Internacional

Maduro cancela ida à Cúpula das América em Lima, no Peru

O encontro será realizado entre os dias 13 e 14 de abril

Portal Amazônia, com informações da ANSA

jornalismo@portalamazonia.com


O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, confirmou nesta terça-feira (10) que não irá participar da Cúpula das Américas, que será realizada entre os dias 13 e 14 de abril, em Lima, no Peru.

O cancelamento da participação do líder venezuelano na reunião acontece após ter declarado em fevereiro que "faça chuva ou faça sol, por ar, terra, ou mar" ele iria participar da Cúpula. "Retiraram a segurança para toda a delegação da Venezuela, por isto decidi que não vou à Cúpula", alegou Maduro. 

   
Foto: Reprodução
 
Outro que também cancelou sua participação foi o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Segundo Maduro, a ausência do chefe de Estado norte-americano é um desprezo que o magnata sente pelos líderes das nações que participarão da reunião. 

Durante a realização da Cúpula das Américas, Madurou revelou que irá permanecer na Venezuela para celebrar "a derrota do golpe de Estado", que, em 2002, tirou brevemente do poder o antigo presidente do país Hugo Chávez (1999-2013). 

O Peru vetou a presença do líder venezuelano da reunião por conta da quebra do regime democrático do país

Internacional

Home > Noticias > null

Maduro cancela ida à Cúpula das América em Lima, no Peru

O encontro será realizado entre os dias 13 e 14 de abril

Portal Amazônia, com informações da ANSA

jornalismo@portalamazonia.com


O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, confirmou nesta terça-feira (10) que não irá participar da Cúpula das Américas, que será realizada entre os dias 13 e 14 de abril, em Lima, no Peru.

O cancelamento da participação do líder venezuelano na reunião acontece após ter declarado em fevereiro que "faça chuva ou faça sol, por ar, terra, ou mar" ele iria participar da Cúpula. "Retiraram a segurança para toda a delegação da Venezuela, por isto decidi que não vou à Cúpula", alegou Maduro. 

   
Foto: Reprodução
 
Outro que também cancelou sua participação foi o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Segundo Maduro, a ausência do chefe de Estado norte-americano é um desprezo que o magnata sente pelos líderes das nações que participarão da reunião. 

Durante a realização da Cúpula das Américas, Madurou revelou que irá permanecer na Venezuela para celebrar "a derrota do golpe de Estado", que, em 2002, tirou brevemente do poder o antigo presidente do país Hugo Chávez (1999-2013). 

O Peru vetou a presença do líder venezuelano da reunião por conta da quebra do regime democrático do país

TAG Nicolas MaduroPerucupula em limacupula das americas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
VOCÊ VIU ?