Publicidade

Cidades

Desabamentos e morte de adolescente são causados por forte chuva, em Manaus

Defesa Civil registrou sete ocorrências causadas pela chuva que atingiu a capital amazonense, na manhã desta quinta


A Defesa Civil registrou sete ocorrências causadas pela chuva que atingiu a capital amazonense, na manhã desta quinta-feira (10). O órgão atendeu a casos de desabamento de casa, de muro, tombamento de árvore e risco de deslizamento de barranco. Em uma das ocorrências, um adolescente de 14 anos morreu.

A Defesa Civil informou que atendeu seis chamados por meio da Central 199, além de um desabamento parcial de uma casa, que não foi registrado junto ao órgão, mas, pela gravidade, uma equipe de pronta resposta foi encaminhada ao local.
 
 
Foto: Divulgação/Defesa Civil 
Inicialmente, o desabamento foi atendido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amazonas, no bairro Colônia Terra Nova 3, zona norte. Uma parede desabou sobre um adolescente de 14 anos, que morreu no local. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) também foi acionado.

“Fizemos uma avaliação na residência, onde foi constatado que, além da calçada e do aterro terem sido construídos com apoio na parede, alguns sacos de areia obstruíram a passagem das águas da chuva ocasionando peso extra na estrutura que desabou”, explicou o secretário executivo de Proteção e Defesa Civil, Cláudio Belém.

Veja também: Chuva causa transtorno em hospital, ruas e avenidas de Porto Velho

A residência foi interditada pela Defesa Civil e a família foi encaminhada ao atendimento da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semasc). Ainda segundo Cláudio Belém, a casa localizada à direita do imóvel afetado também apresentou infiltrações.

“A residência ao lado apresentou uma erosão, mas a Secretaria Municipal de Infraestrutura, a Seminf, já está na área para solucionar essa questão e evitar que haja risco de desabamento”, concluiu.

Também foi registrado um risco de deslizamento de barranco no Monte das Oliveiras, zona norte, e o tombamento de uma árvore sobre uma casa, na terceira etapa do bairro Jorge Teixeira. Além disso, houve desabamento de casa mista na comunidade Fazendinha 2, zona norte, e desabamento de muro no bairro Novo Israel 2. Nesses outros casos, não houve registro de vítimas.

No fim da manhã desta quinta, a Defesa Civil também atendeu dois deslizamentos de barranco, um no Nova Cidade, zona norte, e outro no Nova Vitória.

Até o momento, foram 72 milímetros de chuvas, em média, registrados pelo Instituto Nacional de Meteorologia do Brasil (Inmet) e pelos pluviômetros instalados pela Defesa Civil de Manaus. As zonas mais afetadas são a Leste, com 86 milímetros, e a Norte, com 82 milímetros.

Cidades

Home > Noticias > null

Desabamentos e morte de adolescente são causados por forte chuva, em Manaus

Defesa Civil registrou sete ocorrências causadas pela chuva que atingiu a capital amazonense, na manhã desta quinta

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


A Defesa Civil registrou sete ocorrências causadas pela chuva que atingiu a capital amazonense, na manhã desta quinta-feira (10). O órgão atendeu a casos de desabamento de casa, de muro, tombamento de árvore e risco de deslizamento de barranco. Em uma das ocorrências, um adolescente de 14 anos morreu.

A Defesa Civil informou que atendeu seis chamados por meio da Central 199, além de um desabamento parcial de uma casa, que não foi registrado junto ao órgão, mas, pela gravidade, uma equipe de pronta resposta foi encaminhada ao local.
 
 
Foto: Divulgação/Defesa Civil 
Inicialmente, o desabamento foi atendido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amazonas, no bairro Colônia Terra Nova 3, zona norte. Uma parede desabou sobre um adolescente de 14 anos, que morreu no local. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) também foi acionado.

“Fizemos uma avaliação na residência, onde foi constatado que, além da calçada e do aterro terem sido construídos com apoio na parede, alguns sacos de areia obstruíram a passagem das águas da chuva ocasionando peso extra na estrutura que desabou”, explicou o secretário executivo de Proteção e Defesa Civil, Cláudio Belém.

Veja também: Chuva causa transtorno em hospital, ruas e avenidas de Porto Velho

A residência foi interditada pela Defesa Civil e a família foi encaminhada ao atendimento da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semasc). Ainda segundo Cláudio Belém, a casa localizada à direita do imóvel afetado também apresentou infiltrações.

“A residência ao lado apresentou uma erosão, mas a Secretaria Municipal de Infraestrutura, a Seminf, já está na área para solucionar essa questão e evitar que haja risco de desabamento”, concluiu.

Também foi registrado um risco de deslizamento de barranco no Monte das Oliveiras, zona norte, e o tombamento de uma árvore sobre uma casa, na terceira etapa do bairro Jorge Teixeira. Além disso, houve desabamento de casa mista na comunidade Fazendinha 2, zona norte, e desabamento de muro no bairro Novo Israel 2. Nesses outros casos, não houve registro de vítimas.

No fim da manhã desta quinta, a Defesa Civil também atendeu dois deslizamentos de barranco, um no Nova Cidade, zona norte, e outro no Nova Vitória.

Até o momento, foram 72 milímetros de chuvas, em média, registrados pelo Instituto Nacional de Meteorologia do Brasil (Inmet) e pelos pluviômetros instalados pela Defesa Civil de Manaus. As zonas mais afetadas são a Leste, com 86 milímetros, e a Norte, com 82 milímetros.

TAG chuvamanausDefesa Civil