Publicidade

Ciência e Tecnologia

Home > Noticias > null

INDT, PFP Tech e Microsoft lançam estúdio de desenvolvimento de games em Manaus

Kukoo Monkeys – The Lost Pets é o nome do primeiro jogo que está sendo projeto no espaço e chegará ao mercado em 2020 para o consoles X-Box, da Microsoft.

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Manaus ganhou um novo estúdio de games. Como iniciativa para o desenvolvimento de jogos na região norte, o Amazon Forest Game Studio foi inaugurado na tarde desta quinta-feira (21), na sede da Fundação Paulo Feitosa (FPF Tech), no Distrito Industrial, zona Sul da capital. O espaço é focado no desenvolvimento do ecossistema de games e na formação de competências.
     
Foto:Sandro Feitosa/Rede Amazônica
 


O Brasil é hoje, um dos maiores de games do mundo. A Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia da Consultoria Pwc, aponta que o mercado brasileiro de games deve crescer 5,3 % até 2022. Pensando nesse potencial, o novo estúdio prevê a realização de concursos, treinamentos e premiações envolvendo os empreendedores digitais na área.


Carlos Geraldo Feitoza, ceo da FPF Tech ressalta que a proposta do estúdio é fomentar o ecossistema da região.


"A proposta é criar na região um ecossistema de games. Nós precisamos fomentar na nossa região, essa competência, porque games é uma das áreas que mais crescem no mundo, e a nossa  meta é alcançar o mundo", disse.
       
Foto:Sandro Feitosa/Rede Amazônica
 


'Kukoo Monkeys – The Lost Pets' é o nome do primeiro jogo que está sendo projeto no espaço e chegará ao mercado em 2020 para o consoles X-Box, da Microsoft. Olímpio Neto, coo da Kukko Monkeys lembra que, além de desenvolver o ecossistema de games da região, o laboratório proporcionará um reconhecimento mundial ao Amazonas na área dos jogos.


"A gente tá inserido dentro de um contexto maior que é desenvolver o ecossistema de games aqui na região amazônica. Então, alinhados com o INDT, FPF Tech e Microsoft, a gente tá desenvolvendo um jogo. O objetivo da gente é criar um título com potencial de mercado global, em que a gente possa transformar o Amazonas como uma referência como pólo desenvolvedor de jogos, e isso está inserido dentro de economia digital e desenvolvimento sustentável", disse.


O subsecretário de gestão da Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação de Manaus (Semef) lembra que o a prefeitura já está buscando o desenvolvimento de um polo digital na cidade com o objetivo de desenvolver competências e mais iniciativas na área da inovação, empreendedorismo e tecnologia.


"Dentro do Planejamento Estratégico Manaus 2030 temos eixos e um deles é o que fala sobre o crescimento econômico, e tem uma linha de objetivo estratégico que é o desenvolvimento de novas matrizes econômicas, e então, todas essas iniciativas ligadas ao fortalecimento do polo digital e ecossistema de inovação da cidade Manaus estão, dentro dessa iniciativa estratégica para desenvolver a mão de obra local e do fortalecimento da economia", ressaltou.
 
 
 










   
Ciência e Tecnologia

INDT, PFP Tech e Microsoft lançam estúdio de desenvolvimento de games em Manaus

Kukoo Monkeys – The Lost Pets é o nome do primeiro jogo que está sendo projeto no espaço e chegará ao mercado em 2020 para o consoles X-Box, da Microsoft.


Manaus ganhou um novo estúdio de games. Como iniciativa para o desenvolvimento de jogos na região norte, o Amazon Forest Game Studio foi inaugurado na tarde desta quinta-feira (21), na sede da Fundação Paulo Feitosa (FPF Tech), no Distrito Industrial, zona Sul da capital. O espaço é focado no desenvolvimento do ecossistema de games e na formação de competências.
     
Foto:Sandro Feitosa/Rede Amazônica
 


O Brasil é hoje, um dos maiores de games do mundo. A Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia da Consultoria Pwc, aponta que o mercado brasileiro de games deve crescer 5,3 % até 2022. Pensando nesse potencial, o novo estúdio prevê a realização de concursos, treinamentos e premiações envolvendo os empreendedores digitais na área.


Carlos Geraldo Feitoza, ceo da FPF Tech ressalta que a proposta do estúdio é fomentar o ecossistema da região.


"A proposta é criar na região um ecossistema de games. Nós precisamos fomentar na nossa região, essa competência, porque games é uma das áreas que mais crescem no mundo, e a nossa  meta é alcançar o mundo", disse.
       
Foto:Sandro Feitosa/Rede Amazônica
 


'Kukoo Monkeys – The Lost Pets' é o nome do primeiro jogo que está sendo projeto no espaço e chegará ao mercado em 2020 para o consoles X-Box, da Microsoft. Olímpio Neto, coo da Kukko Monkeys lembra que, além de desenvolver o ecossistema de games da região, o laboratório proporcionará um reconhecimento mundial ao Amazonas na área dos jogos.


"A gente tá inserido dentro de um contexto maior que é desenvolver o ecossistema de games aqui na região amazônica. Então, alinhados com o INDT, FPF Tech e Microsoft, a gente tá desenvolvendo um jogo. O objetivo da gente é criar um título com potencial de mercado global, em que a gente possa transformar o Amazonas como uma referência como pólo desenvolvedor de jogos, e isso está inserido dentro de economia digital e desenvolvimento sustentável", disse.


O subsecretário de gestão da Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação de Manaus (Semef) lembra que o a prefeitura já está buscando o desenvolvimento de um polo digital na cidade com o objetivo de desenvolver competências e mais iniciativas na área da inovação, empreendedorismo e tecnologia.


"Dentro do Planejamento Estratégico Manaus 2030 temos eixos e um deles é o que fala sobre o crescimento econômico, e tem uma linha de objetivo estratégico que é o desenvolvimento de novas matrizes econômicas, e então, todas essas iniciativas ligadas ao fortalecimento do polo digital e ecossistema de inovação da cidade Manaus estão, dentro dessa iniciativa estratégica para desenvolver a mão de obra local e do fortalecimento da economia", ressaltou.
 
 
 










   

TAG Amazon Forest Game StudiofpftechINDTestudio games manaus estudio microsoft games manausgames