Meio Ambiente

Prêmios 'Samuel Benchimol' e 'Banco da Amazônia' divulgam programação 2017

Premiação contempla iniciativas que ampliam a compreensão sobre a Amazônia e apontam novos caminhos para o desenvolvimento sustentável


Os prêmios 'Professor Samuel Benchimol' e 'Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente', voltados para identificar projetos inovadores e reconhecer personalidades que contribuem para o desenvolvimento da Amazônia, abrem inscrições a partir de maio. Em 2017, a premiação está prevista para ocorrer no mês de novembro, em Manaus.

A programação reunindo os dois prêmios obedece a um rodízio entre os Estados da região e terá Manaus como sede pela terceira vez, depois de 2004 e 2010. Como das vezes anteriores, a cerimônia de outorga será coordenada pela Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam).

De 2004 a 2016 o Prêmio Samuel Benchimol já somou 2.668 inscrições, sendo 86% distribuídas na Região Norte, enquanto o Prêmio Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente recebeu 553 inscrições no período de 2009 a 2016. Mais de 100 projetos e personalidades foram comtemplados nesses 12 anos de programa.

Realizada anualmente, a premiação contempla iniciativas para ampliar a compreensão sobre a Amazônia e desvendar novos caminhos em prol do desenvolvimento sustentável da região. “O objetivo é incorporar as propostas, os interesses de todos esses estados da região como era o espirito do trabalho e da obra do professor Benchimol e da atuação do Banco da Amazônia”, disse o presidente do grupo Bemol e Fogás, Jaime Benchimol, filho de Samuel.

São três as categorias do Prêmio Samuel Benchimol: Projetos de Natureza Ambiental, Projetos de Natureza Econômico-Tecnológica e Projetos de Natureza Social, além do reconhecimento a personalidades que contribuem para o desenvolvimento da região. O Prêmio Banco da Amazônia abrange duas categorias: Economia Criativa e Economia Verde, bem como o reconhecimento da 'Empresa Amazônia' e de um microempreendedor de sucesso, que será agraciado com o Prêmio Florescer. Os valores das premiações são de R$ 50 mil, para o primeiro colocado, R$ 15 mil para o segundo, e R$ 10 mil para o 3º.

 


Meio Ambiente

Prêmios 'Samuel Benchimol' e 'Banco da Amazônia' divulgam programação 2017

Premiação contempla iniciativas que ampliam a compreensão sobre a Amazônia e apontam novos caminhos para o desenvolvimento sustentável

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Os prêmios 'Professor Samuel Benchimol' e 'Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente', voltados para identificar projetos inovadores e reconhecer personalidades que contribuem para o desenvolvimento da Amazônia, abrem inscrições a partir de maio. Em 2017, a premiação está prevista para ocorrer no mês de novembro, em Manaus.

A programação reunindo os dois prêmios obedece a um rodízio entre os Estados da região e terá Manaus como sede pela terceira vez, depois de 2004 e 2010. Como das vezes anteriores, a cerimônia de outorga será coordenada pela Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam).

De 2004 a 2016 o Prêmio Samuel Benchimol já somou 2.668 inscrições, sendo 86% distribuídas na Região Norte, enquanto o Prêmio Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente recebeu 553 inscrições no período de 2009 a 2016. Mais de 100 projetos e personalidades foram comtemplados nesses 12 anos de programa.

Realizada anualmente, a premiação contempla iniciativas para ampliar a compreensão sobre a Amazônia e desvendar novos caminhos em prol do desenvolvimento sustentável da região. “O objetivo é incorporar as propostas, os interesses de todos esses estados da região como era o espirito do trabalho e da obra do professor Benchimol e da atuação do Banco da Amazônia”, disse o presidente do grupo Bemol e Fogás, Jaime Benchimol, filho de Samuel.

São três as categorias do Prêmio Samuel Benchimol: Projetos de Natureza Ambiental, Projetos de Natureza Econômico-Tecnológica e Projetos de Natureza Social, além do reconhecimento a personalidades que contribuem para o desenvolvimento da região. O Prêmio Banco da Amazônia abrange duas categorias: Economia Criativa e Economia Verde, bem como o reconhecimento da 'Empresa Amazônia' e de um microempreendedor de sucesso, que será agraciado com o Prêmio Florescer. Os valores das premiações são de R$ 50 mil, para o primeiro colocado, R$ 15 mil para o segundo, e R$ 10 mil para o 3º.

 

TAG Amazonia LegalPremio Banco da AmazoniaPremio Samuel BenchimolManausAmazonas