Cidades

Grupo Rede Amazônica lança projeto 'Acelera Amazônia'

O processo do 'Acelera Amazônia' vai funcionar em dois ciclos, o primeiro começa em setembro deste ano, e vai até fevereiro de 2019

Diego Oliveira/Portal Amazônia

jornalismo@portalamazonia.com


Na tarde desta terça-feira (17) funcionários e parceiros do Grupo Rede Amazônica participaram do lançamento do projeto 'Acelera Amazônia', que tem como objetivo incentivar e conhecer as startups existentes na região Norte. 

O processo do 'Acelera Amazônia' vai funcionar em dois ciclos, o primeiro começa em setembro deste ano, e vai até fevereiro de 2019. Já o segundo, iniciará as atividades em março de 2019, e encerrá em agosto do mesmo ano. Cada ciclo contemplará seis projetos diferentes para que os amazônidas fiquem por dentro de todas as novidades empresariais.

 
 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Segundo a gerente de sustentabilidade do Grupo Rede Amazônica, Marcya Lira, o projeto visa fomentar o empreendedorismo para os amazônidas. “Vamos incentivar 12 startup, a seleção será feita em um processo interno, onde eles vão receber várias orientações, e quem sabe não transformar o projeto em um negócio de fato”, contou. 

De acordo com o CEO do Grupo Rede Amazônica, Phelippe Daou Junior, o 'Acelera Amazônia' pode se tornar um novo negócio, ou até mesmo, uma ferramente que vai descobrir novos talentos. "É extremamente importante para encontrar talentos que estão '‘flutuando’' pela Amazônia. O projeto vai permitir que a gente consiga dar folego para os empreendedores", afirmou.

 
 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Outros projetos

Além do 'Acelera Amazônia', o Grupo Rede Amazônia possui outros projetos que auxiliam a população da região, como por exemplo, o 'Ler+1', que tem como objetivo arrecadar mais de 50 mil livros para pessoas sem acesso à leitura; o 'Aproximar Muda Tudo', com ações de conscientização ao HPV; o 'Studio Educa', responsável por trabalhar o empreendedorismo em 13 bairros de Manaus, e o 'Repensar', criado para discutir tem mas variados (internet e negócios). 

Cidades

Home > Noticias > null

Grupo Rede Amazônica lança projeto 'Acelera Amazônia'

O processo do 'Acelera Amazônia' vai funcionar em dois ciclos, o primeiro começa em setembro deste ano, e vai até fevereiro de 2019

Diego Oliveira/Portal Amazônia

jornalismo@portalamazonia.com


Na tarde desta terça-feira (17) funcionários e parceiros do Grupo Rede Amazônica participaram do lançamento do projeto 'Acelera Amazônia', que tem como objetivo incentivar e conhecer as startups existentes na região Norte. 

O processo do 'Acelera Amazônia' vai funcionar em dois ciclos, o primeiro começa em setembro deste ano, e vai até fevereiro de 2019. Já o segundo, iniciará as atividades em março de 2019, e encerrá em agosto do mesmo ano. Cada ciclo contemplará seis projetos diferentes para que os amazônidas fiquem por dentro de todas as novidades empresariais.

 
 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Segundo a gerente de sustentabilidade do Grupo Rede Amazônica, Marcya Lira, o projeto visa fomentar o empreendedorismo para os amazônidas. “Vamos incentivar 12 startup, a seleção será feita em um processo interno, onde eles vão receber várias orientações, e quem sabe não transformar o projeto em um negócio de fato”, contou. 

De acordo com o CEO do Grupo Rede Amazônica, Phelippe Daou Junior, o 'Acelera Amazônia' pode se tornar um novo negócio, ou até mesmo, uma ferramente que vai descobrir novos talentos. "É extremamente importante para encontrar talentos que estão '‘flutuando’' pela Amazônia. O projeto vai permitir que a gente consiga dar folego para os empreendedores", afirmou.

 
 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Outros projetos

Além do 'Acelera Amazônia', o Grupo Rede Amazônia possui outros projetos que auxiliam a população da região, como por exemplo, o 'Ler+1', que tem como objetivo arrecadar mais de 50 mil livros para pessoas sem acesso à leitura; o 'Aproximar Muda Tudo', com ações de conscientização ao HPV; o 'Studio Educa', responsável por trabalhar o empreendedorismo em 13 bairros de Manaus, e o 'Repensar', criado para discutir tem mas variados (internet e negócios). 

TAG manausAmazonasprojetoGrupo Rede AmazônicaAcelera Amazônia