Cidades

Polícia prende 15 suspeitos dos assassinatos de julho de 2015, no Amazonas

A Operação Alcateia, deflagrada pela SSP-AM, cumpre 31 mandados judiciais

Izabel Santos


MANAUS - A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) deflagrou nesta sexta-feira (27) a Operação Alcateia. O objetivo é prender pessoas envolvidas nos assassinatos de julho de 2015, quando 34 pessoas foram mortas na capital. Ao todo, estão em cumprimento 31 mandados judiciais. A ação contou com a participação de 130 policiais das polícias civil, militar e federal.As investigações que culminaram na prisão dos supostos criminosos teve início após a série de homicídios ocorridos entre 17 e 19 de julho de 2015. Na ocasião, 34 pessoas foram mortas em vários bairros da capital. De acordo com nota divulgada pela Polícia Federal, as investigações identificaram 15 suspeitos de envolvimento em homicídios consumados e tentados ocorridos naquele final de semana.Durante as investigações foram identificados 12 policiais militares suspeitos de envolvimento com atividades de extermínio, além de três cidadãos civis associados ao grupo. Estão em cumprimento 15 mandados de prisão temporária e 16 mandados de busca e apreensão. Todos expedidos pelo juiz Mauro Moraes Antony, da 3ª Vara do Tribunal do Júri.
Os presos serão interrogados e posteriormente conduzidos para o Presídio Militar da Polícia Militar, onde ficarão custodiados à disposição da Justiça.

Cidades

Home > Noticias > null

Polícia prende 15 suspeitos dos assassinatos de julho de 2015, no Amazonas

A Operação Alcateia, deflagrada pela SSP-AM, cumpre 31 mandados judiciais

Izabel Santos


MANAUS - A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) deflagrou nesta sexta-feira (27) a Operação Alcateia. O objetivo é prender pessoas envolvidas nos assassinatos de julho de 2015, quando 34 pessoas foram mortas na capital. Ao todo, estão em cumprimento 31 mandados judiciais. A ação contou com a participação de 130 policiais das polícias civil, militar e federal.As investigações que culminaram na prisão dos supostos criminosos teve início após a série de homicídios ocorridos entre 17 e 19 de julho de 2015. Na ocasião, 34 pessoas foram mortas em vários bairros da capital. De acordo com nota divulgada pela Polícia Federal, as investigações identificaram 15 suspeitos de envolvimento em homicídios consumados e tentados ocorridos naquele final de semana.Durante as investigações foram identificados 12 policiais militares suspeitos de envolvimento com atividades de extermínio, além de três cidadãos civis associados ao grupo. Estão em cumprimento 15 mandados de prisão temporária e 16 mandados de busca e apreensão. Todos expedidos pelo juiz Mauro Moraes Antony, da 3ª Vara do Tribunal do Júri.
Os presos serão interrogados e posteriormente conduzidos para o Presídio Militar da Polícia Militar, onde ficarão custodiados à disposição da Justiça.

TAG