Publicidade

Cidades

Home > Noticias > null

Pelo Twitter, governo defende ações para acolher imigrantes venezuelanos

No vídeo, uma narradora diz que os venezuelanos vieram ao Brasil fugindo da fome e da crise para tentar sobreviver

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


O Palácio do Planalto divulgou um vídeo no Twitter defendendo as medidas do governo federal para acolher imigrantes, principalmente os venezuelanos, que chegam ao Brasil. Ao longo do dia de hoje (21), o presidente Michel Temer inspeciona, em Boa Vista, um abrigo, o posto de identificação e recepção dos imigrantes que chegam à cidade fronteiriça de Pacaraima e o posto de triagem da Polícia Federal.

No vídeo, uma narradora diz que os venezuelanos vieram ao Brasil fugindo da fome e da crise para tentar sobreviver. E acrescenta que há brasileiros que criticam a atitude do governo de ajudar os imigrantes, argumentando que se trata de uma questão humanitária e de sobrevivência e, por isso, o governo não poderia deixar de prestar atendimento.

“Milhares já chegaram e, é claro, o governo não podia simplesmente dar as costas para essa questão humanitária. Mas muita gente reclamou, 'tanto brasileiro passando necessidade e o governo priorizando os venezuelanos'. Gente, não é uma questão de preferência, é questão de sobrevivência. O governo está acolhendo esses seres humanos que não têm outra escolha. Ou eles migram para outro país ou eles vão morrer”, diz a narradora. “O que você faria?”, questiona.

Na peça há um pedido para que os brasileiros se coloquem no lugar dos venezuelanos. “E se fosse o contrário? Brasileiros no desespero precisando entrar em outro país e sendo barrados?”.

O vídeo informa que o governo tomou as medidas necessárias para preparar a região de fronteira para receber os imigrantes. Nos últimos meses, Roraima passou a receber venezuelanos diariamente devido à crise econômica e política pela qual passa o país.

“O governo preparou a fronteira para receber os venezuelanos, oferecendo, pelo menos, o básico, abrigo, alimentação, assistência médica e social. Isso é ótimo para a cidade onde eles estão chegando, para elas não virarem um caos”. E acrescenta que essa é a chance do Brasil mostrar para o mundo ser um país que, apesar de todos os problemas, está evoluindo nas áreas econômica, política e social.

Cidades

Pelo Twitter, governo defende ações para acolher imigrantes venezuelanos

No vídeo, uma narradora diz que os venezuelanos vieram ao Brasil fugindo da fome e da crise para tentar sobreviver

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


O Palácio do Planalto divulgou um vídeo no Twitter defendendo as medidas do governo federal para acolher imigrantes, principalmente os venezuelanos, que chegam ao Brasil. Ao longo do dia de hoje (21), o presidente Michel Temer inspeciona, em Boa Vista, um abrigo, o posto de identificação e recepção dos imigrantes que chegam à cidade fronteiriça de Pacaraima e o posto de triagem da Polícia Federal.

No vídeo, uma narradora diz que os venezuelanos vieram ao Brasil fugindo da fome e da crise para tentar sobreviver. E acrescenta que há brasileiros que criticam a atitude do governo de ajudar os imigrantes, argumentando que se trata de uma questão humanitária e de sobrevivência e, por isso, o governo não poderia deixar de prestar atendimento.

“Milhares já chegaram e, é claro, o governo não podia simplesmente dar as costas para essa questão humanitária. Mas muita gente reclamou, 'tanto brasileiro passando necessidade e o governo priorizando os venezuelanos'. Gente, não é uma questão de preferência, é questão de sobrevivência. O governo está acolhendo esses seres humanos que não têm outra escolha. Ou eles migram para outro país ou eles vão morrer”, diz a narradora. “O que você faria?”, questiona.

Na peça há um pedido para que os brasileiros se coloquem no lugar dos venezuelanos. “E se fosse o contrário? Brasileiros no desespero precisando entrar em outro país e sendo barrados?”.

O vídeo informa que o governo tomou as medidas necessárias para preparar a região de fronteira para receber os imigrantes. Nos últimos meses, Roraima passou a receber venezuelanos diariamente devido à crise econômica e política pela qual passa o país.

“O governo preparou a fronteira para receber os venezuelanos, oferecendo, pelo menos, o básico, abrigo, alimentação, assistência médica e social. Isso é ótimo para a cidade onde eles estão chegando, para elas não virarem um caos”. E acrescenta que essa é a chance do Brasil mostrar para o mundo ser um país que, apesar de todos os problemas, está evoluindo nas áreas econômica, política e social.


TAG imigrantes venezuelanosTwitterMichel TemervenezuelanosCasa de Acolhimentoredes sociais