Esportes

Moju recebe primeira seletiva dos Jogos Estudantis Paraenses

Mais de mil alunos participaram da abertura da primeira seletiva regional dos Jogos Estudantis Paraenses


Mais de mil alunos participaram da abertura da primeira seletiva regional dos Jogos Estudantis Paraenses (Jeps), nesta quarta-feira, 17. O evento foi realizado no Ginásio Poliesportivo Iverson Pereira dos Santos, no município de Moju, no nordeste do Estado. Desta seletiva participam seis municípios (Moju, Abaetetuba, Barcarena, Tailândia, Igarapé Miri e Acará) reunindo mais de 600 atletas das modalidades Basquete, Handebol, Futsal e Volei (Masculino e Feminino nas categorias A e B) até o proximo domingo, 21.
 

 

Foto:Divulgação/Agência Pará

 

O evento contou com um grande público que assistiu a apresentação dos Hinos Nacional, Paraense e do Município pelo Coro de Libras; o desfile das bandeiras e das delegações e apresentações artísticas. Para o coordenador da seletiva, Albino Pacheco, a regional de Moju traz uma característica especial, que é a participação maciça do público e a rivalidade das equipes que garantem bons resultados dos classificados na Etapa Estadual. “As equipes desta regional geralmente ficam entre os primeiros colocados”, destaca.
A novidade neste ano nos Jeps é a participação dos oficineiros de Comunicação Popular do Projeto Biizu, da Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) que desde segunda-feira, 15, estão no município transmitindo conhecimento em fotografia e audiovisual para aproximadamente 80 alunos e com eles realizando uma espécie de “Profissão Repórter” na cobertura jornalística do evento.
O coordenador do Projeto Biizu no município, Felipe Braun, comenta que os alunos que estão fazendo parte das oficinas estão dando um clima diferente ao evento esportivo. “Junta as duas coisas: o aluno que já torcia pelas suas equipes hoje pode fazer mais do que isso, auxiliando na cobertura jornalística”, comenta.
Uma das equipes mais fortes da seletiva vem do município de Abaetetuba, que neste ano participa com uma delegação de 18 alunos. “Quando nós entramos em uma seletiva é para conquistar o destaque. Nós nos preparamos muito para isso, nossas equipes treinaram muito”, ressaltou o técnico da delegação, Samuel Leão.
A importância dos jogos
Neste ano, mais de 26 mil alunos-atletas de 138 escolas do estado do Pará participam da 59ª edição dos Jogos Estudantis Paraenses 2017 (Jeps). A competição terá sete regionais: Moju, Mocajuba, Breves, Maracanã, Santa Izabel, Igarapé-Açu e Marabá. Os alunos competirão nas modalidades coletivas que são: Vôlei, Futsal, Handebol e Basquete Masculino e Feminino, e nas modalidades individuais que envolvem Tênis de Mesa e Xadrez, na categoria A, de 12 a 14 anos, e B, de 15 a 17 anos.
Os alunos-atletas que se destacarem nas modalidades individuais, assim como as equipes campeãs das modalidades coletivas irão representar o estado do Pará nos Jogos Escolares da Juventude, que acontecem anualmente, sendo promovido pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) em parceria com o Ministério do Esporte e apoio do grupo Globo. Este é o maior evento esportivo estudantil do Brasil.
A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), por meio do Projeto Construindo Sonhos, irá realizar inúmeras palestras sobre Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas, enfatizando os perigos que os atletas correm quando são levados para outros lugares com promessas de sucesso.
O Núcleo de Esporte e Lazer (NEL) ministrará, por meio de seus professores de Educação Física, oficinas sobre Esporte Escolar, Educação Física Escolar e Adaptada. Os Jeps também terão um hotsite, o objetivo é fazer com que o aluno-atleta fique atualizado sobre os acontecimentos dos jogos, compartilhando fotos, vídeos, notícias e comunicados sobre a competição. Para acessar basta digitar o endereço eletrônico www.jeps.pa.gov.br.


