Publicidade

Cidades

FIINSA inicia programação com desafios de negócios sustentáveis na Amazônia

Evento reúne empreendedores e investidores com o intuito de criar um ambiente propício para novos negócios


O primeiro Fórum de Investimentos de Impacto e Negócios Sustentáveis da Amazônia (FIINSA) começa nesta terça-feira (13) com importantes discussões sobre os principais desafios em desenvolver o mercado para empreendimentos deste tipo. Organizado pela Plataforma de Parceiros pela Amazônia (PPA), o evento traz na sua abertura um painel sobre os caminhos para a atração de investimentos para a região, com a presença de representante do BNDES e agências de financiamento. A programação se estende até essa quarta-feira (14), com palestras, rodadas de investimentos e premiação aos negócios de maior destaque.

O Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Idesam) é responsável por coordenar a PPA, uma rede de empresas que se uniram para fomentar iniciativas de impacto socioambiental na Amazônia. Com isso em mente, nasceu a proposta da PPA em organizar o Fórum enquanto espaço de diálogo, trocas de experiências e boas práticas entre startups amazônicas e seus potenciais investidores nacionais e internacionais.

Esse conceito balizou a escolha dos palestrantes do evento, que no primeiro dia abordam temas importantes como a atividade agropecuária na Amazônia, a economia de comunidades extrativistas da floresta e apresentação de cases brasileiros de sucesso, para inspirar os empreendedores presentes. 

Já no segundo dia (14), um dos destaques fica para a mesa de discussões sobre o papel das grandes empresas no investimento de impacto, com a presença de representantes da Natura, Ambev e Coca-Cola, além de uma oficina prática sobre Economia Circular e Design Thinking, com Renata Truzzi. Também está previsto para este dia um painel sobre mudanças climáticas e serviços ambientais no contexto empresarial.  A programação completa com horários e todos os palestrantes confirmados está disponível no site oficial do FIINSA (http://forum.ppa.org.br) e no aplicativo para smartphones Eventool.

A PPA e o FIINSA contam com apoio da USAID, agência norte-americana de desenvolvimento, que trabalha em parceria com governos, instituições e empresas locais. O diretor da USAID no Brasil, Michael Eddy, disse acreditar que o trabalho junto da PPA, na Amazônia, possui um caráter pioneiro e é uma iniciativa que precisa ser consolidada.

“Entendemos que junto com investidores socioambientais e empresas do setor privado podemos unir esforços e alavancar recursos que, de outra forma, não seriam possíveis.Temos certeza que o Fórum apresentará excelentes resultados”, afirma Eddy.

Os empreendedores participantes do FIINSA – já selecionados através de um edital lançado em julho deste ano – vão apresentar seus cases durante o evento. Os de maior interesse poderão receber investimentos de até R$ 600 mil. Há ainda a possibilidade de concorrer a prêmios de atéR$ 20 mil, além da participação em um programa de aceleração e incubação da PPA.

“Nosso foco é incentivar o surgimento – e o desenvolvimento – de negócios sociais e de impacto: que promovem a geração de emprego e renda, a relação justa de mercado e a redução da desigualdade de jovens e mulheres no setor corporativo”, ressalta Mariano Cenamo, coordenador da PPA pelo Idesam.

Sobre a PPA

A Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA) busca o maior engajamento de empresas na busca por soluções concretas e abordagens de negócios para promover o desenvolvimento social e econômico, aliado à conservação ambiental na Amazônia. A plataforma é coordenada pelo Idesam, com apoio da USAID e CIAT, com orientação de um comitê de governança composto por empresas como Ambev, Bemol, Coca-Cola Brasil, DD&L Advogados, Dow, Grupo Nova Era, KPMG, Natura, Whirlpool e Rede Amazônica. Saiba mais sobre a PPA em ppa.org.br.

Cidades

Home > Noticias > null

FIINSA inicia programação com desafios de negócios sustentáveis na Amazônia

Evento reúne empreendedores e investidores com o intuito de criar um ambiente propício para novos negócios

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


O primeiro Fórum de Investimentos de Impacto e Negócios Sustentáveis da Amazônia (FIINSA) começa nesta terça-feira (13) com importantes discussões sobre os principais desafios em desenvolver o mercado para empreendimentos deste tipo. Organizado pela Plataforma de Parceiros pela Amazônia (PPA), o evento traz na sua abertura um painel sobre os caminhos para a atração de investimentos para a região, com a presença de representante do BNDES e agências de financiamento. A programação se estende até essa quarta-feira (14), com palestras, rodadas de investimentos e premiação aos negócios de maior destaque.

O Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Idesam) é responsável por coordenar a PPA, uma rede de empresas que se uniram para fomentar iniciativas de impacto socioambiental na Amazônia. Com isso em mente, nasceu a proposta da PPA em organizar o Fórum enquanto espaço de diálogo, trocas de experiências e boas práticas entre startups amazônicas e seus potenciais investidores nacionais e internacionais.

Esse conceito balizou a escolha dos palestrantes do evento, que no primeiro dia abordam temas importantes como a atividade agropecuária na Amazônia, a economia de comunidades extrativistas da floresta e apresentação de cases brasileiros de sucesso, para inspirar os empreendedores presentes. 

Já no segundo dia (14), um dos destaques fica para a mesa de discussões sobre o papel das grandes empresas no investimento de impacto, com a presença de representantes da Natura, Ambev e Coca-Cola, além de uma oficina prática sobre Economia Circular e Design Thinking, com Renata Truzzi. Também está previsto para este dia um painel sobre mudanças climáticas e serviços ambientais no contexto empresarial.  A programação completa com horários e todos os palestrantes confirmados está disponível no site oficial do FIINSA (http://forum.ppa.org.br) e no aplicativo para smartphones Eventool.

A PPA e o FIINSA contam com apoio da USAID, agência norte-americana de desenvolvimento, que trabalha em parceria com governos, instituições e empresas locais. O diretor da USAID no Brasil, Michael Eddy, disse acreditar que o trabalho junto da PPA, na Amazônia, possui um caráter pioneiro e é uma iniciativa que precisa ser consolidada.

“Entendemos que junto com investidores socioambientais e empresas do setor privado podemos unir esforços e alavancar recursos que, de outra forma, não seriam possíveis.Temos certeza que o Fórum apresentará excelentes resultados”, afirma Eddy.

Os empreendedores participantes do FIINSA – já selecionados através de um edital lançado em julho deste ano – vão apresentar seus cases durante o evento. Os de maior interesse poderão receber investimentos de até R$ 600 mil. Há ainda a possibilidade de concorrer a prêmios de atéR$ 20 mil, além da participação em um programa de aceleração e incubação da PPA.

“Nosso foco é incentivar o surgimento – e o desenvolvimento – de negócios sociais e de impacto: que promovem a geração de emprego e renda, a relação justa de mercado e a redução da desigualdade de jovens e mulheres no setor corporativo”, ressalta Mariano Cenamo, coordenador da PPA pelo Idesam.

Sobre a PPA

A Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA) busca o maior engajamento de empresas na busca por soluções concretas e abordagens de negócios para promover o desenvolvimento social e econômico, aliado à conservação ambiental na Amazônia. A plataforma é coordenada pelo Idesam, com apoio da USAID e CIAT, com orientação de um comitê de governança composto por empresas como Ambev, Bemol, Coca-Cola Brasil, DD&L Advogados, Dow, Grupo Nova Era, KPMG, Natura, Whirlpool e Rede Amazônica. Saiba mais sobre a PPA em ppa.org.br.

TAG FIINSA