Saúde

Popó anuncia luta de despedida em Belém

Popó estreou como profissional em 1995. Possui 42 lutas no currículo, sendo 40 vitórias (34 por nocaute e seis por pontos) e duas derrotas

Portal Amazônia, com informações da Agência Pará

jornalismo@portalamazonia.com


Faltando uma semana para completar 42 anos, Acelino 'Popó' Freitas, um dos ícones do boxe mundial, escolheu Belém para sediar a luta que marca sua despedida dos ringues. Nesta quinta-feira (14), o pugilista e a secretária de Estado de Esporte e Lazer, Renilce Nicodemos, concedem entrevista coletiva para falar sobre o evento, que terá como palco a Arena Guilherme Paraense (Mangueirinho), onde darão detalhes sobre a data, o adversário, a programação e os treinos preparativos de Popó.  
 
Foto: Anderson Silva/Agência Pará
 

Popó estreou como profissional em 1995. Possui 42 lutas no currículo, sendo 40 vitórias (34 por nocaute e seis por pontos) e duas derrotas. Em 2012, tentou se despedir do boxe contra o brasileiro Michael Oliveira, vencendo o oponente por nocaute técnico, no Uruguai. Mas em 2015 voltou a lutar. Na cidade de Santos, venceu o argentino Mateo “El Chino” Verón por nocaute no terceiro round.

O soteropolitano Acelino Freitas ganhou o apelido “Popó” de sua mãe, devido ao barulho que fazia quando mamava. Quinto dos seis filhos de Niljalma Ferreira Jones, o Babinha, e Zuleica Freitas, Popó ingressou no boxe por incentivo do irmão Luís Cláudio, aos 14 anos.

Foi campeão baiano (14 anos), campeão Norte-Nordeste (15 anos) e campeão brasileiro (17 anos). Em 1995, foi prata nos Jogos Pan-Americanos, em Mar Del Plata. No profissional, tem quatro títulos mundiais.

Saúde

Home > Noticias > null

Popó anuncia luta de despedida em Belém

Popó estreou como profissional em 1995. Possui 42 lutas no currículo, sendo 40 vitórias (34 por nocaute e seis por pontos) e duas derrotas

Portal Amazônia, com informações da Agência Pará

jornalismo@portalamazonia.com


Faltando uma semana para completar 42 anos, Acelino 'Popó' Freitas, um dos ícones do boxe mundial, escolheu Belém para sediar a luta que marca sua despedida dos ringues. Nesta quinta-feira (14), o pugilista e a secretária de Estado de Esporte e Lazer, Renilce Nicodemos, concedem entrevista coletiva para falar sobre o evento, que terá como palco a Arena Guilherme Paraense (Mangueirinho), onde darão detalhes sobre a data, o adversário, a programação e os treinos preparativos de Popó.  
 
Foto: Anderson Silva/Agência Pará
 

Popó estreou como profissional em 1995. Possui 42 lutas no currículo, sendo 40 vitórias (34 por nocaute e seis por pontos) e duas derrotas. Em 2012, tentou se despedir do boxe contra o brasileiro Michael Oliveira, vencendo o oponente por nocaute técnico, no Uruguai. Mas em 2015 voltou a lutar. Na cidade de Santos, venceu o argentino Mateo “El Chino” Verón por nocaute no terceiro round.

O soteropolitano Acelino Freitas ganhou o apelido “Popó” de sua mãe, devido ao barulho que fazia quando mamava. Quinto dos seis filhos de Niljalma Ferreira Jones, o Babinha, e Zuleica Freitas, Popó ingressou no boxe por incentivo do irmão Luís Cláudio, aos 14 anos.

Foi campeão baiano (14 anos), campeão Norte-Nordeste (15 anos) e campeão brasileiro (17 anos). Em 1995, foi prata nos Jogos Pan-Americanos, em Mar Del Plata. No profissional, tem quatro títulos mundiais.

TAG BelemParaultima lutaAcelino FreitasPopo