Publicidade

Economia

Home > Noticias > null

Pará pretende implantar Distrito Industrial em Abaetetuba

Prefeitura, Sedeme e Codec assinaram Protocolo de Intenções para verificar a viabilidade de implantação de Distrito Industrial na cidade

Redação, com informações da Agência Pará

jornalismo@portalamazonia.com


A cidade de Abaetetuba, no nordeste Pará, poderá ser um novo Polo Industrial na região Amazônica. Um Protocolo de Intenções foi assinado na tarde desta terça-feira (13) pela prefeitura, juntamente com a secretaria do Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) do Pará e pela Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec) para a implantação de um Distrito Industrial na cidade. As informações são da Agência Pará.
 
Foto:Divulgação/Sedeme
 
Em palestra que antecedeu a assinatura, o titular da Sedeme, Adnan Demachki, fez um apanhado geral sobre aspectos geográficos, econômicos, industriais e sociais do Estado e do município para lideranças políticas, representantes do setor produtivo e acadêmicos. Além da assinatura do protocolo para estudos para viabilização do distrito industrial, Demachki citou que Abaetetuba se tornará inevitavelmente uma cidade portuária e a própria sociedade civil tem que estudar e estar preparada para potencializar os efeitos positivos dessa vocação e minimizar os impactos negativos.“Quanta riqueza saiu sem ser beneficiada, industrializada aqui no nosso Estado. O quanto gerou ou deixou de gerar riquezas para a nossa população? O Pará tem que crescer os níveis de produção de forma verticalizada, ancorado na sustentabilidade e na qualificação da população”. Prefeito de Abaetetuba, Alcides Negrão, salientou o momento do Estado, que mesmo diante da crise nacional vem se esforçando para atrair investidores e incentivar o empreendedor local a investir dentro do Pará. “Alguns projetos são sonhados há tempos pelos abaetetubenses e a oportunidade está aí, independente de escolhas partidárias. O futuro começa aqui e temos que ser, também, empreendedores”. Programa O Pará 2030 apresenta as iniciativas tomadas pelo Governo do Estado para, em 15 anos, promover o desenvolvimento da economia e, com isso, melhorar a condição de vida dos paraenses. “Hoje, o PIB per capita do paraense é pouco mais da metade da média nacional. O esforço tem que ser coletivo, dos órgãos oficiais aos empresários e à sociedade, para igualar à média nacional”, afirmou o secretário. Hoje, o PIB per capita do Pará é de R$ 15,2 mil, ao passo que a média nacional é de R$ 26,5 mil.
Economia

Pará pretende implantar Distrito Industrial em Abaetetuba

Prefeitura, Sedeme e Codec assinaram Protocolo de Intenções para verificar a viabilidade de implantação de Distrito Industrial na cidade

Redação, com informações da Agência Pará

jornalismo@portalamazonia.com


A cidade de Abaetetuba, no nordeste Pará, poderá ser um novo Polo Industrial na região Amazônica. Um Protocolo de Intenções foi assinado na tarde desta terça-feira (13) pela prefeitura, juntamente com a secretaria do Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) do Pará e pela Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec) para a implantação de um Distrito Industrial na cidade. As informações são da Agência Pará.
 
Foto:Divulgação/Sedeme
 
Em palestra que antecedeu a assinatura, o titular da Sedeme, Adnan Demachki, fez um apanhado geral sobre aspectos geográficos, econômicos, industriais e sociais do Estado e do município para lideranças políticas, representantes do setor produtivo e acadêmicos. Além da assinatura do protocolo para estudos para viabilização do distrito industrial, Demachki citou que Abaetetuba se tornará inevitavelmente uma cidade portuária e a própria sociedade civil tem que estudar e estar preparada para potencializar os efeitos positivos dessa vocação e minimizar os impactos negativos.“Quanta riqueza saiu sem ser beneficiada, industrializada aqui no nosso Estado. O quanto gerou ou deixou de gerar riquezas para a nossa população? O Pará tem que crescer os níveis de produção de forma verticalizada, ancorado na sustentabilidade e na qualificação da população”. Prefeito de Abaetetuba, Alcides Negrão, salientou o momento do Estado, que mesmo diante da crise nacional vem se esforçando para atrair investidores e incentivar o empreendedor local a investir dentro do Pará. “Alguns projetos são sonhados há tempos pelos abaetetubenses e a oportunidade está aí, independente de escolhas partidárias. O futuro começa aqui e temos que ser, também, empreendedores”. Programa O Pará 2030 apresenta as iniciativas tomadas pelo Governo do Estado para, em 15 anos, promover o desenvolvimento da economia e, com isso, melhorar a condição de vida dos paraenses. “Hoje, o PIB per capita do paraense é pouco mais da metade da média nacional. O esforço tem que ser coletivo, dos órgãos oficiais aos empresários e à sociedade, para igualar à média nacional”, afirmou o secretário. Hoje, o PIB per capita do Pará é de R$ 15,2 mil, ao passo que a média nacional é de R$ 26,5 mil.

TAG distrito industrialAbaetetubaParaeconomia