Publicidade

Amazônia

Home > Noticias > null

Bombeiros do Rio embarcam para combate a incêndio na Amazônia Legal

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) decolou da Base Aérea do Galeão até o município de Novo Progresso, na Serra do Cachimbo, sudoeste do Pará

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


Uma equipe de 30 militares do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro embarcou nesta quinta-feira (5) para a Amazônia levando equipamentos operacionais para apoio à operação de combate aos incêndios florestais na Amazônia Legal.



Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) decolou da Base Aérea do Galeão até o município de Novo Progresso, na Serra do Cachimbo, sudoeste do Pará, onde os bombeiros fluminenses atuarão por pelo menos 15 dias.  
       
Foto: Divulgação
 

Em nota, a corporação informou que além de profissionais especializados no combate a fogo em vegetação, o grupo também conta com militares da área de busca e salvamento, habilitados para realizar resgates de pessoas ou animais em locais de difícil acesso.


Os bombeiros do Rio vão integrar a força-tarefa coordenada pelo Ministério da Defesa, que também é composta por bombeiros do Paraná (PR) e de Minas Gerais (MG).          
Amazônia

Bombeiros do Rio embarcam para combate a incêndio na Amazônia Legal

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) decolou da Base Aérea do Galeão até o município de Novo Progresso, na Serra do Cachimbo, sudoeste do Pará

Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil

jornalismo@portalamazonia.com


Uma equipe de 30 militares do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro embarcou nesta quinta-feira (5) para a Amazônia levando equipamentos operacionais para apoio à operação de combate aos incêndios florestais na Amazônia Legal.



Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) decolou da Base Aérea do Galeão até o município de Novo Progresso, na Serra do Cachimbo, sudoeste do Pará, onde os bombeiros fluminenses atuarão por pelo menos 15 dias.  
       
Foto: Divulgação
 

Em nota, a corporação informou que além de profissionais especializados no combate a fogo em vegetação, o grupo também conta com militares da área de busca e salvamento, habilitados para realizar resgates de pessoas ou animais em locais de difícil acesso.


Os bombeiros do Rio vão integrar a força-tarefa coordenada pelo Ministério da Defesa, que também é composta por bombeiros do Paraná (PR) e de Minas Gerais (MG).          

TAG amazonasfocos queimadasfabexercito brasileiro