Cidades

Projeto Profissões da Segurança apresenta Bope para alunos, em Rio Branco

Durante a visita, os estudantes conheceram a estrutura do batalhão, suas funções constitucionais para a sociedade

Portal Amazônia, com informações da Agência Acre

jornalismo@portalamazonia.com


Alunos da Escola Duque de Caxias, localizada no bairro Belo Jardim, tiveram uma experiência diferenciada com o policiamento do Acre. Nesta sexta-feira (8) eles puderam conhecer as instalações do Batalhão de Operações Especiais (Bope), ao acompanhar algumas das principais ações realizadas pela tropa acreana.

A visita faz parte das atividades do Projeto Profissões da Segurança, da Polícia Militar do Acre (PMAC), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE). A iniciativa visa incutir valores cívicos e morais com foco na prevenção, mostrando na prática como funcionam os trabalhos da segurança do Estado.


   
Foto:
 

Para o estudante Ruan Brito, a visita ao batalhão foi especial e aflorou nele o desejo de seguir a carreira militar. “Antes eu já queria ser policial militar, mas agora quero ser do Bope, porque o trabalho deles é muito legal, trabalham com cachorro e tudo”, conta.

De acordo com o tenente-coronel Douglas Thomaz, coordenador de Policiamento Comunitário (Cpcom), setor responsável pelo projeto, comportamentos como o de Ruan são uma das ideias principais da iniciativa, que já está em sua sexta edição.

“Buscamos aproximar a comunidade escolar do policiamento e mostrar aos estudantes as várias opções de profissões voltadas à área da segurança e, assim, apagar a visão negativa do policial que só repreende, porque, além disso, trabalhamos com a prevenção”, explica Thomaz.

Participaram da visita cerca de 25 alunos do 5º ano, mas desde que se iniciou já passaram por essa experiência aproximadamente 180 estudantes da capital. A meta, de acordo com o coordenador, é beneficiar as 215 escolas estaduais e municipais da rede pública.

Durante a visita, os estudantes conheceram a estrutura do batalhão, suas funções constitucionais para a sociedade, e ainda puderam acompanhar o treinamento dos cães que são usados nas operações de patrulha e farejamento de drogas.

Cidades

Home > Noticias > null

Projeto Profissões da Segurança apresenta Bope para alunos, em Rio Branco

Durante a visita, os estudantes conheceram a estrutura do batalhão, suas funções constitucionais para a sociedade

Portal Amazônia, com informações da Agência Acre

jornalismo@portalamazonia.com


Alunos da Escola Duque de Caxias, localizada no bairro Belo Jardim, tiveram uma experiência diferenciada com o policiamento do Acre. Nesta sexta-feira (8) eles puderam conhecer as instalações do Batalhão de Operações Especiais (Bope), ao acompanhar algumas das principais ações realizadas pela tropa acreana.

A visita faz parte das atividades do Projeto Profissões da Segurança, da Polícia Militar do Acre (PMAC), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE). A iniciativa visa incutir valores cívicos e morais com foco na prevenção, mostrando na prática como funcionam os trabalhos da segurança do Estado.


   
Foto:
 

Para o estudante Ruan Brito, a visita ao batalhão foi especial e aflorou nele o desejo de seguir a carreira militar. “Antes eu já queria ser policial militar, mas agora quero ser do Bope, porque o trabalho deles é muito legal, trabalham com cachorro e tudo”, conta.

De acordo com o tenente-coronel Douglas Thomaz, coordenador de Policiamento Comunitário (Cpcom), setor responsável pelo projeto, comportamentos como o de Ruan são uma das ideias principais da iniciativa, que já está em sua sexta edição.

“Buscamos aproximar a comunidade escolar do policiamento e mostrar aos estudantes as várias opções de profissões voltadas à área da segurança e, assim, apagar a visão negativa do policial que só repreende, porque, além disso, trabalhamos com a prevenção”, explica Thomaz.

Participaram da visita cerca de 25 alunos do 5º ano, mas desde que se iniciou já passaram por essa experiência aproximadamente 180 estudantes da capital. A meta, de acordo com o coordenador, é beneficiar as 215 escolas estaduais e municipais da rede pública.

Durante a visita, os estudantes conheceram a estrutura do batalhão, suas funções constitucionais para a sociedade, e ainda puderam acompanhar o treinamento dos cães que são usados nas operações de patrulha e farejamento de drogas.

TAG Rio BrancoAcreBopeescola publica

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
VOCÊ VIU ?