Publicidade

Internacional

Inflação na Venezuela ultrapassa 1 milhão por cento e comerciantes já optam por trocas em dólares

Milu de Almeida, conselheira das comunidades pela Venezuela, diz que o povo que ganha um salário mínimo não consegue chegar aos produtos

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


A inflação na Venezuela ultrapassa mais de 1 milhão por cento, segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI). 

 

Milu de Almeida, conselheira das comunidades pela Venezuela, diz que o povo que ganha um salário mínimo não consegue chegar aos produtos e dá um exemplo: "um litro de leite está em 12 mil [bolívares], e o salario mínimo é de 40 mil".

 

Foto: Divulgação

Muitos dos comerciantes, como já não confiam no valor da moeda oficial, pedem as trocas comerciais em dólares, “o que é ilegal”, afirmou Milu.

 

Uma reunião conjunta está sendo realizada, nesta segunda-feira (3), em Nova York entre o Grupo de Contato Internacional para a Venezuela e o Grupo de Lima. O objetivo do encontro é contribuir para uma solução pacífica e democrática para a crise no país.

 

     

Internacional

Home > Noticias > null

Inflação na Venezuela ultrapassa 1 milhão por cento e comerciantes já optam por trocas em dólares

Milu de Almeida, conselheira das comunidades pela Venezuela, diz que o povo que ganha um salário mínimo não consegue chegar aos produtos

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


A inflação na Venezuela ultrapassa mais de 1 milhão por cento, segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI). 

 

Milu de Almeida, conselheira das comunidades pela Venezuela, diz que o povo que ganha um salário mínimo não consegue chegar aos produtos e dá um exemplo: "um litro de leite está em 12 mil [bolívares], e o salario mínimo é de 40 mil".

 

Foto: Divulgação

Muitos dos comerciantes, como já não confiam no valor da moeda oficial, pedem as trocas comerciais em dólares, “o que é ilegal”, afirmou Milu.

 

Uma reunião conjunta está sendo realizada, nesta segunda-feira (3), em Nova York entre o Grupo de Contato Internacional para a Venezuela e o Grupo de Lima. O objetivo do encontro é contribuir para uma solução pacífica e democrática para a crise no país.

 

     

TAG venezuelainflacaobolivar