Publicidade

Cidades

Home > Noticias > null

Campanha de vacinação contra a febre aftosa no Amapá começa dia 15 de setembro

Período de imunização vai até 15 de novembro e os produtores precisam obrigatoriamente declarar a imunização até 25 de novembro

Portal Amazônia, com informações da Radioagência Nacional

jornalismo@portalamazonia.com


O lançamento da campanha estadual de vacinação contra a febre aftosa no Amapá está previsto para o próximo dia 12. O período de imunização será de 15 de setembro a 15 de novembro.

 

A expectativa da Diagro, Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária do estado, é atingir 97% de cobertura vacinal. No ano passado, o alcance foi de 95%, acima do que o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento considera como uma boa cobertura, que é de 90%.

 

Foto: EBC

De acordo com informações da Agência, neste ano, a dosagem da vacina passa a ser bivalente, ou seja, com 2 mililitros, e não com 5, como era antigamente. Trata-se de uma estratégia do plano para a retirada da vacinação, que deverá ocorrer no ano de 2021.

 

Os produtores também precisam obrigatoriamente declarar a imunização até 25 de novembro. Caso isso não seja feito, eles vão ficar impedidos de transitar e comercializar animais, terão o nome incluído na lista de inadimplentes da Diagro, e poderão ser multados.

 

Quem deixar de vacinar o rebanho deverá pagar R$ 40,50 reais por animal. Já para quem deixar de declarar a imunização, a multa é de R$ 67,50 por animal.

 

O rebanho de bubalinos no Amapá é o 2º maior do país, com mais de 290 mil cabeças. Já o número de bovinos é de cerca de 53.600. Os animais estão localizados em 1944 propriedades ativas no estado.

 

Cidades

Campanha de vacinação contra a febre aftosa no Amapá começa dia 15 de setembro

Período de imunização vai até 15 de novembro e os produtores precisam obrigatoriamente declarar a imunização até 25 de novembro

Portal Amazônia, com informações da Radioagência Nacional

jornalismo@portalamazonia.com


O lançamento da campanha estadual de vacinação contra a febre aftosa no Amapá está previsto para o próximo dia 12. O período de imunização será de 15 de setembro a 15 de novembro.

 

A expectativa da Diagro, Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária do estado, é atingir 97% de cobertura vacinal. No ano passado, o alcance foi de 95%, acima do que o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento considera como uma boa cobertura, que é de 90%.

 

Foto: EBC

De acordo com informações da Agência, neste ano, a dosagem da vacina passa a ser bivalente, ou seja, com 2 mililitros, e não com 5, como era antigamente. Trata-se de uma estratégia do plano para a retirada da vacinação, que deverá ocorrer no ano de 2021.

 

Os produtores também precisam obrigatoriamente declarar a imunização até 25 de novembro. Caso isso não seja feito, eles vão ficar impedidos de transitar e comercializar animais, terão o nome incluído na lista de inadimplentes da Diagro, e poderão ser multados.

 

Quem deixar de vacinar o rebanho deverá pagar R$ 40,50 reais por animal. Já para quem deixar de declarar a imunização, a multa é de R$ 67,50 por animal.

 

O rebanho de bubalinos no Amapá é o 2º maior do país, com mais de 290 mil cabeças. Já o número de bovinos é de cerca de 53.600. Os animais estão localizados em 1944 propriedades ativas no estado.

 


TAG febre aftosavacinacaoamapa