Cidades

Governo libera R$ 600 mil para ajudar venezuelanos em município de Roraima

Pacaraima tem 30 dias para elaborar plano de trabalho

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


O Ministério do Desenvolvimento Social autorizou, nesta segunda-feira (12), o repasse emergencial de R$ 600 mil à prefeitura de Pacaraima para garantir ajuda a até 250 dos imigrantes venezuelanos que estão na região.

O município de Roraima fica na fronteira com a Venezuela e é uma porta de entrada para imigrantes que fogem da crise econômica e social no país vizinho. Entre janeiro e fevereiro de 2018, mais de 24 mil venezuelanos entraram no país pelo posto da Polícia Federal em Pacaraima.

A portaria foi publicada nesta segunda-feira (12) no Diário Oficial da União e prevê que o valor será depositado nas contas de Pacaraima em parcela única. A partir do recebimento dos recursos, a prefeitura terá 30 dias para apresentar um plano de trabalho com a “previsão de atendimento físico-financeiro e o cronograma de atividades com metas a serem atingidas” e deve gastar o montante em até 6 meses.

Caso a prefeitura não envie o plano, o valor deverá ser devolvido ao governo federal.

Cidades

Home > Noticias > null

Governo libera R$ 600 mil para ajudar venezuelanos em município de Roraima

Pacaraima tem 30 dias para elaborar plano de trabalho

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


O Ministério do Desenvolvimento Social autorizou, nesta segunda-feira (12), o repasse emergencial de R$ 600 mil à prefeitura de Pacaraima para garantir ajuda a até 250 dos imigrantes venezuelanos que estão na região.

O município de Roraima fica na fronteira com a Venezuela e é uma porta de entrada para imigrantes que fogem da crise econômica e social no país vizinho. Entre janeiro e fevereiro de 2018, mais de 24 mil venezuelanos entraram no país pelo posto da Polícia Federal em Pacaraima.

A portaria foi publicada nesta segunda-feira (12) no Diário Oficial da União e prevê que o valor será depositado nas contas de Pacaraima em parcela única. A partir do recebimento dos recursos, a prefeitura terá 30 dias para apresentar um plano de trabalho com a “previsão de atendimento físico-financeiro e o cronograma de atividades com metas a serem atingidas” e deve gastar o montante em até 6 meses.

Caso a prefeitura não envie o plano, o valor deverá ser devolvido ao governo federal.

TAG PacaraimaRoraimavenezuelanos