Publicidade

Cidades

Porto Velho: Rottweiler leva dois tiros ao defender dona de assaltantes em casa

De acordo com a PM, a dona do animal, uma mulher de 40 anos, chegava em casa quando três criminosos invadiram o local

Redação

jornalismo22


Uma cadela rottweiler levou um tiro no focinho e pata durante um roubo em uma residência, nesta sexta-feira (7), em Porto Velho. Os ladrões atiraram no animal porque ele tentou defender a dona dos assaltantes, no bairro Costa e Silva. A caminhonete da família foi levada pelos bandidos, mas a polícia conseguiu recuperar o veículo e prender dois criminosos.

 

 

De acordo com a PM, a dona do animal, uma mulher de 40 anos, chegava em casa quando três criminosos invadiram o local e, armados com revólver, ameaçaram a vítima e tomaram a caminhonete dela.

 

 

 

 

     
Foto; Divulgação 
 

 

 

Durante o roubo, os ladrões atiraram contra a cabeça da uma cadela de estimação da mulher. Em seguida, eles fugiram no veículo sentido Jaci-Paraná, distrito de Porto Velho.

 

 

Preferindo não se identificar, a dona do animal contou ao G1 que os criminosos atiram na cadela, chamada Luly, porque ela avançou em um dos assaltantes.

 

Devido aos ferimentos causados pelos tiros, que atingiram a pata e o focinho, o animal precisou passar por cirurgia. Luly segue em observação.

 

 

Além do susto com o roubo e a agressão ao bicho de estimação, a vítima contou que ainda perdeu a cadelinha Spitz, que acabou escapando do quintal e sumindo por causa dos disparos efetuados pelos bandidos.

 

 

A dona está fazendo campanha nas redes sociais para encontrar a 'mascote' de casa.

 

 

 

     
 

 

 

Prisão dos bandidos

 

 

Segundo a Polícia Militar (PM), os suspeitos foram abordados nas proximidades de Jaci-Paraná. Com eles foram encontrados o revólver usado no roubo e uma pistola que pertencia à vítima e também foi levada.

 

 

Os suspeitos são um jovem de 18 anos, que conduzia a caminhonete, e o comparsa dele, de 19 anos, que rendeu a vítima durante o crime. O terceiro envolvido não foi localizado.

 

 

Na fuga, eles jogaram o celular da vítima nas margens da BR-364. O aparelho foi encontrado por um pedestre e devolvido para a dona. Os dois ladrões foram levados à Central de Polícia para registro do flagrante de roubo.


Cidades

Home > Noticias > null

Porto Velho: Rottweiler leva dois tiros ao defender dona de assaltantes em casa

De acordo com a PM, a dona do animal, uma mulher de 40 anos, chegava em casa quando três criminosos invadiram o local

Redação

jornalismo22


Uma cadela rottweiler levou um tiro no focinho e pata durante um roubo em uma residência, nesta sexta-feira (7), em Porto Velho. Os ladrões atiraram no animal porque ele tentou defender a dona dos assaltantes, no bairro Costa e Silva. A caminhonete da família foi levada pelos bandidos, mas a polícia conseguiu recuperar o veículo e prender dois criminosos.

 

 

De acordo com a PM, a dona do animal, uma mulher de 40 anos, chegava em casa quando três criminosos invadiram o local e, armados com revólver, ameaçaram a vítima e tomaram a caminhonete dela.

 

 

 

 

     
Foto; Divulgação 
 

 

 

Durante o roubo, os ladrões atiraram contra a cabeça da uma cadela de estimação da mulher. Em seguida, eles fugiram no veículo sentido Jaci-Paraná, distrito de Porto Velho.

 

 

Preferindo não se identificar, a dona do animal contou ao G1 que os criminosos atiram na cadela, chamada Luly, porque ela avançou em um dos assaltantes.

 

Devido aos ferimentos causados pelos tiros, que atingiram a pata e o focinho, o animal precisou passar por cirurgia. Luly segue em observação.

 

 

Além do susto com o roubo e a agressão ao bicho de estimação, a vítima contou que ainda perdeu a cadelinha Spitz, que acabou escapando do quintal e sumindo por causa dos disparos efetuados pelos bandidos.

 

 

A dona está fazendo campanha nas redes sociais para encontrar a 'mascote' de casa.

 

 

 

     
 

 

 

Prisão dos bandidos

 

 

Segundo a Polícia Militar (PM), os suspeitos foram abordados nas proximidades de Jaci-Paraná. Com eles foram encontrados o revólver usado no roubo e uma pistola que pertencia à vítima e também foi levada.

 

 

Os suspeitos são um jovem de 18 anos, que conduzia a caminhonete, e o comparsa dele, de 19 anos, que rendeu a vítima durante o crime. O terceiro envolvido não foi localizado.

 

 

Na fuga, eles jogaram o celular da vítima nas margens da BR-364. O aparelho foi encontrado por um pedestre e devolvido para a dona. Os dois ladrões foram levados à Central de Polícia para registro do flagrante de roubo.

TAG Porto Velhorondoniaassaltocachorros