Publicidade

Saúde

Exames realizados em Rio Branco dão negativo para doença de Chagas

População foi convocada após prefeitura constatar contaminação de açaí em mercado da cidade

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


Exames de sangue realizados em Rio Branco, no Acre, após anúncio de contaminação de açaí dão negativo para doença de Chagas. Dos 4.152 exames realizados entre os dias 4 a 18 de fevereiro, apenas 218 ainda estão em análise. Os demais apresentaram resultados “não reagentes” para a doença de Chagas. 
 
Foto: Divulgação
 
As informações foram divulgadas pela Secretaria de Saúde de Rio Branco. De acordo com a pasta, o município seguiu o protocolo do Ministério da Saúde ao identificar a presença de fragmentos de DNA de Trypanosoma cruzi - o protozoário causador da doença de Chagas - em açaí comercializado em um mercado da capital. 

As pessoas que consumiram o produto foram convocadas para a realização de exames de prevenção. Todas as análises devem ser concluídas até o fim de fevereiro.
 

Saúde

Home > Noticias > null

Exames realizados em Rio Branco dão negativo para doença de Chagas

População foi convocada após prefeitura constatar contaminação de açaí em mercado da cidade

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


Exames de sangue realizados em Rio Branco, no Acre, após anúncio de contaminação de açaí dão negativo para doença de Chagas. Dos 4.152 exames realizados entre os dias 4 a 18 de fevereiro, apenas 218 ainda estão em análise. Os demais apresentaram resultados “não reagentes” para a doença de Chagas. 
 
Foto: Divulgação
 
As informações foram divulgadas pela Secretaria de Saúde de Rio Branco. De acordo com a pasta, o município seguiu o protocolo do Ministério da Saúde ao identificar a presença de fragmentos de DNA de Trypanosoma cruzi - o protozoário causador da doença de Chagas - em açaí comercializado em um mercado da capital. 

As pessoas que consumiram o produto foram convocadas para a realização de exames de prevenção. Todas as análises devem ser concluídas até o fim de fevereiro.
 

TAG doenca de chagasrio brancoacreacai contaminado