Publicidade

Meio Ambiente

Home > Noticias > null

Brasil poderá ter uma matriz energética 100% limpa em 2050

Energia eólica, biomassa, solar e oceânica estão entre as alternativas para diminuir gradativamente o uso de combustíveis fósseis

Portal Amazônia, com informações de O Eco

jornalismo@portalamazonia.com


       
Foto: Divulgação/Secom
 
A Coppe/UFRJ junto com o Greenpeace lançaram, nesta terça-feira (13), o relatório (R)evolução Energética 2016. O documento faz uma estimativa para até 2050 de um Brasil com 100% de participação de fontes renováveis em sua matriz. O relatório detalha as projeções para cada setor produtivo diminuir gradativamente o uso de combustíveis fósseis até a completa eliminação, no meio do século, além de mostrar em detalhes como funcionará a operação do sistema elétrico baseado apenas nessas fontes renováveis, como eólica, biomassa, solar e energia oceânica.
O documento está dividido em cinco partes: Mudanças Climáticas e Energia; A Geração de Energia; O Setor Elétrico no (R)evolução Energética; Eficiência Energética; e Transportes e Mobilidade. 
Meio Ambiente

Brasil poderá ter uma matriz energética 100% limpa em 2050

Energia eólica, biomassa, solar e oceânica estão entre as alternativas para diminuir gradativamente o uso de combustíveis fósseis

Portal Amazônia, com informações de O Eco

jornalismo@portalamazonia.com


       
Foto: Divulgação/Secom
 
A Coppe/UFRJ junto com o Greenpeace lançaram, nesta terça-feira (13), o relatório (R)evolução Energética 2016. O documento faz uma estimativa para até 2050 de um Brasil com 100% de participação de fontes renováveis em sua matriz. O relatório detalha as projeções para cada setor produtivo diminuir gradativamente o uso de combustíveis fósseis até a completa eliminação, no meio do século, além de mostrar em detalhes como funcionará a operação do sistema elétrico baseado apenas nessas fontes renováveis, como eólica, biomassa, solar e energia oceânica.
O documento está dividido em cinco partes: Mudanças Climáticas e Energia; A Geração de Energia; O Setor Elétrico no (R)evolução Energética; Eficiência Energética; e Transportes e Mobilidade. 

TAG energiaprodução energéticaGreenpeacefontes renováveis