Publicidade

Atualidades

No Dia dos Namorados, conheça animais da Amazônia que são fiéis até a morte

Araras, Papagaios, Periquitos e até baratas costumam ser monogâmicos e manter o mesmo parceria pelo resto da vida


Neste Dia dos Namorados, nós do Portal Amazônia não poderíamos ficar de fora das comemorações e, para isso, fizemos uma lista para mostrar um pouco da relação amorosa entre algumas espécies de animais encontrados na Amazônia. Conheça 8 animais da região que são fiéis até a morte:


Araras, Papagaios e Periquitos (Psitacídeos)
   
Foto:Divulgação/Shutterstock
 


São bem parecidos e comumente encontrados nas árvores das cidades amazônicas. Eles andam em grupos, e em muitos casos formam casais monogâmicos que ficarão juntos e fiéis um ao outro, a vida inteira. O período reprodutivo é entre julho e dezembro.


Lobo-guará (Chrysocyon brachyurus)
   
Foto:Divulgação
 


É uma espécie ameaçada de extinção, que está presente na área de fronteira entre Amazônia e o Cerrado. Praticam a monogâmia, que fica mais evidente durante o período reprodutivo, fora disso são bem distantes e dormem sozinhos.


Baratas

   
Foto:Divulgação
 


Sim, elas são monogâmicas e os relacionamentos geralmente duram para sempre.


Urubu-de-cabeça-preta


   
Foto:Linda Wright/Divulgação
 


São vistos em bandos sobrevoando as áreas urbanas das cidades. É um animal que também é fiel à parceira no período de reprodução.


Morcego da Amazônia (Vampyrum spectrum)

   
Foto:Oriol Massana Adrià López-Baucells/Divulgação
 


É um carnívoro, também conhecido por Andirá-guaçu, e formam casais fieis até a morte.


Coruja-buraqueira

   
Foto:Divulgação/Zoológico de Brasília
 


É bem abundante no Brasil, e usa o solo para fazer seus ninhos. Normalmente é monogâmica, e no período de incubação, o macho é responsável por levar o alimento à fêmea.


Gavião-carijó

   
Foto:Michelle Granato/Redes Sociais
 


Também tem um acasalamento monogâmico, onde a fêmea choca os ovos e o macho caça para alimentá-la durante o período de incubação e ainda na criação dos filhotes.


Ariranha

   
Foto:Shutterstock
 
São maiores que as lontras, mas também brincalhonas e barulhentas. Vivem em pequenos grupos, mas é um mamífero fiel ao parceiro.     

Atualidades

Home > Noticias > null

No Dia dos Namorados, conheça animais da Amazônia que são fiéis até a morte

Araras, Papagaios, Periquitos e até baratas costumam ser monogâmicos e manter o mesmo parceria pelo resto da vida

William Costa

William.costa@portalamazonia.com


Neste Dia dos Namorados, nós do Portal Amazônia não poderíamos ficar de fora das comemorações e, para isso, fizemos uma lista para mostrar um pouco da relação amorosa entre algumas espécies de animais encontrados na Amazônia. Conheça 8 animais da região que são fiéis até a morte:


Araras, Papagaios e Periquitos (Psitacídeos)
   
Foto:Divulgação/Shutterstock
 


São bem parecidos e comumente encontrados nas árvores das cidades amazônicas. Eles andam em grupos, e em muitos casos formam casais monogâmicos que ficarão juntos e fiéis um ao outro, a vida inteira. O período reprodutivo é entre julho e dezembro.


Lobo-guará (Chrysocyon brachyurus)
   
Foto:Divulgação
 


É uma espécie ameaçada de extinção, que está presente na área de fronteira entre Amazônia e o Cerrado. Praticam a monogâmia, que fica mais evidente durante o período reprodutivo, fora disso são bem distantes e dormem sozinhos.


Baratas

   
Foto:Divulgação
 


Sim, elas são monogâmicas e os relacionamentos geralmente duram para sempre.


Urubu-de-cabeça-preta


   
Foto:Linda Wright/Divulgação
 


São vistos em bandos sobrevoando as áreas urbanas das cidades. É um animal que também é fiel à parceira no período de reprodução.


Morcego da Amazônia (Vampyrum spectrum)

   
Foto:Oriol Massana Adrià López-Baucells/Divulgação
 


É um carnívoro, também conhecido por Andirá-guaçu, e formam casais fieis até a morte.


Coruja-buraqueira

   
Foto:Divulgação/Zoológico de Brasília
 


É bem abundante no Brasil, e usa o solo para fazer seus ninhos. Normalmente é monogâmica, e no período de incubação, o macho é responsável por levar o alimento à fêmea.


Gavião-carijó

   
Foto:Michelle Granato/Redes Sociais
 


Também tem um acasalamento monogâmico, onde a fêmea choca os ovos e o macho caça para alimentá-la durante o período de incubação e ainda na criação dos filhotes.


Ariranha

   
Foto:Shutterstock
 
São maiores que as lontras, mas também brincalhonas e barulhentas. Vivem em pequenos grupos, mas é um mamífero fiel ao parceiro.     

TAG dia dos namoradosnamoroanimais parceiros monogamicosanimais namorados amazoniaespecias namoram vida toda