Publicidade

Internacional

Home > Noticias > null

Em meio a negociações, Papa faz novo apelo para Venezuela

O Papa Francisco pediu "acordo que ponha fim ao sofrimento do povo"

Portal Amazônia, com informações da Ansa

jornalismo@portalamazonia.com


O papa Francisco renovou neste domingo (14), durante a celebração do Angelus na Praça São Pedro, Vaticano, seus apelos pela paz na Venezuela.


"Mais uma vez desejo exprimir proximidade ao amado povo venezuelano, particularmente em prova por causa do perdurar da crise. Oremos para o Senhor inspirar e iluminar as partes em causa, para que elas possam chegar o quanto antes a um acordo que ponha fim ao sofrimento do povo, pelo bem do país e de toda a região", disse. 
 
Foto:Divulgação/Vatican News
 

O apelo chega em meio à retomada das negociações entre delegações do presidente em exercício Nicolás Maduro e do autoproclamado presidente Juan Guaidó. A terceira rodada de tratativas, que são mediadas pela Noruega, ocorreu na ilha de Barbados e terminou na última sexta-feira (12).

O governo e a oposição concordaram em constituir uma "mesa que trabalhará de modo contínuo e veloz". "O objetivo é chegar a uma solução concordada no quadro das possibilidades que a Constituição oferece", diz um documento divulgado após o fim da reunião.


A Venezuela já enfrenta vários anos de crise política, social e econômica, que se agravou em janeiro passado, quando Guaidó, presidente da Assembleia Nacional, o parlamento sem poderes dominado pela oposição, se autoproclamou presidente interino do país por não reconhecer o segundo mandato de Maduro.


Guaidó é reconhecido como chefe de Estado legítimo por cerca de 50 países, incluindo Brasil e Estados Unidos, mas Maduro ainda é considerado presidente pela maior parte das nações, com destaque para Rússia, China e Turquia.
Internacional

Em meio a negociações, Papa faz novo apelo para Venezuela

O Papa Francisco pediu "acordo que ponha fim ao sofrimento do povo"

Portal Amazônia, com informações da Ansa

jornalismo@portalamazonia.com


O papa Francisco renovou neste domingo (14), durante a celebração do Angelus na Praça São Pedro, Vaticano, seus apelos pela paz na Venezuela.


"Mais uma vez desejo exprimir proximidade ao amado povo venezuelano, particularmente em prova por causa do perdurar da crise. Oremos para o Senhor inspirar e iluminar as partes em causa, para que elas possam chegar o quanto antes a um acordo que ponha fim ao sofrimento do povo, pelo bem do país e de toda a região", disse. 
 
Foto:Divulgação/Vatican News
 

O apelo chega em meio à retomada das negociações entre delegações do presidente em exercício Nicolás Maduro e do autoproclamado presidente Juan Guaidó. A terceira rodada de tratativas, que são mediadas pela Noruega, ocorreu na ilha de Barbados e terminou na última sexta-feira (12).

O governo e a oposição concordaram em constituir uma "mesa que trabalhará de modo contínuo e veloz". "O objetivo é chegar a uma solução concordada no quadro das possibilidades que a Constituição oferece", diz um documento divulgado após o fim da reunião.


A Venezuela já enfrenta vários anos de crise política, social e econômica, que se agravou em janeiro passado, quando Guaidó, presidente da Assembleia Nacional, o parlamento sem poderes dominado pela oposição, se autoproclamou presidente interino do país por não reconhecer o segundo mandato de Maduro.


Guaidó é reconhecido como chefe de Estado legítimo por cerca de 50 países, incluindo Brasil e Estados Unidos, mas Maduro ainda é considerado presidente pela maior parte das nações, com destaque para Rússia, China e Turquia.

TAG Papa Franciscovenezuelanosvenezuela