Esportes

Moju recebe primeira seletiva dos Jogos Estudantis Paraenses

Mais de mil alunos participaram da abertura da primeira seletiva regional dos Jogos Estudantis Paraenses

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Mais de mil alunos participaram da abertura da primeira seletiva regional dos Jogos Estudantis Paraenses (Jeps), nesta quarta-feira, 17. O evento foi realizado no Ginásio Poliesportivo Iverson Pereira dos Santos, no município de Moju, no nordeste do Estado. Desta seletiva participam seis municípios (Moju, Abaetetuba, Barcarena, Tailândia, Igarapé Miri e Acará) reunindo mais de 600 atletas das modalidades Basquete, Handebol, Futsal e Volei (Masculino e Feminino nas categorias A e B) até o proximo domingo, 21.
 

 

Foto:Divulgação/Agência Pará

 

O evento contou com um grande público que assistiu a apresentação dos Hinos Nacional, Paraense e do Município pelo Coro de Libras; o desfile das bandeiras e das delegações e apresentações artísticas. Para o coordenador da seletiva, Albino Pacheco, a regional de Moju traz uma característica especial, que é a participação maciça do público e a rivalidade das equipes que garantem bons resultados dos classificados na Etapa Estadual. “As equipes desta regional geralmente ficam entre os primeiros colocados”, destaca.
A novidade neste ano nos Jeps é a participação dos oficineiros de Comunicação Popular do Projeto Biizu, da Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) que desde segunda-feira, 15, estão no município transmitindo conhecimento em fotografia e audiovisual para aproximadamente 80 alunos e com eles realizando uma espécie de “Profissão Repórter” na cobertura jornalística do evento.
O coordenador do Projeto Biizu no município, Felipe Braun, comenta que os alunos que estão fazendo parte das oficinas estão dando um clima diferente ao evento esportivo. “Junta as duas coisas: o aluno que já torcia pelas suas equipes hoje pode fazer mais do que isso, auxiliando na cobertura jornalística”, comenta.
Uma das equipes mais fortes da seletiva vem do município de Abaetetuba, que neste ano participa com uma delegação de 18 alunos. “Quando nós entramos em uma seletiva é para conquistar o destaque. Nós nos preparamos muito para isso, nossas equipes treinaram muito”, ressaltou o técnico da delegação, Samuel Leão.
A importância dos jogos
Neste ano, mais de 26 mil alunos-atletas de 138 escolas do estado do Pará participam da 59ª edição dos Jogos Estudantis Paraenses 2017 (Jeps). A competição terá sete regionais: Moju, Mocajuba, Breves, Maracanã, Santa Izabel, Igarapé-Açu e Marabá. Os alunos competirão nas modalidades coletivas que são: Vôlei, Futsal, Handebol e Basquete Masculino e Feminino, e nas modalidades individuais que envolvem Tênis de Mesa e Xadrez, na categoria A, de 12 a 14 anos, e B, de 15 a 17 anos.
Os alunos-atletas que se destacarem nas modalidades individuais, assim como as equipes campeãs das modalidades coletivas irão representar o estado do Pará nos Jogos Escolares da Juventude, que acontecem anualmente, sendo promovido pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) em parceria com o Ministério do Esporte e apoio do grupo Globo. Este é o maior evento esportivo estudantil do Brasil.
A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), por meio do Projeto Construindo Sonhos, irá realizar inúmeras palestras sobre Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas, enfatizando os perigos que os atletas correm quando são levados para outros lugares com promessas de sucesso.
O Núcleo de Esporte e Lazer (NEL) ministrará, por meio de seus professores de Educação Física, oficinas sobre Esporte Escolar, Educação Física Escolar e Adaptada. Os Jeps também terão um hotsite, o objetivo é fazer com que o aluno-atleta fique atualizado sobre os acontecimentos dos jogos, compartilhando fotos, vídeos, notícias e comunicados sobre a competição. Para acessar basta digitar o endereço eletrônico www.jeps.pa.gov.br.

TAG