profunda só devem ocorrer a partir de julho, de acordo com o cronograma da obra.
Cidades

BR 316 é liberada após protesto que fechava principal via de acesso à Belém

A rodovia BR 316 foi fechada por volta das 6h30 desta terça-feira (16), por moradores que pedem solução para o problema de alagamento da área.


O trânsito na BR 316, principal via de ligação entre a região Metropolitana e a capital do Pará, ficou complicado, depois que um um grupo de moradores do bairro Castanheira, interditou a rodovia por volta das 6h desta terça-feira (16), em frente à casa de shows Cangalha, na altura do quilômetro 2, sentido Ananindeua - Belém, colocando fogo em pneus e pedaços de madeiras.
 
Foto:Reprodução/Twiiter @rafaelpompeio
 
Segundo os próprios manifestantes, a ação foi motivada pelos constantes alagamentos no trecho.

Equipes da Polícia Militar estiveram no local para monitorar e tentar negociação para liberação da rodovia. E cerca de uma hora e meia depois bombeiros apagaram as chamas e limparam a pista, liberando para o fluxo de veículos.

Em nota, a Prefeitura de Belém informou que o alagamento não é competência do município, mas irá mandar equipe para minimizar os transtornos.

O Núcleo de Gerenciamento de Transporte Urbano, que é o órgão responsável pelas obras de melhoria na rodovia informou que a solução para os alagamentos é a requalificação da rodovia, que já está sendo feita pelo Governo do Estado, mas que a drenagem profunda só devem ocorrer a partir de julho, de acordo com o cronograma da obra.

TAG protesto br 316br 316 fechada