Publicidade

Cidades

Pavimentação da BR-163 deve ser concluída pelo Exército até final de 2018

Ministério dos Transportes vai transferir R$ 128,5 milhões para que os 65 quilômetros entre Novo Progresso e Igarapé do Lauro, no Pará, sejam asfaltados

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


As obras de pavimentação na BR-163 devem ser concluídas até o final do próximo ano. A estrada; que liga Cuiabá, em Mato Grosso, a Santarém, no Pará, é uma importante via de escoamento da produção de grãos do Centro-Oeste pelos portos paraenses.
   
Foto:Reprodução/Secom-PA
 
A obra está sob responsabilidade do Exército. O Ministério dos Transportes vai transferir R$ 128,5 milhões para que os 65 quilômetros entre Novo Progresso e Igarapé do Lauro, no Pará, sejam asfaltados.

A rodovia tem 955 quilômetros, dos quais CEM não estão asfaltados. Destes 100, 65 são do termo de cooperação com o Exército. Os 35 restantes estão em obras, segundo o Ministério dos Transportes.

Nos períodos de maior intensidade de escoamento da produção trafegam até 1,5 mil caminhões pela BR 163. Os portos da região Norte facilitam a exportação para os Estados Unidos e países da Europa e da Ásia.   *Deixe o Portal Amazônia com a sua cara. Clique aqui e participe.

Cidades

Home > Noticias > null

Pavimentação da BR-163 deve ser concluída pelo Exército até final de 2018

Ministério dos Transportes vai transferir R$ 128,5 milhões para que os 65 quilômetros entre Novo Progresso e Igarapé do Lauro, no Pará, sejam asfaltados

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


As obras de pavimentação na BR-163 devem ser concluídas até o final do próximo ano. A estrada; que liga Cuiabá, em Mato Grosso, a Santarém, no Pará, é uma importante via de escoamento da produção de grãos do Centro-Oeste pelos portos paraenses.
   
Foto:Reprodução/Secom-PA
 
A obra está sob responsabilidade do Exército. O Ministério dos Transportes vai transferir R$ 128,5 milhões para que os 65 quilômetros entre Novo Progresso e Igarapé do Lauro, no Pará, sejam asfaltados.

A rodovia tem 955 quilômetros, dos quais CEM não estão asfaltados. Destes 100, 65 são do termo de cooperação com o Exército. Os 35 restantes estão em obras, segundo o Ministério dos Transportes.

Nos períodos de maior intensidade de escoamento da produção trafegam até 1,5 mil caminhões pela BR 163. Os portos da região Norte facilitam a exportação para os Estados Unidos e países da Europa e da Ásia.   *Deixe o Portal Amazônia com a sua cara. Clique aqui e participe.

TAG BR-163ParaMato Grossoexercito do Brasilobrasinfraestrutura