Publicidade

Internacional

Deputados venezuelanos relatam esquema militar na fronteira com Brasil

Segundo os deputados, o forte esquema militar é organizado pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro, na fronteira com o Brasil.

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


Nas redes sociais, os deputados da Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela relatam um forte esquema militar, organizado pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro, na fronteira com o Brasil. No Twitter, um parlamentar promete enfrentar o bloqueio com “coragem e moral”.

Maduro anunciou na quinta-feira (21) o fechamento da área para impedir a entrada de ajuda humanitária, organizada pelos Estados Unidos e Brasil com colaboração de vários países e entidades internacionais.

Em um vídeo, postado na sua conta pessoal no Twitter, o deputado Americo De Grazia relata clima de tensão na fronteira e diz que três generais foram enviados para a região.

Como o vídeo foi postado de madrugada, ele anunciou reação para esta sexta-feira (22) ao longo do dia. “Abriremos a fronteira com coragem e moral", afirmou.

Deputados venezuelanos, que integram a caravana que segue para a fronteira da Venezuela com a Colômbia, denunciam nas redes sociais que os ônibus, nos quais estão, foram alvos de ataques durante a madrugada de hoje. Imagens mostram vidros quebrados e estilhaços.

A Assembleia Nacional Constituinte é formada majoritariamente por parlamentares oposicionistas ao presidente Nicolás Maduro.

Em seus discursos, ele diz o parlamento é ilegítimo. Porém, todos os parlamentares foram eleitos.  

Veja um vídeo da situação na fronteira com a Colômbia:

Internacional

Home > Noticias > null

Deputados venezuelanos relatam esquema militar na fronteira com Brasil

Segundo os deputados, o forte esquema militar é organizado pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro, na fronteira com o Brasil.

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


Nas redes sociais, os deputados da Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela relatam um forte esquema militar, organizado pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro, na fronteira com o Brasil. No Twitter, um parlamentar promete enfrentar o bloqueio com “coragem e moral”.

Maduro anunciou na quinta-feira (21) o fechamento da área para impedir a entrada de ajuda humanitária, organizada pelos Estados Unidos e Brasil com colaboração de vários países e entidades internacionais.

Em um vídeo, postado na sua conta pessoal no Twitter, o deputado Americo De Grazia relata clima de tensão na fronteira e diz que três generais foram enviados para a região.

Como o vídeo foi postado de madrugada, ele anunciou reação para esta sexta-feira (22) ao longo do dia. “Abriremos a fronteira com coragem e moral", afirmou.

Deputados venezuelanos, que integram a caravana que segue para a fronteira da Venezuela com a Colômbia, denunciam nas redes sociais que os ônibus, nos quais estão, foram alvos de ataques durante a madrugada de hoje. Imagens mostram vidros quebrados e estilhaços.

A Assembleia Nacional Constituinte é formada majoritariamente por parlamentares oposicionistas ao presidente Nicolás Maduro.

Em seus discursos, ele diz o parlamento é ilegítimo. Porém, todos os parlamentares foram eleitos.  

Veja um vídeo da situação na fronteira com a Colômbia:

TAG fronteira venezuela fechadafronteiraBrasildeputadosvenezuela