Publicidade

Cidades

Funai diz que fotos de indígenas isolados são desrespeito

O órgão promete tomar providências para a responsabilização dos envolvidos


A Fundação Nacional do Índio (Funai) divulgou nota nesta sexta-feira (23) com severas críticas às fotos de indígenas isolados publicadas no site da National Geographic. O órgão também diz que, as imagens, não contribuem para a defesas dos povos indígenas, mas somente "servem interesses de venda de notícias sensacionalistas".

As fotos, feitas pelo fotógrafo brasileiro Ricardo Stuckert, foram divulgadas na última quarta-feira (22) na matéria 'Stunning New Photos of Isolated Tribe Yield Surprises', assinada pelo jornalista Scott Wallace, e repercutida em diversos meios de comunicação.

Em entrevista ao Portal Amazônia, Stuckert contou que fez as imagens por acaso. Ele também disse que, do helicóptero em que estava, só viu a oca erguida no meio da floresta.

Leia a nota na íntegra:

"Primeiramente, a reportagem demonstra desrespeito aos povos indígenas isolados ao expor publicamente indígenas que se mantém em isolamento por decisões próprias. O teor invasivo do sobrevoo e, consequentemente, das fotografias pode ser percebido no semblante de terror dos indígenas e na postura de ataque ao empunhar arcos e flechas contra a aeronave, conforme registrado na própria reportagem. Os efeitos de uma violência simbólica desse nível são social e culturalmente imensuráveis.

A instituição refuta argumentos que defendem que esse tipo de trabalho pode, de alguma maneira, contribuir para a defesa dos povos em questão, uma vez que atende somente aos interesses de venda de notícias sensacionalistas, não segue estratégias de proteção territorial e se omite diante dos direitos dos povos indígenas. Prova disso é o fato de que o trabalho foi realizado à revelia dos trâmites necessários ao controle de acesso a Terras Indígenas, inexistindo autorização de ingresso ou observância do direito de imagem, o que configura violação de direitos fundamentais preconizados na Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho.

A legislação indigenista tem mecanismos de proteção aos povos indígenas isolados e de recente contato, de maneira que a Funai tomará providências para a devida responsabilização dos autores e envolvidos, assim como para o resguardo dos povos indígenas em questão.

Fundação Nacional do Índio (Funai).
"

Cidades

Home > Noticias > null

Funai diz que fotos de indígenas isolados são desrespeito

O órgão promete tomar providências para a responsabilização dos envolvidos

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


A Fundação Nacional do Índio (Funai) divulgou nota nesta sexta-feira (23) com severas críticas às fotos de indígenas isolados publicadas no site da National Geographic. O órgão também diz que, as imagens, não contribuem para a defesas dos povos indígenas, mas somente "servem interesses de venda de notícias sensacionalistas".

As fotos, feitas pelo fotógrafo brasileiro Ricardo Stuckert, foram divulgadas na última quarta-feira (22) na matéria 'Stunning New Photos of Isolated Tribe Yield Surprises', assinada pelo jornalista Scott Wallace, e repercutida em diversos meios de comunicação.

Em entrevista ao Portal Amazônia, Stuckert contou que fez as imagens por acaso. Ele também disse que, do helicóptero em que estava, só viu a oca erguida no meio da floresta.

Leia a nota na íntegra:

"Primeiramente, a reportagem demonstra desrespeito aos povos indígenas isolados ao expor publicamente indígenas que se mantém em isolamento por decisões próprias. O teor invasivo do sobrevoo e, consequentemente, das fotografias pode ser percebido no semblante de terror dos indígenas e na postura de ataque ao empunhar arcos e flechas contra a aeronave, conforme registrado na própria reportagem. Os efeitos de uma violência simbólica desse nível são social e culturalmente imensuráveis.

A instituição refuta argumentos que defendem que esse tipo de trabalho pode, de alguma maneira, contribuir para a defesa dos povos em questão, uma vez que atende somente aos interesses de venda de notícias sensacionalistas, não segue estratégias de proteção territorial e se omite diante dos direitos dos povos indígenas. Prova disso é o fato de que o trabalho foi realizado à revelia dos trâmites necessários ao controle de acesso a Terras Indígenas, inexistindo autorização de ingresso ou observância do direito de imagem, o que configura violação de direitos fundamentais preconizados na Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho.

A legislação indigenista tem mecanismos de proteção aos povos indígenas isolados e de recente contato, de maneira que a Funai tomará providências para a devida responsabilização dos autores e envolvidos, assim como para o resguardo dos povos indígenas em questão.

Fundação Nacional do Índio (Funai).
"

TAG Amazonia LegalindigenasAcreindigenas isoladosfotografia