Publicidade

Ciência e Tecnologia

Home > Noticias > null

Mulher na Ciência: conheça a primeira brasileira a liderar uma expedição científica aos rios do Amazonas

Natália foi a primeira mulher na América Latina a liderar uma expedição científica pelos rios da Amazônia, entre 2018 e 2019

William Costa

jornalismo@portalamazonia.com


Para celebrar o Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência, 11 de fevereiro, instituído em 2015 pela Unesco junto à ONU, a equipe do Portalamazonia.com conversou com a pesquisadora do Inmetro Amazonas, Natália Salinas, que tem se destacado como cientistas, na região.

 
     
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 

Natália foi a primeira mulher na América Latina a liderar uma expedição científica pelos rios da Amazônia, entre 2018 e 2019, que, com parceiros de outras instituições públicas, realizou pesquisas em insumos dos rios, qualidade da água, solo, minerais, identificação de espécies da fauna e flora amazônica, qualidade genética e sanitária dos peixes amazônicos, alimentação, dente outros.


Dos 62 municípios do Amazonas, 57 foram visitados e, com os dados coletados estão sendo produzidas as pesquisas e artigos, que em breve serão divulgados.


Confira a entrevista:  


Natália Regina Antunes Salinas


Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade São Judas Tadeu (1994) e mestrado Strictu sensu em Medicina (Nefrologia) pela Universidade Federal de São Paulo (2008). Trabalhou como gestora técnica e administrativa do laboratório experimental do INPA . Tem experiência em sistemas de gestão de qualidade em áreas sanitariamente controladas pelo sistema ISO 9001/08 e2015, atuou como docente nas disciplinas de Ética na experimentação Animal e animais de laboratório para nível superior. Foi assessora do Secretário Executivo de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Amazonas. Atuou como bolsista do INMETRO de 2015 a 2017 no Centro de Biotecnologia da Amazônia-CBA, em projeto de Gestão e Gestão da Qualidade. em 2018 e Atualmente é Gestora de Pesquisa Científica no Instituto de Pesos e Medidas- IPEM/INMETRO-AM com vínculo celetista. Coordena projetos de pesquisa em unidade fluvial e também no laboratório base do INMETRO-AM, Responsável por acordos de cooperação técnica- ACT e convênios com Instituições de pesquisa do Estado do Amazonas.

     
Ciência e Tecnologia

Mulher na Ciência: conheça a primeira brasileira a liderar uma expedição científica aos rios do Amazonas

Natália foi a primeira mulher na América Latina a liderar uma expedição científica pelos rios da Amazônia, entre 2018 e 2019


Para celebrar o Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência, 11 de fevereiro, instituído em 2015 pela Unesco junto à ONU, a equipe do Portalamazonia.com conversou com a pesquisadora do Inmetro Amazonas, Natália Salinas, que tem se destacado como cientistas, na região.

 
     
Foto: William Costa/Portal Amazônia
 

Natália foi a primeira mulher na América Latina a liderar uma expedição científica pelos rios da Amazônia, entre 2018 e 2019, que, com parceiros de outras instituições públicas, realizou pesquisas em insumos dos rios, qualidade da água, solo, minerais, identificação de espécies da fauna e flora amazônica, qualidade genética e sanitária dos peixes amazônicos, alimentação, dente outros.


Dos 62 municípios do Amazonas, 57 foram visitados e, com os dados coletados estão sendo produzidas as pesquisas e artigos, que em breve serão divulgados.


Confira a entrevista:  


Natália Regina Antunes Salinas


Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade São Judas Tadeu (1994) e mestrado Strictu sensu em Medicina (Nefrologia) pela Universidade Federal de São Paulo (2008). Trabalhou como gestora técnica e administrativa do laboratório experimental do INPA . Tem experiência em sistemas de gestão de qualidade em áreas sanitariamente controladas pelo sistema ISO 9001/08 e2015, atuou como docente nas disciplinas de Ética na experimentação Animal e animais de laboratório para nível superior. Foi assessora do Secretário Executivo de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Amazonas. Atuou como bolsista do INMETRO de 2015 a 2017 no Centro de Biotecnologia da Amazônia-CBA, em projeto de Gestão e Gestão da Qualidade. em 2018 e Atualmente é Gestora de Pesquisa Científica no Instituto de Pesos e Medidas- IPEM/INMETRO-AM com vínculo celetista. Coordena projetos de pesquisa em unidade fluvial e também no laboratório base do INMETRO-AM, Responsável por acordos de cooperação técnica- ACT e convênios com Instituições de pesquisa do Estado do Amazonas.

     

TAG manausamazonaspesquisanatalia salinasmulher na cienciapesquisadora